Brasil, 19 de Outubro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Composição de renda facilita compra de imóvel

Divulgação Divulgação

Grupo de pessoas ligadas à família, consanguíneos ou não, podem dividir o contrato de compra. Confira algumas regras

A composição de renda é uma possibilidade de compra de imóvel destinada a pessoas que possuem renda insuficiente para conseguir aprovação de crédito. Ela permite que um grupo de pessoas ligadas a família, consanguíneos ou não, unam os créditos para a compra de imóvel, porém os requisitos são de acordo com cada instituição financeira. Contudo, antes de compor renda, é importante conhecer alguns detalhes da operação. Segundo o especialista e gerente comercial do Grupo Elmo, Sócrates Diniz, a adesão requer cuidados.

A composição é uma alternativa oferecida por todos as instituições bancárias para aquisição da casa própria. No caso dos financiamentos operados pela Caixa Econômica Federal, podem participar da composição de renda, o cônjuge, seja de casamento, união estável, noivos, namorados ou união homoafetiva, filho, pais, avós, padrasto ou madrasta, neto, irmãos, enteados, tio, sobrinho, primo, sogros, noras e cunhados. Todos passam pela análise de crédito da Caixa e não há limite de quantos membros podem compor.

“A alternativa soluciona um problema comum, que é a reprovação do comprador na análise de capacidade financeira feita pelo banco porque detecta que sua renda é insuficiente para manter em dia o pagamento das parcelas", explica o gerente comercial do Grupo Elmo, Sócrates Diniz.

Segundo ele, em geral, os bancos limitam as parcelas mensais a, no máximo 30% da renda mensal individual. “Com a composição de renda, a renda do outro participante passa a somar no total de recursos a serem avaliados”, disse.

Sócrates nota o crescimento da composição de renda nos contratos de financiamento. Ele estima que cerca de 40% dos contratos do Residencial Padre Pereira, empreendimento com apartamentos de 2 quartos recém lançado no Jardim Mariliza, farão uso da composição de renda. “Muitos interessados têm a renda comprometida, principalmente, por empréstimos pessoais, por exemplo”, afirma Sócrates.

Além de aumentar as chances de aprovação de crédito, o modelo proporciona outro benefício para os contratantes como a utilização do FGTS de todos os participantes da composição, tanto para entrada quanto para quitar parcelas do financiamento.

Cuidados

Apesar dos benefícios, é preciso estar atento às particularidades do modelo. Afinal, todos os participantes do contrato passam a ser proprietários do imóvel e têm direitos sobre ele.

Uma eventual dissolução da negociação em grupo pode gerar desequilíbrio financeiro, gastos com a transferência da parte do imóvel e ainda análise do banco para efetivar a transferência, exemplifica Sócrates

"Importante o mutuário ter ciência se que, caso o contrato seja pelo Minha Casa Minha Vida, ele não poderá ser novamente beneficiado pelo programa, que oferece juros mais baixos e subsídios a quem compra o primeiro imóvel", alerta Sócrates.

Outro ponto importante é no que diz respeito ao falecimento de uma das pessoas adicionadas ao contrato. Segundo a correspondente bancária da Caixa em Goiânia, Fernanda Zanelatto, neste caso, a dívida é quitada pela instituição financeira através do seguro que integra o processo de financiamento, sendo tabulado de acordo com a faixa etária, no caso do financiamento da Caixa. “A dívida é quitada proporcionalmente à participação da pessoa no contrato”, explica Fernanda.

O especialista também lembra que, em caso de inadimplência por parte de um, a consequência recai sobre todos: existe também o risco de penhora do imóvel por incapacidade de pagamento de um dos componentes.

Para não correr riscos e ter prejuízos financeiros, Sócrates aconselha que os participantes devem analisar todo o cenário, levando em consideração o grau de relacionamento entre os participantes, tendo a certeza que o financiamento não será um problema no futuro, quanto o tempo de duração, já que um financiamento pode durar até 30 anos e ainda, ter consciência que todos que vão compor a renda serão proprietários do imóvel e tem direitos sobre ele.

Como aderir

De acordo com o gerente, a análise da composição da renda é feita isoladamente para cada participante da negociação que terá que apresentar todos os documentos exigidos pela instituição financeira e as informações e pendências serão checadas.

Para realizar o procedimento na Caixa, o futuro proprietário terá a sua idade levada em consideração na análise, na proporção da sua participação na renda. A escolha do prazo para o financiamento do imóvel é do proponente, havendo somente a limitação da soma da idade do mesmo com o tempo de amortização (e de construção, se for o caso), não podendo ultrapassar 80 anos. Por exemplo, uma pessoa com 60 anos terá um prazo máximo de financiamento de 20 anos. Para o financiamento com mais de um solicitante, é considerada a idade do mais velho.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS