Brasil, 17 de Julho de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pesquisa revela que aproximadamente 30% dos pacientes com depressão não respondem a dois ou mais tratamentos com antidepressivos convencionais

Estudo foi realizado em quatro países da América Latina e, no Brasil, a população que apresenta resistência às terapias chega a 40,4% dos pacientes avaliados

Dados do estudo observacional TRAL, apresentados durante o Congresso da Associação Americana de Psiquiatria (APA), revelam que aproximadamente 30% dos latino-americanos avaliados no estudo não responderam favoravelmente a dois ou mais antidepressivos orais, o que pode ser caracterizado como uma Depressão Resistente ao Tratamento (DRT[i]).

Realizado pela Janssen, farmacêutica da Johnson & Johnson, o TRAL (Treatment-Resistant Depression in America Latina)i é o primeiro estudo epidemiológico na América Latina para avaliar a prevalência e o impacto da Depressão Resistente ao Tratamento em centros clínicos como hospitais, clínicas privadas e serviços comunitários, no atendimento a pessoas com depressão na Argentina, Brasil, Colômbia e México. Participaram do estudo 1.475 pacientes - dos quatro países - que apresentavam depressãoi.

Os resultados preliminares indicam que a DRT é altamente prevalente em instituições de referência na América Latina. No Brasil, dos pacientes avaliados durante o estudo, 40,4% apresentaram resistência a duas ou mais terapiasi.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2020 a depressão será a doença mais incapacitante do planeta. Atualmente, a enfermidade afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo[ii] e cerca de um terço desses pacientes não melhoram após receberem dois ou mais medicamentos, sendo considerados resistentes ao tratamento[iii]. Segundo estudos, cerca de 10% desses pacientes tentam o suicídio pelo menos uma vez durante a vida[iv].

O estudo aponta ainda que os pacientes com depressão resistente são em geral mais velhos e apresentam mais pensamentos e/ou tentativas de suicídio do que aqueles que responderam ao tratamento. Embora sem diferença estatística representativa, mulheres, divorciadas/separadas ou viúvas foram a maioria dos pacientes com DRT encontrados pelo estudoi.

“A depressão resistente é uma condição que piora consideravelmente a vida das pessoas e está associada a desfechos dramáticos como, por exemplo, o suicídio. Com este estudo, passamos a conhecer a prevalência da DRT e as características desses pacientes. Esperamos que as novas terapias possam tratar a doença de forma mais rápida e eficaz que as drogas atualmente disponíveis”, explica Humberto Correa, professor titular e chefe do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais.

Compromisso Janssen com a Neurociência

A Neurociência está diretamente ligada à história da Janssen. Nos anos 50, o fundador da companhia, Paul Janssen, foi quem criou um dos primeiros antipsicóticos que permitia o tratamento de pacientes em casa. Antes dessa descoberta, os tratamentos contra a psicose existentes eram associados a significativos efeitos colaterais.

Sobre a Janssen

Na Janssen, trabalhamos para criar um mundo sem doenças. Transformar vidas buscando maneiras novas e melhores de prevenir, interceptar, tratar e curar doenças nos inspira. Nós reunimos as melhores mentes e buscamos as mais promissoras inovações científicas. Somos a Janssen. Colaboramos com o mundo para a saúde de todos. Para saber mais acesse: www.janssen.com. Siga a Janssen no Facebook e LinkedIn, e a J&J Carreiras no Facebook.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::