Brasil, 25 de Agosto de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Setor de serviços em São Paulo fatura R$ 33,6 bilhões em maio, a maior cifra para o mês desde 2010, aponta FecomercioSP

Segundo a Entidade, CPI da sonegação fiscal tributária impulsionou a arrecadação do segmento

Apesar do lento processo de recuperação pelo qual passa a economia brasileira, o setor de serviços paulista obteve alta no mês de maio com faturamento de R$ 33,6 bilhões, a maior cifra para o mês desde o início da série histórica, em 2010. Em comparação ao mesmo período de 2018, houve crescimento de 15,5%, o que representa um montante superior de R$ 4,5 bilhões nas receitas do setor. Nos últimos 12 meses, a elevação foi de 17,6%. No acumulado de 2019, o aumento foi de 21,2%, o que representa um montante de R$ 28,8 bilhões maior do que o obtido no período de janeiro a maio de 2018.

De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), os segmentos de serviços bancários, financeiros e securitários impulsionaram a alta (57,7%) em maio em decorrência do aumento de arrecadação de ISS, após a CPI da sonegação fiscal tributária firmar acordo com as instituições. Isso porque alguns bancos tinham sede em outros municípios, então, os impostos de operações como leasing, factoring e franchinsing, por exemplo, eram devidos à cidade de São Paulo, no entanto, pagava-se o tributo pelo município onde o escritório estava sediado – o que foi vantajoso para essas instituições à época, visto que essas cidades costumam diminuir os valores porcentuais do ISS para atrair grandes empresas.

Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Setor de Serviços (PCSS), que traz o primeiro indicador mensal de serviços em âmbito municipal, elaborada pela FecomercioSP com base nos dados de arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) do município de São Paulo, fornecidos pela Secretaria da Fazenda do Município de São Paulo. A cidade tem grande relevância nos resultados estaduais e nacionais do setor de serviços, representando, aproximadamente, 20% da receita total gerada no País.

Das 13 atividades pesquisadas, dez apontaram expansão no faturamento real em relação a maio de 2018, sendo: serviços bancários, financeiros e securitários (57,5%); mercadologia e comunicação (17,3%); jurídicos, econômicos e técnico-administrativos (14,5%); saúde (12,3%); turismo, hospedagem, eventos e assemelhados (10,9%); educação (10,1%); Simples Nacional (5,6%); técnico-científico (5,1%); outros serviços (4,6%); e conservação, limpeza e reparação de bens móveis (1,8%). Somadas, contribuíram com 16,3 pontos porcentuais (p.p.) para o resultado geral.

No sentido contrário, as quedas ficaram por conta dos seguintes segmentos: representação (-30%); construção civil (-3,8%); e agenciamento, corretagem e intermediação (-1,3%). Essas três atividades contribuíram negativamente para 0,8 ponto porcentual no resultado geral.

Perspectivas

Para a Entidade, a expectativa é de continuidade de crescimento ao longo dos próximos meses. A Federação sugere que o empresário siga acompanhando os indicadores econômicos (inflação, taxa de juros, câmbio, confiança do consumidor) para ajustes de planejamento; mantenha o controle do fluxo de caixa e evite endividamento.

A FecomercioSP recomenda ainda que futuros investimentos sejam aplicados em ações inovadoras do serviço ofertado para melhorar a qualidade do atendimento e, por consequência, a experiência do consumidor.

Nota metodológica

A Pesquisa Conjuntural do Setor de Serviços (PCSS) é o primeiro indicador mensal de serviços em âmbito municipal. Utiliza informações baseadas nos dados de arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) do município de São Paulo por meio de um convênio de cooperação técnica firmado entre a Secretaria da Fazenda do Município de São Paulo e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O indicador conta com uma série histórica desde 2010, permitindo o acompanhamento do setor em uma trajetória de longo prazo. As atividades foram reunidas em 13 grupos, levando em conta as suas similaridades e a representação no total do que é arrecadado de ISS no município. A pesquisa é referente ao município de São Paulo, mas, considerando a sinergia entre os municípios do entorno, os resultados refletem o cenário da região metropolitana.

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 136 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista – e quase 10% do PIB brasileiro –, gerando em torno de 10 milhões de empregos.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS