Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Igor

E-mail: URL do site:

Loção antisséptica oferece até 3 horas de proteção contra os poucos minutos do álcool gel

Desde o início do isolamento social no Brasil, em março deste ano, o índice de vítimas de queimaduras causadas pelo álcool gel cresceu 25%, segundo levantamento da Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte/MG. O álcool foi o mais indicado como forma de proteção ao contágio do novo Covid-19, contudo, a substância, além de esterilizante e solvente, é também inflamável, o que tem gerado esse aumento expressivo nos casos de queimaduras.

  • SEGS.com.br - Categoria: Saúde

Ativos alternativos: uma boa opção para sobreviver à crise

Segundo especialista, este é o momento certo para investir

Com a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, aliada a outras variáveis econômicas, não só no Brasil, mas em todo o mundo, os investidores terão que fazer mudanças em suas carteiras se quiserem ter uma boa rentabilidade. Aqui, por exemplo, o mercado já revisou a queda do PIB - Produto Interno Bruto, neste ano, entre 4% e 6%. Segundo especialistas, é preciso usar a criatividade, já que o momento é ideal para explorar novos nichos e experimentar outras formas de investir seu dinheiro. Os ativos alternativos, como metais, numismática e artes, é um deles.

  • SEGS.com.br - Categoria: Economia

Seu chuveiro queima com frequência? Conheça 6 dicas para resolver esse problema

Engenheiro eletricista dá dicas de como proceder quando isso acontecer

Um dos problemas recorrentes e incômodos em casa é a queima frequente do chuveiro elétrico. Segundo especialistas, existem vários fatores e razões para isso acontecer e quando o episódio se repete com frequência é preciso observar e identificar o problema. A boa notícia é que os motivos não são tão complexos assim.

  • SEGS.com.br - Categoria: Demais

O design, a criatividade e a pandemia

Camilo Belchior – Doutor e consultor em design

Com a crise do coronavírus, várias profissões estão se reinventando. O design é uma delas. Mais do que nunca, nós, profissionais desse nicho, precisaremos mostrar para o que viemos. Saber lidar com o novo, com a adversidade e com as mais diversas situações que o cenário vem nos apresentando. É inevitável não perceber as mudanças que já estão ocorrendo. Em uma crise desse porte, o ato de ser visto e de se comunicar acaba se tornando uma ação guiada pela empatia. A população espera que as empresas sirvam de exemplo.

  • SEGS.com.br - Categoria: Demais
Assinar este feed RSS