Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Saiba quais alterações no organismo da mulher podem dificultar o processo de gravidez

A maioria das mulheres em idade fértil e que desejam engravidar deve se atentar para algumas alterações no organismo que podem dificultar esse processo. Entre elas está o mioma uterino – nódulos, geralmente benignos, formados por um tecido muscular e fibroso do próprio útero – que atinge cerca 10% da população feminina.

Segundo explica o médico creditado pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), Luiz Augusto Batista, dos miomas existentes, somente os miomas submucosos e os intramurais que deformam a cavidade uterina e possuem até 50mm, podem reduzir a chance de gestação. Ou seja, na grande maioria das vezes, a presença de um mioma não impede ou atrapalha a gravidez. “Esses pequenos miomas, apesar de serem assintomáticos, ou seja, não provocarem qualquer tipo de dor na paciente, podem reduzir a chance de gestação. As mulheres que não têm sintomas geralmente não necessitam de tratamento. Já as que apresentam sintomas significativos podem tentar tratamento medicamentoso ou cirúrgico”, ressalta o médico, que também é membro da diretoria da SBRA.

De acordo com o médico, apesar desses miomas (submucosos) comprometerem a fertilidade, felizmente a medicina dispõe de exames de imagem que auxiliam o diagnóstico. “Eles são frequentemente diagnosticados por meio dos exames de ultrassonografia transvaginal associado à histerossonografia, pela histeroscopia diagnóstica ou pela ressonância magnética”, esclarece.

Batista aponta ainda que 80% da capacidade de um casal engravidar depende da idade biológica e da reserva ovariana da mulher. De acordo com ele, além do mioma, ela pode ser acometida por doenças como adenomiose, endometriose e pólipos uterinos. “A idade da mulher é o principal fator preditivo para um casal engravidar. Este fator é biológico e o relógio biológico não para, e nada podemos fazer para voltar no tempo”, explica.

A seguir, o médico cita outras alterações que podem afetar a fertilidade da mulher.

Pólipos uterinos – São nódulos de pequenas dimensões, na grande maioria com características benignas, que se desenvolvem no endométrio (porção interna da cavidade do útero) e atingem cerca de 2 a 5% das mulheres que desejam engravidar.

Na maioria das vezes não desencadeiam nenhum sintoma. Em 80% dos casos se apresentam como únicos e nos outros 20%, como múltiplos. Quando maiores que 15 mm podem dificultar a gravidez. Seu diagnóstico pode ser realizado por ultrassonografia transvaginal, principalmente associada à histerossonografia, ou com a histeroscopia diagnóstica. Seu tratamento é eminentemente cirúrgico, realizado com histeroscopia cirúrgica.

Adenomiose uterina – A adenomiose ocorre quando células do endométrio, que revestem a parede interna do útero, responsáveis pela menstruação, crescem para dentro da musculatura da parede do útero. Estudos mostram que a presença da adenomiose pode dificultar a gravidez devido às alterações provocadas pela doença na região do útero e até mesmo causar infertilidade feminina. O diagnóstico da doença é difícil, mas sabe-se que ela é mais recorrente em mulheres que são diagnosticadas com endometriose, fibromas ou dor pélvica. Os principais exames utilizados pelos médicos para identificar o problema são a ultrassonografia transvaginal e a ressonância magnética. Além disso, o tratamento pode ser realizado com medicamentos hormonais, bloqueando temporariamente a menstruação.

Endometriose pélvica – É uma doença caracterizada pela presença do endométrio fora da cavidade do útero, ou seja, nos órgãos pélvicos, como trompas, ovários (endometrioma), no compartimento posterior ao útero, intestino e bexiga (endometriose profunda). Cerca de 30 a 40% das mulheres que desejam engravidar possuem endometriose pélvica. Sua real incidência é, na realidade, subestimada. Nem sempre o diagnóstico é fácil, e requer ultrassonografia transvaginal ou ressonância magnética. O tratamento pode ser clínico, com medicamentos que bloqueiam a menstruação por um período. Em alguns casos, recomenda-se cirurgia por videolaparoscopia.

Orientações – A SBRA reforça que todo tratamento deve ser individualizado e avaliado de forma personalizada pelo médico, já que nem sempre a presença desses diagnósticos, por meio de exames como a ultrassonografia transvaginal, histeroscopia ou ressonância magnética, será o principal motivo da dificuldade de engravidar.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS