Logo
Imprimir esta página

Setembro Lilás traz conscientização sobre o Alzheimer

Doença acomete mais de um milhão de brasileiros e número deve dobrar até 2030

*Por Dra. Gislaine Gil

Xi, esqueci! Essa frase parece corriqueira entre as pessoas de mais idade, mas existe algo muito maior que envolve esse tal “esquecimento”. É comum ouvirmos dizer que as pessoas idosas estão com sintomas de “velhice”, coisas normais para a idade, porém, não é bem assim. Atualmente, mais de um milhão de brasileiros foram diagnosticados com demência por doença de Alzheimer, e o mais preocupante: o número deve dobrar até 2030, de acordo com a Associação Brasileira de Alzheimer. Mas, afinal, o que é essa doença? Por que ela acontece? Como se prevenir? Existe tratamento? E a pergunta, talvez, mais difícil: Como conviver com a pessoa com Alzheimer?

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa progressiva, que provoca a alteração das funções cognitivas – memória, orientação, atenção e linguagem – a partir da morte de células nervosas (neurônios) e das ligações entre elas (sinapses). A causa ainda é desconhecida, mas os estudos têm levado em conta fatores genéticos e outros fatores que, indiretamente, contribuem para o quadro, como: sedentarismo, tabagismo, hipertensão, colesterol alto, diabetes e o próprio envelhecimento. Portanto, a melhor forma de prevenção é manter uma vida com hábitos saudáveis, incluindo rotinas de exercícios, alimentação equilibrada, sem vícios e com atividades intelectuais que estimulem o cérebro, como a leitura, e programas de estimulação cognitiva em grupo.

A medicina continua estudando um tratamento eficaz para o Alzheimer, mas até o momento, os medicamentos garantem apenas uma progressão mais lenta da doença e não a sua cura. O diagnóstico precoce, com avaliação médica e avaliação neuropsicológica, é fundamental para que haja melhor controle do quadro, pois ele apresenta três fases, basicamente caracterizadas pelos seguintes sintomas:

- Inicial: esquece palavras durante o discurso; perda de memória, principalmente de coisas que acabaram de acontecer; perder-se nas horas e nos dias da semana; não reconhece lugares familiares; dificuldade na tomada de decisões; inatividade ou desmotivação; mudança de humor, depressão ou ansiedade; age agressivamente em determinadas situações; perde interesse em atividades que antes despertavam prazer.

- Intermediário: esquece eventos recentes e nomes das pessoas próximas; não consegue mais viver sozinho, cozinhar, limpar ou fazer compras; precisa de ajuda com a higiene pessoal; dificuldade na fala avança; perde-se fora e dentro de casa e repete perguntas; distúrbios do sono; pode ter alucinações.

- Avançado: dificuldades para comer; aos poucos para de se comunicar; não reconhece amigos, parentes e objetos pessoais; não entende o que acontece ao seu redor; dificuldade para caminhar; incontinência urinária e fecal; demonstra comportamento inapropriado em público.

Conviver com o Alzheimer é um grande desafio, tanto para o portador da doença, quanto para os familiares. O fato de esquecer constantemente das pessoas e acontecimentos pode gerar um grande desgaste a todos os envolvidos. Por isso, fala-se em “mentiras terapêuticas”, que podem ser contadas ao paciente, a fim de amenizar seu sofrimento. Se o paciente pergunta por seus amigos e familiares que já faleceram, diariamente, o melhor a dizer é que estão viajando, por exemplo, ou que se mudaram para outro lugar e que estão bem, pois comentar o luto todos os dias é capaz de piorar ainda mais o quadro. É preciso lembrar que o Alzheimer é uma doença e o apoio e carinho da família são fundamentais para que todos enfrentem a situação da melhor forma possível. Rir das mesmas coisas como se fosse a primeira vez também é um ponto positivo.

*Dra. Gislaine Gil é gestora em Psicologia e Neuropsicologia do Trasmontano Saúde

Sobre o Trasmontano Saúde - Com mais de 87 anos de atuação no setor da saúde, o grupo é formado pela operadora com cerca de 100 mil vidas, o Hospital IGESP, que hoje é referência em medicina de alta complexidade em São Paulo e pela faculdade FASIG, uma instituição que tem em sua essência a responsabilidade com a qualidade da saúde no país por meio da formação qualificada dos novos profissionais que irão integrar a saúde brasileira. Para ais informações acesse: https://www.trasmontano.com.br/.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Copyright ©2002-2019 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto