Brasil, 21 de Outubro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pais devem se atentar a sinais sutis da tendência suicida, diz psicóloga

Temática ligada à campanha Setembro Amarelo pautou bate-papo no Órion Shopping com a especialista Ana Lídia Fleury e o administrador Chrystiano Cruvinel, que, após perda do filho, passou a pesquisar sobre o tema e a promover a conscientização

Os pais e responsáveis precisam estar atentos aos adolescentes e jovens que têm dificuldade de receber um ‘não’ ou, simplesmente, de esperar. Esses comportamentos podem ser indicativos de uma possível idealização de suicídio. O alerta foi dado pela psicóloga Ana Lídia Fleury, durante um bate-papo da profissional com pais e estudantes do ensino médio, promovido na semana passada, no Órion Shopping, em Goiânia.

Ana Lídia explicou que essas atitudes são chamadas de ações reativas. “A pessoa, que está mais frágil emocionalmente, age sem pensar porque ela acaba perdendo sua essência ao ser conduzida por situações e por ambientes que ela julga serem desfavoráveis para si”, disse a psicóloga durante o evento. Ana Lídia foi enfática ao dizer que as pessoas dão sim sinais de que estão prestes a tirar a própria vida.

A convite do Órion Complex e do Colégio Simbios, apoiador do evento, a psicóloga ministrou palestra para pais e estudantes com tema alinhado à campanha Setembro Amarelo, que propõe a reflexão sobre a importância de cuidar da saúde mental. De acordo com a profissional, as ações reativas estão no conjunto dos sinais menos aparentes do perfil de ideação suicida.

Por outro lado, comportamento depressivo, insônia, sono incontrolável, isolamento social e irritabilidade são evidências mais comuns da tendência de autoextermínio. “O que ajuda muito os adolescentes e jovens a superar esse sofrimento é o fato de os pais começarem a passar um tempo de qualidade com os filhos. Os pais precisam estar presentes também emocionalmente. E o que importa não é a quantidade, mas a qualidade desse tempo oferecido aos filhos”, frisou Ana Lídia.

Saúde pública

O administrador de empresas Chrystiano Cruvinel viveu o drama de perder um filho jovem, que tirou a própria vida. Depois disso, ele passou a pesquisar o comportamento das famílias e a dar palestras para ajudar e esclarecer os pais sobre esse problema considerado já de saúde pública. Afinal, o Brasil registra 11 mil casos de suicídio todos os anos, segundo levantamento do Ministério da Saúde.

“O que há de mais precioso em nossas vidas são os nossos filhos. E nesse sentido, os pais não podem abrir mão de serem atentos, presentes e conscientes do papel decisivo que eles exercem para a saúde e o futuro dos seus filhos”, ressaltou Chrystiano. Ele contextualizou a mudança no perfil das famílias desde o século 18 e conclui que, após a Revolução Industrial francesa, quando os pais passarem a sair de casa para ir trabalhar, houve uma perda no foco da criação dos filhos.

Para Chrystiano, depois disso o ser humano passou a pautar sua felicidade no aumento da renda, uma pretensão própria do capitalismo. “Muitas famílias estão pensando só na renda per capita e não nos filhos”, lamentou o palestrante.

O bate-papo com Ana Lídia Fleury e Chrystiano Cruvinel ocorreu dentro do programa Viva Saudável Órion. A iniciativa consiste de eventos mensais e gratuitos, realizados no complexo de negócios e saúde Órion Business & Health Complex, com o objetivo de incentivar os cuidados com a saúde e o bem-estar.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS