Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mercer aponta lições da crise financeira de 2008 que podem fortalecer investidores no cenário econômico atual

Momento traz oportunidade para diversificar risco dos portifólios com ativos no exterior

Embora as crises de 2008 e a que vivemos atualmente, provocada pelas medidas de isolamento adotadas para conter a pandemia da COVID-19, tenham causas muito distintas, seus efeitos são bastante similares. Entre eles, destacam-se a queda abrupta da atividade econômica, o crescimento vertiginoso do nível de desemprego, a redução das taxas basicas de juros e a implementação de programas de expansão fiscal. Nesse sentido, as ações que se mostraram apropriadas para que os investidores saíssem fortalecidos da crise de 2008 são aplicáveis ao momento atual, conclui estudo inédito desenvolvido pela Mercer, líder global de consultoria em carreira, saúde, previdência e investimentos.

e acordo com João Morais, líder da área de Wealth da Mercer Brasil, a análise sobre as estratégias que se mostraram vencedoras em 2008 e que são recomendáveis para os investidores institucionais diante da crise atual podem ser resumidas em três pilares: “atuar de forma dinâmica, não abandonar a gestão ativa e diversificar a carteira de investimentos”.

A diversificação internacional ainda não é uma prática comum nos fundos de pensão brasileiros. Estes sempre concentraram grande parte de seus investimentos em renda fixa, valendo-se da habitual alta taxa de juros reais que prevalecia no país. Além disso, a pouca diversificação em relação à renda fixa se concentrava quase que exclusivamente em renda variável local. O estudo revela que esse comportamento não mudou de forma relevante após 2008, mesmo em um ambiente que veio reduzindo cada vez mais as taxas de juros. De fato, no final de 2019, mais de 70% do patrimônio da previdência fechada no Brasil estava alocado em renda fixa, sendo a maior parte em títulos públicos. Pouco menos de 19% estava em renda variável e uma parcela ínfima estava em ativos internacionais (menos de 0,6%).

“As entidades de previdência complementar deveriam apropriar-se desse momento em que a renda fixa no Brasil tem baixo retorno e a Bolsa, alta volatilidade, como uma oportunidade para diversificar os riscos do portfólio, explorando diversas alternativas de investimento no exterior, considerando a baixíssima alocação nessa classe”, afirma Morais.

Para a Mercer, a diversificação internacional em títulos e ações proporciona não só acesso a mercados com ciclos econômicos e características bem diversas como também a empresas e setores em que o investidor local não tem acesso usando apenas os ativos disponíveis no Brasil. “Por apresentar maior exposição a companhias de setores que por vezes até se beneficiam de algumas crises e outros que têm posição mais sólida em uma recuperação global, verificamos que em tempos de crise os investimentos no exterior são menos impactados, ao passo que nos anos de recuperação as bolsas internacionais mostram resultados mais consistentes”, complementa Morais.

A consultoria recomenda que, dada a baixa exposição dos fundos de pensão brasileiros ao segmento exterior, os gestores dos fundos deveriam olhar para essa classe de investimentos não como uma fonte de riscos adicional, mas sim como uma grande oportunidade de diversificar os riscos a que estão expostos atualmente com a concentração em ativos locais.

O estudo detalhado da Mercer ““Os ensinamentos da crise de 2008 e como podemos aproveitá-los nesse momento” pode ser baixado aqui.

Sobre a Mercer

A Mercer oferece aconselhamento e soluções orientadas à tecnologia que ajudam as organizações a atender às necessidades de carreira, previdência, investimentos e saúde de uma força de trabalho em constante mudança. São mais de 25.000 funcionários localizados em 44 países e com atuação em mais de 130. A Mercer é uma subsidiária integral da Marsh & McLennan Companies (NYSE: MMC), a principal empresa global de serviços profissionais nas áreas de risco, estratégia e pessoas. Com mais de 76 mil colegas e receita anual de mais de US$ 17 bilhões, a Marsh & McLennan apoia seus clientes a navegar em um ambiente cada vez mais dinâmico e complexo.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS