Brasil, 18 de Setembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Estados Unidos e União Europeia disputam mercado de US$ 59 bi por ano no Brasil, aponta estudo da Amcham

  • Escrito ou enviado por  Dirceu Pinto de Sousa Neto
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Economia
  • Imprimir

A disputa entre Estados Unidos e União Europeia pelo mercado brasileiro se concentra em negócios de aproximadamente US$ 59 bilhões ao ano, aponta estudo inédito realizado pela Câmara Americana de Comércio no Brasil (Amcham Brasil).



Ao excluirmos as importações de ambas origens com baixo valor de comércio (abaixo de US$ 10 milhões), Estados Unidos e União Europeia concorrem no Brasil em US$ 50,9 bilhões (906 produtos/NCMs).

“Existe um espaço de concorrência direta expressivo entre europeus e americanos no mercado brasileiro, sobretudo em bens industrializados de médio e alto valor agregado”, explica Abrão Árabe Neto, vice-presidente executivo da Amcham Brasil e responsável pela condução do estudo.

O estudo conclui que o acordo de livre comércio Mercosul-UE irá conferir maior vantagem competitiva às exportações europeias em relação as americanas, a partir de sua entrada em vigor.

“O acordo de comércio entre o Mercosul e a União Europeia vai trazer uma competitividade extra aos europeus. O estudo mostra como seria conveniente e estratégico para Brasil e Estados Unidos avançarem nas tratativas de um acordo”, afirma Deborah Vieitas, CEO da Amcham Brasil.

Os setores com tarifas de importação mais elevadas no Brasil, segundo o estudo Amcham, tendem a registrar maior potencial de vantagem relativa à UE, com destaque para maquinas e equipamentos, químicos, autopeças, farmacêuticos, plásticos, equipamentos médicos, cosméticos, entre outros.

O universo total de concorrência está atualmente dividido em 55% para a União Europeia (US$ 32,5bilhões) e 45% para os Estados Unidos (US$ 26,4bilhões).

Além dos efeitos da redução tarifária, o acordo diminuirá as barreiras não-tarifárias e exigências burocráticas enfrentadas por produtos europeus no mercado brasileiro.

“Esses elementos devem contribuir para o crescimento das exportações da UE para o Brasil. É esperado, ainda, um aumento dos fluxos de investimentos em razão da maior integração comercial e das perspectivas positivas do acordo”,constata o estudo divulgado hoje pela Amcham.

As preferências tarifárias que passarão a ser desfrutadas pela UE também poderão ser adquiridas em breve por outras economias que negociam acordos de livres comércio com o Mercosul, como EFTA, Canadá, Coreia do Sul e Cingapura. O Brasil importou dessas origens um total de US$ 10,9 bilhões em 2018.

Brasil-Estados Unidos: Uma Parceria mais Ambiciosa

Por criar condições mais favoráveis para o aprofundamento da integração Mercosul-UE, ao eliminar gradualmente as tarifas de importação em um período de 15 anos, o estudo comprova aimportância dos Estados Unidos se engajarem em um acordo de livre-comércio com o Mercosul.

Para a Amcham, pesa a favor da abertura das negociações o bom relacionamento entre os presidentes Donald Trump e Jair Bolsonaro. “Além da concorrência comprovada neste estudo, acreditamos que a sintonia que existe entre os dois governos ajuda muito no aprofundamento dessa negociação”, explica Abrão Árabe Neto.

A Câmara Americana de Comércio lançou, no último dia 30/7, o documento “Brasil-Estados Unidos: 10 Propostas para uma parceria mais ambiciosa”,entregue ao secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, em sua visita ao Brasil.

O desejo de um acordo de livre comércio foi a principal proposta defendida pela Amcham no encontro. “Esse estudo comprova que mais que um desejo, nossa ambição é estratégica para o futuro da relações comerciais entre o Brasil e os Estados Unidos”, afirma a CEO da Amcham Brasil.

No documento, a Amcham sugere um roteiro pragmático para as negociações desse acordo, em conjunto com outras medidas para ampliar o comércio e os investimentos entre os dois países. O documento completo está disponível no site da Amcham Brasil.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS