Brasil, 18 de Junho de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Gravidez ectópica: por que o Alabama permitiu que essa condição entrasse em sua restritiva lista de situações liberadas o aborto?

Ontem, o estado americano do Alabama aprovou uma lei que proíbe o aborto em praticamente todos os casos. Mas, a gravidez ectópica ficou fora da proibição. Entenda o que é essa condição e os riscos dela

Dra. Mariana Rosario, ginecologista, obstetra e mastologista

O Senado do Alabama, nos Estados Unidos, aprovou nesta terça-feira (14) uma lei que proíbe o aborto em praticamente todos os casos, inclusive estupro e incesto. As únicas exceções são para situações em que a mãe tem risco de morrer durante a gravidez ou que o bebê apresente sérias anomalias, além da gravidez ectópica.

Com tanto rigor, que chegou a chocar o mundo todo – afinal, até o estupro e o incesto ficaram fora do rol de permissões para o aborto – por que a gravidez ectópica consta na lista de condições permitidas para o aborto? “Porque a gravidez ectópica é uma gravidez que ocorre fora do útero. Quando ocorre na trompa ou no ovário, ela romperá esse órgão e deixará o feto exposto na cavidade abdominal, causando hemorragia interna e levando a mulher ao óbito. Na gravidez ectópica, é necessário interromper a gestação pelo risco de morte materna”, explica a Dra. Mariana Rosario, ginecologista, obstetra e mastologista, membro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp) e do corpo clínico do hospital Albert Einstein.

Ela explica que o procedimento realizado pode ou não ser cirúrgico e, dependendo do tamanho do saco gestacional, perde-se até mesmo a trompa. “Em sacos gestacionais ainda pequenos, de até 3,5cm, com embrião menor que 5cm ou Beta HCG menor que 5 mil como critérios, utilizamos o método de metotrexate, em injeções intramusculares nas pacientes. Essas injeções interrompem a gravidez sem necessidade cirúrgica. Porém, quando a gravidez está avançada, o procedimento cirúrgico se faz necessário”, a médica explica.

É importante frisar que a gravidez ectópica não tem qualquer possibilidade de ser revertida para uma gravidez uterina, ou seja, não existe um método cirúrgico capaz de transferir o saco gestacional da trompa para a cavidade uterina. “Qualquer tentativa de remoção desse material romperia a placenta e se perderia o embrião”, diz a Dra. Mariana.

Também não se sabe o que causa a gravidez ectópica. Porém, ela é mais comum em quem já teve o problema anteriormente e o risco é aumentado em pacientes que usam o DIU como método contraceptivo.

Sobre a Dra. Mariana Rosario

Formada pela Faculdade de Medicina do ABC, em Santo André (SP), em 2006, a Dra. Mariana Rosario possui os títulos de especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia pela AMB – Associação Médica Brasileira, e estágio em Mastologia pelo IEO – Instituto Europeu de Oncologia, de Milão, Itália, um dos mais renomados do mundo. É membro da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) e da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP) e especialista em Longevidade pela ABMAE – Associação Brasileira de Medicina Antienvelhecimento. É médica cadastrada para trabalhar com implantes hormonais pela ELMECO, do professor Elcimar Coutinho, um dos maiores especialistas no assunto. É membro do corpo clínico do Hospital Albert Einstein.

Possui vasta experiência em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia, tanto em Clínica Médica como em Cirurgia Oncoplástica. Realiza cursos e workshops de Saúde da Mulher, bem como trabalhos voluntários de preparação de gestantes, orientação de adolescentes e prevenção de DST´s. Participou de inúmeros trabalhos ligados à saúde feminina nas mais variadas fases da vida e atua ativamente em programas que visam ao aprimoramento científico. Atualiza-se por meio da participação em cursos, seminários e congressos nacionais e internacionais e produz conteúdo científico para produções acadêmicas. É médica cadastrada para trabalhar com implantes hormonais pela ELMECO, do professor Elcimar Coutinho, um dos maiores especialistas no assunto.

Dra. Mariana Rosario – Ginecologista, Obstetra e Mastologista. CRM- SP: 127087. RQE Masto: 42874. RQE GO: 71979.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::