Brasil, 6 de Dezembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Prematuridade não-programada e seus desafios

Evento do Hospital e Maternidade Santa Joana promoveu troca de experiência entre pais, filhos e especialistas sobre a prematuridade

Nesta última terça-feira, 5 de novembro de 2019, aconteceu em São Paulo o Encontro da Prematuridade do Hospital e Maternidade Santa Joana. Com o objetivo de incentivar e levar conhecimento baseado na troca de experiências entre especialistas, famílias e envolvidos com a causa, o bate-papo abordou temas como a entrada na UTI Neonatal, a relação do casal em meio a prematuridade, conquistas durante a permanência da internação até a alta, e trouxe diversas histórias de superação.

No Encontro, estavam presentes a Dra. Filomena Bernardes de Mello, neonatologista do Hospital e Maternidade Santa Joana, e a Mariana Bonsaver, psicóloga da Maternidade, trazendo suas experiências para a roda de conversa que enriqueceram o bate-papo. Para a neonatologista, a chegada do prematuro à UTI Neonatal é sempre um novo desafio ao corpo clínico. Apesar da extensa experiência na área, cada bebê se desenvolve de uma forma e as famílias também reagem de maneiras diferentes. Por isso, de acordo com a especialista, a entrada na UTI Neonatal é um momento delicado que exige sensibilidade da equipe. “As famílias chegam com muitas perguntas que ainda não temos respostas, devido à fragilidade da saúde do prematuro. O que fazemos sempre é oferecer conforto e incentivar o exercício da paciência diária, com o intuito de amenizar ansiedades”, explicou a Dra. Filomena.

Já para a psicóloga Mariana Bonsaver, na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal é preciso lidar com a frustração do inesperado. Além disso, a especialista comentou que a situação exige muito esforço da família e todo processo pode desencadear em um estresse crônico ocasionado pelas visitas diárias ao hospital, intercorrências, cansaço e desgaste emocional. A especialista ressalta a importância de procurar ajuda, caso a família esteja com problemas, antes e após o nascimento do bebê para lidar com período de internação e o pós da UTI Neonatal. A psicóloga explicou que não falar sobre os sentimentos e problemas pode desencadear outras doenças. Por isso, a assistência psicológica oferecida no Santa Joana é essencial. “Auxiliamos os pais a transformarem a tristeza e a angústia em aprendizado e a ressignificar os problemas para enxergá-los como superação”, completou.

Para reafirmar a simbologia do processo como conquista gradual, duas jovens que nasceram prematuras e ficaram internadas na UTI Neonatal do Santa Joana também compuseram o debate trazendo suas histórias de vida. Apesar de todas as vivências e dificuldades logo após o nascimento, relataram como a situação foi rica em lições positivas à família e como também serviram como forma de aprendizado para a vida delas. Giovanna Rita contou que a sua passagem de 81 dias pela UTI Neonatal mudou radicalmente a vida de sua mãe. “Antes da minha chegada, familiares me contam que minha mãe era uma pessoa mais insegura, após esse desafio, ela se tornou mais forte”, relatou a jovem. Isabel Alves Franchi também nasceu prematura e dividiu um pouco da sua experiência com o público presente. A jovem explicou diante de todas as intercorrências que criou um vínculo muito forte com sua mãe e coloca em prática diariamente as situações de superação a ensinaram. “Com o prematuro é preciso ter paciência, pois não é possível saber a resposta ou ter o resultado que se deseja imediatamente. É preciso respeitar o tempo de desenvolvimento de cada um”, explicou.

Atualmente, Isabel está se formando em Publicidade e Propaganda e Giovanna cursando Medicina, inclusive seu desejo é ser pediatra e possivelmente se especializar na área de Neonatologia. Suas experiências trouxeram esperança e perspectiva às famílias presentes no Encontro.

A Dra. Filomena contou que essas jovens não são as únicas que ainda mantém contato com a equipe da Maternidade após a internação. Em razão do fortalecimento de vínculos e do incentivo aos processos humanizados no Santa Joana, diversas famílias, mesmo após a alta, visitam os médicos e enfermeiros do Hospital e compartilham as conquistas com aqueles que vivenciaram o primeiro desafio dos filhos, o de lutar pela vida logo após nascer.

O Encontro tem como objetivo marcar o apoio do Santa Joana ao Mês Prematuridade, que é conhecido como Novembro Roxo e celebrado mundialmente em prol da sensibilização da prematuridade no dia 17.

Sobre o Hospital e Maternidade Santa Joana

O Hospital e Maternidade Santa Joana é reconhecido como um grande centro especializado nos cuidados com a saúde integral da mulher e do neonato, além de oferecer serviços de alta complexidade para gestações de risco. Referência internacional no atendimento de prematuros de alta complexidade no Brasil, com UTI Neonatal especializada no tratamento de bebês com problemas neurológicos. Além disso, conta com outros quatro protocolos de atendimento voltados para nascimentos pré-termo em suas UTIs Neonatais, dentre eles cirúrgico, cardíaco, prematuro extremo e longa permanência, e UTI Adulto - todas equipadas com o que há de mais avançado no segmento. O Santa Joana também oferece serviços de Medicina Fetal, Centros de Endometriose e Imunização. Uma das Instituições que mais investem em tecnologia hospitalar e infraestrutura é acreditado pela Joint Commission International (JCI), a mais importante certificação hospitalar do mundo, que atesta a excelência do hospital em segurança do paciente e qualidade do atendimento. Visite o site: www.santajoana.com.br.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS