Brasil, 21 de Julho de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Saiba controlar os efeitos do envelhecimento na pele: das linhas de expressão até as rugas profundas

O que fazer quando surge a primeira linha de expressão? E quando, mesmo parado, essa linha continua a aparecer? No caso das linhas mais profundas, existe tratamento? Dermatologista da SBD explica o que fazer em cada caso

O envelhecimento é inevitável, mas quando surgem as primeiras marcas de expressão, o que devemos fazer? E com relação às rugas já formadas mesmo se estamos de repouso? Ou, ainda, existe mesmo uma forma de diminuir aquelas mais profundas? “Apesar de passarmos pelo primeiro processo de envelhecimento aos 20 anos, com o declínio fisiológico da produção natural de antioxidantes, é somente por volta dos 30 que as mudanças internas se tornam visíveis (em especial nas mulheres de fototipos mais claros). As linhas finas na testa e ao redor dos olhos aparecem, juntamente com manchas amarronzadas, e a pele se torna menos elástica por conta de um acúmulo de danos causados pelo sol", diz a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy of Dermatology (AAD).

Para saber como tratar, apresentamos à dermatologista três hipóteses de sinais que aparecem na pele: 1) quando começam a surgir pequenas ruguinhas (principalmente relacionadas à expressão nas áreas dos olhos e da testa) e a pele fica mais opaca e a pessoa a sente repuxando; 2) quando as rugas começam a se instalar e aparecem mesmo quando a pessoa está em repouso; 3) rugas já instaladas há anos na pele e que apresentam marcas profundas. “Nós sempre falamos ao paciente, que independentemente da idade, seja aos 40 ou 80, eu posso ter rugas, mas eu preciso ter uma pele tratada, bonita, viçosa, luminosa, tonificada e hidratada. Por exemplo, uma senhora de 80 anos com sulcos, com marcas, mas essa paciente pode e precisa ter uma pele luminosa, com um quadro de tonicidade e uma pele reconhecida como pele bem cuidada”, diz a médica.

Linhas de expressão que aparecem quando existe mímica facial – “Essas linhas surgem só com a dinâmica, ou seja, quando me movimento: no ato de franzir a testa, de contrair o músculo entre as sobrancelhas, e até de beijar (fazemos a musculatura perioral trabalhar de uma maneira mais intensa). Quando gargalhamos ou sorrimos amplamente, o músculo da região masseter malar já começa a demonstrar todas essas pequenas demarcações que inicialmente são linhas finas que surgem ao movimento”, explica a Dra. Claudia. E como cuidar disso? Na pirâmide de tratamento, duas coisas estão na base e são fundamentais: hidratação e fotoproteção. “Na hidratação, um dos elementos mais importantes é o uso do ácido hialurônico, em alto e baixo peso molecular que pode vir enriquecido com açúcares que segurem água na pele e mantenham então o turgor; esses açúcares podem ser: a ramnose e a fucose. Esse ácido hialurônico pode ser vetorizado com silício para manter a elasticidade e resistência da pele a todos os agressores ambientais”, diz a médica. Além dele, antioxidantes como resveratrol, vitamina C, vitamina E, o ácido ferúlico e principalmente cuidados com a fotoproteção, com FPS de no mínimo 30 e evitar exposição direta ao sol entre as 10 horas da manhã e 16 horas. “Mas o que eu indicaria sobretudo a esse paciente? Muita hidratação. Uma rotina skincare de lavar bem o rosto de manhã e à noite com sabonetes naturais, fazer uma limpeza com um tônico e uma hidratação na forma de séruns, de fluidos, de loções sem gordura para peles oleosas ou se for uma pele mais madura, essa hidratação deve vir na forma de cremes, de leite, de loções com lipídeos e fosfolipídeos, que formem uma segunda barreira de proteção sobre a pele”, diz.

Presença de linhas mesmo em repouso (posição estática) – Com relação ao segundo caso, a médica sugere, além do regime de skin care tópico, um tratamento via oral: “É interessante para esse paciente ingerir ômegas na sua função DHA e EPA; estimular o colágeno com silício Exsynutriment; fazer a reposição de energia com ativos que melhorem a energia mitocondrial como Bio-Arct; usar superóxido de desmutase, glutationa, vitamina C, resveratrol e vitamina E”, afirma. Além disso, a médica diz que esse paciente deve ingerir substâncias que também protejam principalmente contra a exposição solar, como: licopeno, astaxantina, luteína e polypodium leucotomos. “Esses compostos por boca ajudam no processo de reparo, de hidratação e de nutrição da pele”, explica. Na aplicação tópica de produtos, além dos antioxidantes e dos hidratantes, a médica indica recuperadores de danos de DNA e RNA e, principalmente, peptídeos e fatores de crescimento. Além dos antioxidantes e fotoproteção de manhã, no caso dos tratamentos noturnos, a dermatologista diz ser necessário utilizar retinoides, alfa-hidroxiácidos, poli-hidroxiácidos, não todos os dias, mas em dias alternados, para melhorar a renovação celular e diminuir a aparência das rugas. “O paciente deve intercalar essa rotina noturna com substâncias nutritivas ricas em Arct-alg, Hyaxel, Nutriomega 3, 6, 7 e 9, Luminescence, enfim, nós temos uma série de ativos hoje extremamente importantes. O fato é que uma boa nutrição tópica é extremamente importante”, diz.

Rugas profundas (volumetria negativa) - No caso das demarcações mais profundas, chamadas de volumetria negativa, toda a rotina skincare dos casos anteriores deve ser adotada e o que muda é a intensidade e concentração dos ativos, que devem ser dosados com orientação dermatológica. “Nesse caso, os fatores de crescimento são extremamente importantes; eles podem estar em associação e, muitas vezes, todos eles juntos com substâncias de reparo da pele contra agressores para estimular o processo de regeneração do tecido agredido, principalmente à noite”, explica. Devem ser usados também ativos como a aveia coloidal e substâncias que promovem reorganização das estruturas, para que haja um quadro em que as células lesionadas, e o DNA que foi de alguma maneira agredido, sejam recuperados para evitar um dano mais agressivo, que às vezes é irreversível”, diz. Além disso, o paciente pode utilizar em casa também as máscaras de LED, que melhoram muito a ação da energia mitocondrial, segundo a médica. “Elas podem trazer a luz do tipo vermelho e infravermelho combinadas, que são extremamente anti-inflamatórias, estimuladoras de energia e, que vão, no final de tudo, gerar maior proliferação celular e a liberação de fatores de crescimento para estimular a reorganização do tecido que já está lesionado de alguma forma”, explica.

Outros tratamentos mais potentes podem ser feitos em consultoria, com ajuda do dermatologista, que irá indicar lasers, preenchedores e radiofrequências.

Manual de cuidados por idade

Além do aparecimento dos sinais, a médica destaca que é importante seguir uma rotina de cuidados, independentemente se o fotoenvelhecimento já deu as caras. Cada idade pode ser tratada de acordo com o que acontece fisiologicamente, mas em todas o fotoprotetor com FPS de no mínimo 30 é essencial:

*Aos 20 anos: “É nessa idade que, fisiologicamente, temos o primeiro processo de envelhecimento, com o declínio da produção natural de antioxidantes. A orientação é o uso de produtos com Vitamina C estabilizada, Vitamina E, extrato de chá verde, além da hidratação e proteção solar, recomendações padrão para essa idade.”

*Aos 30 anos: “O metabolismo do corpo começa a abrandar e isso afeta a bioenergia das células da pele, que alimenta a criação de colágeno e ativa processos de reparação. Com a bioenergia em queda, temos uma pele mais cansada. Nesse ponto, é necessário acelerar o metabolismo da célula de forma tópica, com uso principalmente da Niacinamida, ou Vitamina B3, e ingestão de nutracêuticos reparadores e de sustentação do colágeno, no caso do silício orgânico Exsynutriment e biomassa Bio-Arct, que é um bioenergizante mitocondrial, que estimula protege a pele durante condições extremas”, recomenda.

*Aos 40 anos: “A senescência celular entra em ação em um processo em que o ciclo de vida natural das células da pele é menor, e isso pode afetar sua aparência de muitas maneiras”, destaca a dermatologista. Ingredientes recomendados: retinol, ácido glicólico, ácido hialurônico, Fatores de Crescimento e peptídeos se tornam importantes, porque eles ajudam a impulsionar os processos celulares de forma a frear os sinais de envelhecimento, que começam a ficar mais evidentes.

*Na menopausa e acima dos 50: “A função de barreira da pele enfraquece, o que torna a pele seca e incapaz de reter a hidratação suficiente por si só. Vitamina D, nanoconjugados de silício orgânico e tetrapeptídeos que melhorem o apoio estrutural da pele são recomendáveis, assim como ingredientes provenientes da semente do linho como Sculptessence, mas com alta concentração de ativos”, destaca a dermatologista.

Por fim, a dermatologista lembra pesquisas que indicam: 80% do envelhecimento é relacionado ao estilo de vida e o resto tem a ver com a genética. E nesse caso, é necessário ter hábitos saudáveis: “Dormir de sete a oito horas por noite, seguir dieta magra rica em proteína, muita água para se manter hidratado de dentro para fora e, como muitas vezes percebemos dificuldades do organismo de algumas pessoas em absorver todos os nutrientes que consomem, suplementos com silício, peptídeos, aminoácidos, e biotina são fundamentais”, finaliza a médica.

Fonte: Dra. Claudia Marçal

Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo