Logo
Imprimir esta página

Turismo de experiência: nova tendência pós-pandemia

Quando poderemos viajar novamente? Essa é uma pergunta que muitas pessoas estão fazendo já pensando nas férias e nos feriados de final do ano. As dúvidas e expectativas dos viajantes são frequentes em tempos de pandemia. A boa notícia é que as campanhas de vacinação contra a Covid-19 seguem em todo o mundo. Além de proporcionar mais segurança e tranquilidade para o turista, a imunização está permitindo a reabertura de fronteiras para viajantes que já foram vacinados.

Uma modalidade que é tendência mundial e que tem despertado a atenção e curiosidade dos amantes de viagens, é o turismo de experiência. São viagens com experiências exclusivas e individuais, que garantem histórias únicas. A ideia é escapar do lugar comum, dos pontos turísticos famosos, dos roteiros maçantes e exaustivos e vivenciar algo que vai além do convencional. E o melhor, é a viagem em que o turista deixa de ser turista para vivenciar atividades de aventura e muita adrenalina. De acordo com o Ministério do Turismo, geralmente, o público que procura esse tipo de experiência tem idade entre 35 e 50 anos, e pertence às classes A ou B.

Para entender um pouco mais sobre o turismo de experiência, vale ressaltar que no final do século XX, estudiosos passaram a prestar atenção em algumas mudanças no comportamento de consumo das pessoas e constataram que estava acontecendo uma mudança da lógica onde a produção industrial supre a necessidade de possuir coisas e o elemento principal da necessidade humana é o envolvimento emocional. Melhor dizendo, é quando o serviço deixa de ser comum como um passeio turístico e torna-se uma experiência inesquecível que gera emoção e participação.

Bastante conhecido no exterior, o turismo de experiência chegou ao Brasil há 15 anos por meio de projetos experimentais sob a coordenação do Ministério do Turismo e Sebrae na Região Uva e Vinho, no Rio Grande do Sul. O novo nicho foi levado para outras regiões do país, exemplos, Costa do Descobrimento (BA), Petrópolis (RJ), Bonito (MS) e Belém (PA).

Geralmente, as experiências únicas geradas neste segmento acontecem em uma comunidade de cultura diferente da sua. “Para viajar basta existir”. Essa famosa frase do poeta português Fernando Pessoa, que particularmente me identifico, com certeza permite aos amantes do turismo adquirir de forma única novos conhecimentos a partir de roteiros inusitados.

Sem dúvida, o setor do turismo está sendo uma das atividades econômicas mais afetadas pela pandemia e a procura por viagens nas agências ainda é bem tímida. Dados das companhias aéreas confirmam que a quantidade de passageiros no primeiro semestre deste ano ainda ficou 37,2% abaixo do nível de 2019. Em compensação, esse número é maior que no mesmo período de 2020. De dois meses para cá, a demanda de passageiros tem crescido absurdamente.

Gustavo Zschaber, Turismólogo, diretor de produtos Nawii Turismo, diretor de produtos no Driveness Experience, CEO na Soluções em Viagens.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto