Brasil, 21 de Setembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Tireoidite pós-parto pode evoluir para hipotireoidismo e acomete até 10% das gestantes

  • Escrito ou enviado por  Regiane Chiereghim
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Saúde
  • Imprimir

Dia 25 de Maio é o Dia Internacional da Tireoide

“A tireoidite pós-parto acomete em média 5% a 10% das gestantes e acontece no primeiro ano após o nascimento do bebê. Neste período, é importante a mãe ficar atenta a alguns sinais e sintomas que podem ser fundamentais para o diagnóstico do médico”, comenta a Dra. Rosália Padovani, endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo - SBEM-SP.

A tireoidite pós-parto se manifesta, na sua forma clássica, com quadro inicial de hipertireoidismo, onde a paciente pode sentir palpitações, fadiga, intolerância ao calor, seguida de uma fase de hipotireoidismo onde a mamãe pode apresentar sintomas como alteração da concentração, falta de interesse e preocupação, pele seca, alterações de memória e diminuição de energia. Em raros casos pode haver dor na região cervical.

Segundo a endocrinologista, poucas mães conseguem identificar que esses sinais e sintomas possam ser por conta de alguma disfunção tireoidiana, pois nesse período é comum a mulher estar com sua atenção 100% voltada ao bebê, sentindo-se mais cansada e, algumas vezes, ansiosa ou ligeiramente deprimida.

A tireoidite pós-parto acontece porque, durante a gestação, fisiologicamente o sistema imunológico da mulher fica “suprimido”, ou seja, as células de defesa se organizam para não combater o bebê, que é um corpo estranho dentro do organismo da mulher. Após o nascimento do bebê, essas células do sistema imunológico voltam a se reorganizar e ocorre um “rebote imunológico” e é, neste momento, que as doenças autoimunes podem aparecer. A evolução normalmente é para eutireoidismo, mas algumas mulheres podem evoluir para um hipotireoidismo permanente.

“As pacientes com anticorpos antitireoidianos positivos têm mais chance de ter tireoidite pós-parto. O médico endocrinologista precisa acompanhar de perto estas pacientes e avaliar se o quadro vai evoluir para um hipotireoidismo permanente ou recorrência em uma eventual gestação posterior”, alerta Dra. Rosália, que também é uma das participantes do 13° Congresso Paulista de Endocrinologia e Metabologia, COPEM, que acontece de 16 a 18 de maio, em São Paulo e traz, entre os temas, “Nódulos e câncer de tireoide - novos conceitos e definições.”

13° Congresso Paulista de Endocrinologia e Metabologia
Quando: De 16 a 18 de maio de 2019
Horário: A partir das 8 horas
Local: Centro de Convenções Frei Caneca
Endereço: Rua Frei Caneca, 569 – Cerqueira César – São Paulo - SP
Informações: http://www.copem2019.com.br

Sobre a SBEM-SP

A SBEM-SP (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Estado de São Paulo) pratica a defesa da Endocrinologia, em conjunto com outras entidades médicas, e oferece aos seus associados oportunidades de aprimoramento técnico e científico. Consciente de sua responsabilidade social, a SBEM-SP presta consultoria junto à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no desenvolvimento de estratégias de atendimento e na padronização de procedimentos em Endocrinologia, e divulga ao público orientações básicas sobre as principais moléstias tratadas pelos endocrinologistas.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS