Logo
Imprimir esta página

É preciso emagrecer para operar as varizes?

É preciso emagrecer para operar as varizes?

Com o avanço da tecnologia, muita coisa mudou, mas é necessário ter em mente que o controle da obesidade é imprescindível para a melhora da doença varicosa e a diminuição de recidivas

Um dos problemas que mais afetam a saúde vascular de homens e mulheres são as varizes: segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), quase metade das mulheres desenvolvem o problema e nos homens o percentual é de 37%. Mas como a obesidade, o sobrepeso e o sedentarismo são fatores que colaboram para o aparecimento do problema, surge uma dúvida na hora de tratar as varizes: é preciso emagrecer para operá-las? “As veias varicosas estão localizadas em uma camada de gordura embaixo da pele chamado tecido celular subcutâneo. Sabemos que a obesidade dificulta a visualização das varizes e o acesso cirúrgico. Antes era necessário, sim, emagrecer, mas com as tecnologias de hoje, como ultrassom intraoperatório, espuma densa e técnicas de laser para safena, o tratamento de veias, antes de difícil acesso, ficou mais fácil, sendo assim conseguimos tratar as veias mesmo sem perda de peso”, afirma a angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. “Porém devemos lembrar que o controle da obesidade é imprescindível para o controle da doença varicosa e diminuição de recidivas”, completa.

De acordo com a angiologista, pessoas obesas têm maior disposição de desenvolver varizes por causa da sobrecarga nos membros inferiores e aumento da pressão intra-abdominal, que dificulta o retorno do sangue. Além das varizes, outra complicação que pode surgir entre obesos é a trombose venosa profunda e quadros arteriais, já que a obesidade é um dos fatores de risco para aterosclerose, diz a médica.

Além disso, em toda situação em que há um emagrecimento importante, como cirurgia de obesidade, dietas agressivas, problemas de saúde associadas à perda de peso, a camada de gordura sofre uma diminuição e isso torna a veia varicosa mais aparente. “Por isso é tão comum que após perdas de peso importantes os pacientes procurem auxílio de um cirurgião vascular, com a impressão de que as varizes pioraram, quando na verdade elas já estavam lá”, diz a médica.

Existem hoje muitas formas de tratar as varizes, mas é necessário a consulta médica que irá indicar o melhor tratamento, de acordo com o calibre das veias, levando também em consideração a dificuldade de acesso. A Dra. Aline Lamaita explica abaixo os principais tratamentos:

Cirurgia convencional — “É feito um corte pequeno (0,5 cm) no tornozelo e outro em torno de 2 a 3 cm na virilha. Pelo corte do tornozelo é introduzido um aparelho que se chama fleboextrator, que vai correr pela safena e ser exteriorizado pela virilha. Depois esse aparelho é arrancado juntamente com a veia”, explica a médica. Quanto à vantagem, a médica diz que ainda é o método mais realizado no Brasil, consagrado e com bons resultados.

Endolaser e radiofrequência — “Sem cortes, a veia safena é puncionada e uma fibra é colocada através de um introdutor dentro dela. A ponta da fibra é posicionada na virilha (guiada por ultrassom). A outra extremidade da fibra é então conectada a um aparelho de laser ou radiofrequência que vai liberar uma energia que queima a veia. A fibra então é retirada lentamente enquanto a veia vai sendo cauterizada em todo o segmento a ser tratado. O interessante é que a veia não é retirada, ela vai ser queimada e se transformar em um cordão fibroso (uma cicatriz) não participando mais da circulação das pernas”, comenta. A vantagem? Recuperação mais rápida, menos hematomas, sem cortes, além de ser escolha ideal para pacientes obesos, onde a cirurgia convencional tem seu acesso dificultado“De 4 a 6 dias para retorno as atividades”. Hoje esse é o tratamento gold standard ( padrão ouro ) para tratamento de veia safena.

Espuma Densa — “A espuma densa é uma mistura de ar ambiente com um produto chamado polidocanol. Feito com duas seringas e uma torneirinha de rosca, esse produto é então aplicado na veia a ser tratada, sempre guiado por ultrassom para acompanhar a progressão do produto. Conforme a espuma entra em contato com a parede do vaso, ela vai criar um processo inflamatório intenso que vai cicatrizar a veia que se tornará um cordão fibroso e desconectará essa veia da circulação”, explica. Quanto à vantagem, esse é um procedimento simples, realizado apenas uma injeção e sem necessidade de internação hospitalar. “Como o processo inflamatório é intenso, existe um risco alto de manchas e o processo de cicatrização pode ser bastante incômodo em alguns casos”, afirma.

ClaCs — “Procedimento indicado para varizes e microvarizes, o Clacs une laser não-invasivo e injeções de glicose. Após a utilização do laser, a glicose é aplicada na veia (que já está sensibilizada com o disparo do laser). Com o disparo do laser, o fluxo de sangue fica lentificado e permite que a glicose permaneça mais tempo em contato com o vaso — que vai secar. No geral, até 3 sessões são suficientes para resolver o quadro, em intervalo mensal. A grande vantagem é ter chance “zero” de alergia, menor taxa de manchas e de complicações. “Mas converse sempre com seu angiologista para definir a melhor forma de tratar as suas varizes, pois vai depender de cada caso”, finaliza.

FONTE: Cirurgiã vascular e angiologista, Dra. Aline Lamaita é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine. Formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a médica participa, na Universidade de Harvard, de cursos de pós-graduação que ensinam ferramentas para estimular mudanças no estilo de vida nos pacientes em prol da melhora da longevidade e qualidade de vida. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina. http://www.alinelamaita.com.br/


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Copyright ©2002-2019 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Maxthon, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto