Brasil, 13 de Dezembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Segmento de moda é o segundo com maior crescimento no 3º tri, segundo ABF

Aumento de 8,6% foi impulsionado pela ampliação das vendas online, abertura de novas unidades e redesign de produtos

Parobé (RS), novembro de 2019: No dia 24 de outubro, a Pesquisa Trimestral de Desempenho do Franchising realizada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) forneceu dados referentes ao mercado de franquias brasileiro, que registrou um crescimento nominal de 6,1%, no terceiro trimestre de 2019, se comparado ao mesmo período de 2018. Além disso, os 11 segmentos listados pela ABF demonstraram desempenho positivo no mesmo período. A pesquisa indicou que o segmento de Moda foi o segundo de maior crescimento, com 8,6%. Entre os fatores que impulsionaram o bom resultado, estão o aumento das vendas online, a abertura de novas unidades e o redesign de produtos por parte de marcas tradicionais.

Entre as marcas que atuam no segmento de moda, a Calçados Bibi é pioneira na fabricação de calçados infantis, além de investir constantemente em inovação tanto no que diz respeito aos produtos quanto aos negócios. Apenas em 2019, a rede já inaugurou 13 unidades, totalizando 119 lojas. A marca que segue os bons números divulgados pela ABF tem como expectativa fechar o ano com 125 pontos de operação e incremento de 20% no faturamento da rede de franquias. “No terceiro trimestre, notamos que, além de se manter esse movimento de expansão, as lojas abertas em maior volume nos trimestres anteriores estão impactando positivamente o desempenho do setor. Em muitos casos, inclusive, essas lojas já apresentam conceitos mais modernos que primam pela eficiência e experiência mais amigável para o consumidor”, explica o presidente da ABF, André Friedheim.

Atualmente, a rede aposta em diferentes ações no universo físico e online, com o objetivo de se tornar uma marca global de desejo. Visando proporcionar facilidade e comodidade para atender todos os clientes, a marca investiu em ações que promovem a integração entre os canais de atendimento: as franquias da rede (o offline) com o e-commerce (o online). Para trabalhar de forma efetiva esta questão, a Bibi passou a oferecer aos consumidores o conceito de Prateleira Infinita, em que disponibiliza o estoque do e-commerce como um apoio na operação das lojas físicas. Com esse recurso, o consumidor consegue ter mais variedade de escolha de produtos, optando em retirar na loja ou receber em casa.

Em um ambiente cada vez mais conectado, há quem prefira efetuar compras apenas no ambiente virtual, pela facilidade e rapidez. Em contrapartida, a loja física proporciona diferentes experiências de consumo, atendimento e percepção, já que você pode tocar ou até mesmo experimentar todos os modelos. Além disso, há a questão da disponibilidade do estoque em ambos os canais de atendimento. Para não perder vendas por falta de determinada cor ou numeração do calçado, a Bibi desenvolveu a Prateleira Infinita.

“Basicamente, nas lojas da Bibi há uma integração com o canal de e-commerce. Dessa forma, se você está em uma unidade e deseja um determinado produto que não tem a numeração ou a cor em questão, a vendedora pode efetuar a compra pelo e-commerce. Além disso, o cliente pode escolher se quer que a retirada do produto seja na própria loja ou se prefere que a entrega seja em domicílio. Aumentamos bastante as opções do estoque e isso contribui de forma direta e indireta nas vendas da rede”, explica a presidente da Calçados Bibi, Andrea Kohlrausch.

Explorando o movimento contrário, a marca também conta com um projeto chamado "Clique e Retire". Dessa forma, os clientes podem comprar os modelos que desejam pelo e-commerce e escolher retirar na loja mais próxima. “Essa é uma estratégia diferenciada, pois quando o cliente chega para retirar o produto na loja, tem a questão do encantamento pelo ambiente e pelos demais modelos disponíveis. Dificilmente as pessoas saem sem olhar ou até mesmo comprar outros calçados”, revela Kohlrausch.

Além disso, visando proporcionar mais conforto e praticidade aos consumidores, a rede iniciou um projeto piloto, chamado de Caixa Móvel, em algumas unidades do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Para evitar filas e que o consumidor se desloque até outro ponto da loja para efetuar o pagamento, as atendentes contam com uma máquina móvel pronta para registrar a compra. Até o momento, já foram vendidos mais de 30 mil pares em 30 lojas que trabalham com a novidade, o equivalente a mais de R$ 4 milhões em vendas.

Em 2019, a Bibi completou 70 anos de atuação e vai continuar investindo constantemente em inovação, que é uma premissa básica e que está no DNA da empresa. Dessa forma, a expectativa de crescimento na rede de franquias é de 20%. Hoje, a marca conta com 119 unidades, sendo sete delas internacionais: três em Lima e uma em Trujillo, no Peru; uma em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia; uma em Quito, no Equador; e uma Bucareste, na Romênia. A rede está presente em mais de 3.500 mil pontos de venda multimarcas e exporta os produtos para mais de 70 países.

Sobre a Calçados Bibi

Fundada em 1949, a Calçados Bibi é referência no mercado de calçados infantis. Com fábricas em Parobé (RS) e em Cruz das Almas (BA), produz mais de 2 milhões de pares ao ano. Presente em mais de 70 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 3.500 mil pontos de venda multimarcas, além do e-commerce e de uma rede de franquias com mais de 100 lojas. A marca de calçados infantis é pioneira e líder em desenvolver produtos a partir de pesquisas e estudos científicos. Conquistou reconhecimento do setor a partir do trabalho que desenvolve com os calçados fisiológicos e no emprego de tecnologia da palmilha Fisioflex Bibi -- que proporciona a sensação de andar descalço no seu público-alvo: as crianças. A empresa é ainda a única calçadista certificada pelo Selo Diamante de Sustentabilidade, que atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa de Origem Sustentável: Ambiental, Econômico e Social.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS