Brasil, 17 de Julho de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Técnica revolucionária desenvolvida por cirurgião plástico brasileiro leva o transplante de pelos a uma nova era

Uma nova era para a cirurgia de transplante de pelos. É assim que a comunidade médica internacional especializada enxerga a associação da técnica FUE (Follicular Unit Extraction) com a técnica DNI (Dull Needle Implanter – ou, em português, implanter com agulha sem corte), criada pelo cirurgião plástico brasileiro Dr. Mauro Speranzini, presidente da Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar (ABCRC).

De acordo com recente estudo mundial realizado pelo International Society Of Hair Restoration Surgery (ISHRS), o transplante capilar continua liderando com folga a lista de cirurgias que envolvem os pelos do corpo. No entanto, nos últimos anos houve um aumento expressivo na procura por procedimentos em outras regiões, como barba, bigode, sobrancelha, cílios e até pelos pubianos.

O “pulo do gato” que revolucionou a cirurgia no transplante de pelos está na utilização de um implanter adaptado pelo Dr. Mauro Speranzini. Trata-se de uma espécie de caneta com uma agulha sem corte na ponta, que faz às vezes de microcânula. Com ele, não é necessário usar a tradicional pinça dos transplantes capilares e a manipulação das unidades foliculares é mínima, porque é possível retirar e, já na sequência, enxertar as unidades foliculares, evitando muito manuseio.

Esse método reduz o risco de prejudicar a cicatrização do local e de lesionar os fios que serão implantados. Como eles ficam fora do corpo do paciente por pouquíssimo tempo, a adaptação pelo couro cabeludo aumenta significativamente. Além disso, com a técnica FUE com DNI o cirurgião consegue realizar incisões bastante delicadas na área receptora. Isso significa que as cicatrizes são mínimas e invisíveis a olho nu.

“A diferença entre o sucesso e o fracasso da fixação e crescimento dos pelos transplantados está em, durante a cirurgia, o cirurgião manipular o mínimo possível as unidades foliculares, enxertá-las rapidamente e manter a circulação sanguínea local intacta. As três necessidades são 100% atendidas com a técnica”, explica Mauro Speranzini.

Além de ser muito pouco invasiva, a aplicação da FUE com DNI traz benefícios incontestáveis, como: menor trauma, pós-operatório indolor e mais curto; melhor irrigação sanguínea, maior densidade e nascimento de fios e redução das cicatrizes – que já não são lineares.

Contudo, por si só, ela não é sinônimo de milagre. Os fios transplantados geralmente não caem, mas os remanescentes que já possuem a informação genética de queda, sim. Para um resultado de excelência, além do médico ter bastante experiência, são necessários equipamentos cirúrgicos avançados e uma equipe bem treinada. “Por outro lado, o paciente deve ter área doadora suficiente para uma boa cobertura da área receptora, além da expectativa realista sobre o resultado possível de ser alcançado em cada caso”, ressalta o médico.

A capacidade de se atualizar e de acompanhar todas as evoluções mundiais em transplante de pelos ao longo de mais de quase três décadas, levaram o cirurgião brasileiro a estar à frente das tendências da área. A aplicação da técnica FUE com DNI conta com alto índice de aprovação dos pacientes e o reconhecimento da comunidade médica internacional.

Por conta do desenvolvimento da técnica, Dr. Mauro Speranzini palestra e ministra aulas mundo a fora, detalhando e ensinando seu método em países das Américas do Sul e do Norte, Europa e Ásia.

Os 6 benefícios da técnica FUE com DNI para transplante de pelos:

Ø Menos cicatrizes;

Ø Menor trauma;

Ø Melhor irrigação sanguínea;

Ø Maior densidade;

Ø Recuperação mais rápida;

Ø Nascem mais fios.

MAURO SPERANZINI: Formou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) em 1987. Fez residência médica em cirurgia geral no Hospital das Clínicas e residência médica em cirurgia plástica no Hospital dos Defeitos da Face. Obteve Título de Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Foi médico assistente no Hospital Pérola Byington. É Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Associação Internacional de Transplante Capilar (ISHRS). Defendeu tese de Mestrado pelo Departamento de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da USP. É especialista em Transplante Capilar e de Barba, bem como em Otoplastia. É presidente da Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar – ABCRC. Referência internacional, Mauro Speranzini ministra aulas, palestras e também coordena e dirige simpósios e workshops em países das Américas, Ásia e Europa. Saiba mais em: http://clinicasperanzini.com.br/curriculo/dr-mauro-speranzini/

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Comentários  
0 #1 Claudio 24-04-2018 11:38
Essa técnica não tem nada de nova! É FUE. Olha o codame/crm, hein ?
Citar
ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo