Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Dia de Prevenção e Combate à Surdez: Conheça cinco principais tipos de perda auditiva

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Atendimento Medellín Comunicação
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Saúde
  • Imprimir

Problema pode ser adquirido ao longo da vida devido outras doenças, envelhecimento e uso de medicamentos ototóxicos

No dia 10 de novembro comemora-se o Dia de Prevenção e Combate à Surdez, data que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do cuidado com a saúde auditiva. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 900 milhões de pessoas em todo o mundo poderão vir a ter surdez até 2050, quase o dobro da quantidade atual.

Abaixo a otorrinolaringologista da Clínica Dolci, Ana Carolina Cassanti explica quais são os principais tipos desse problema.

Perda auditiva condutiva: ocorre quando há algum bloqueio no caminho em que o som percorre até chegar na orelha interna. Isso pode envolver malformações do órgão da audição e do equilíbrio, alguma obstrução no canal do ouvido como exceção de cerume (cera), perfuração no tímpano, desgaste ósseo no sistema ossicular (formado por três ossinhos - martelo, bigorna e estribo), líquidos ou tumores na região. “Na maioria das vezes é possível melhorar a perda auditiva condutiva por meio aparelhos auditivos, procedimentos clínicos ou cirúrgicos”, explica a especialista.

Sensorioneural: é a consequência de problemas a partir do órgão da audição, ou seja, na orelha interna (cóclea) ou no nervo coclear. A causa dessa perda pode ser por infecções virais ou bacterianas, distúrbios metabólicos, causas traumáticas (trauma acústico ou perda auditiva induzida por ruído), medicamentos ou fatores degenerativos e tumores no nervo da audição.

Perda presbiacusia: relacionada à idade, tem causa multifatorial nos quais destacam fatores genéticos, gênero e exposição a ruído. Geralmente, tem início aos 40 anos com progressão lenta e gradual. “A perda de audição é pior nos sons agudos e determina dificuldade para escutar, inicialmente, e após evolui com dificuldade na compreensão das palavras. Também é uma deficiência sensório neural e a partir de um determinado tempo, existe a indicação de aparelhos auditivos”, esclarece Ana Carolina.

Perda auditiva central: essa condição não limita necessariamente a sensibilidade auditiva, porém causa graus de dificuldades na compreensão do que é ouvido. Pode ser desencadeada por alterações nas formas de preparação da informação sonora no sistema nervoso central.

Perdas mistas: É quando ocorre uma combinação da perda auditiva condutiva com a sensorioneural. As opções de tratamento podem incluir medicamentos, cirurgia, aparelhos auditivos ou implantes auditivos de ouvido médio.

A surdez pode ser causada por diversos fatores. Em alguns casos ela é reversível, em outros, não. “Uma boa avaliação com especialista e um acompanhamento clínico são indispensáveis para um diagnóstico preciso e uma conduta adequada e individualizada”, finaliza a otorrinolaringologista

Sobre a especialista: Ana Carolina Cassanti atualmente é médica otorrinolaringologista na Clínica Dolci ­- Otorrinolaringologia e Cirurgia Estética Facial e no Hospital Municipal Infantil Menino Jesus. Atende também no AME Dr. Geraldo Paulo Bourroul e no Pronto Socorro do Hospital Santa Isabel. Possui título de Especialista pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial; Fellow em Otologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - (Atuação em Ambulatório e Cirurgia de Ouvido Crônico, Cirurgia de Implante Coclear, Ambulatório de Deficiência Auditiva, Ambulatório de Paralisia do Nervo Facial, Ambulatório de Otoneurologia) e Aperfeiçoamento em Otologia pelo Instituto Georges Portmann na Clinique Saint Augustin e no Hôpital Pellegrin, Bordeaux, França.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo