Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Enquanto economia ensaia retomada, "mercado formiguinha" está a todo vapor

Casa do Construtor surfa na onda e registra resultados ainda mais animadores

Após um bom tempo de hibernação e de retração, o segmento da construção civil – um dos principais termômetros da economia, responsável por 6% do PIB brasileiro – começa a dar sinais de retomada. Entre os dados que ratificam esta informação estão os do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que apontam que o crescimento do PIB do setor para 2019 será de 2%.

Segundo levantamento da Pesquisa Tracking da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), os mesmos 2% se repetem quando o assunto é o crescimento das vendas de material de construção civil no varejo em setembro na comparação com agosto. Além disso, em relação ao mesmo período de 2018, a alta é ainda maior: 9%. Já no acumulado do ano, o incremento está em 3,5% e, nos últimos 12 meses, em 4,5%. Estes números representam sobretudo o segmento de pequenas reformas e autoconstrução, o que se convencionou chamar de “mercado de formiguinha”.

“Setembro é um mês de baixo apelo promocional, mas é um termômetro importante para os últimos meses do ano, porque tradicionalmente as pessoas iniciam pequenas reformas e reparos para deixar a casa pronta para as festas de fim de ano”, explica Cláudio Conz, presidente da Anamaco, em entrevista ao blog da entidade.

O executivo ainda completa explicando os motivos deste crescimento. “No início do mês, o governo aumentou ligeiramente a previsão de crescimento da economia de 0,81% para 0,85%, e nós já sentimos em setembro os efeitos iniciais dos cortes de juros e o início das liberações de recursos do saque imediato do FGTS. Isso mostra que os consumidores estão recuperando a confiança na economia e voltando a investir em suas casas”.

Surfando nesta boa onda está a Casa do Construtor, maior rede de franquias brasileira no segmento de locação de equipamentos para construção civil e soluções para o dia a dia. “Até 2017, havia uma queda no ticket médio, mas um aumento no número de contratos. Depois disso, o ticket médio voltou a crescer”, revela o gerente de Operações da Casa do Construtor, Fábio Spina.

Além disso, o faturamento da rede cresceu 25% no primeiro semestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018, e a expectativa é de que o montante chegue a R$ 270 milhões no ano. Atualmente, a rede conta com 275 unidades distribuídas pelo Brasil – com estimativa de fechar o ano com 300. Em 2018, o negócio faturou R$ 223 milhões.

Sobre a Casa do Construtor

Fundada em 1993, a Casa do Construtor é uma rede de franquias especializada em locação de equipamentos para construção civil e soluções para o dia a dia, que entrou para o segmento do franchising em 1998. A rede trabalha com a locação de equipamentos como andaimes, rompedores e betoneiras.

Desde a abertura, a rede de franquias registrou crescimento significativo ano após ano. No primeiro semestre de 2019, a rede cresceu mais de 23% na comparação com o mesmo período do ano anterior, alcançando 270 unidades distribuídas pelo Brasil.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS