Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Como Um Digital Banking Corporativo Pode Trazer Maior Rentabilidade Para Sua Rede de Franquias

*Fernando Oliveira, co-CEO BTX Digital

Existe algo grande ocorrendo no mercado de franquias. Ao redor do mundo, players do franchising estão se movimentando em inúmeras iniciativas e colocando apostas altas no desenvolvimento de plataformas de digital banking, esperando mudar fundamentalmente o modo de relacionamento franqueador-franqueado para atrair e reter mais consumidores. Especialmente no Brasil, esse movimento é ainda mais importante e pode ser determinante entre crescer sua rede ou fechar as portas.

As redes de franquias no Brasil cresceram muito nos últimos anos, mesmo na crise. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o mercado tende a crescer ainda 11% este ano. No entanto, essa escalada impactou diretamente nas margens operacionais do setor. Os varejistas viram seus lucros apertarem e a competitividade subir. Na contramão, o setor bancário ainda recolhe ótimas margens e lucratividade em suas operações. A solução descoberta pelas redes de franquias? Tornar-se o "próprio banqueiro".

Já de início, um digital banking corporativo para redes de franquias resolveria a questão da inadimplência dos franqueados. Com um sistema digital bancário próprio e integrado, o pagamento dos royalties seria feito por intra-wallets. Através da trava dos recebíveis no adquirente ou sub - que faz parte do próprio banco digital do grupo -, é resolvida de vez essa questão. Fundo de propaganda? Split automático dos franqueados para a conta condomínio - que não é receita do franqueador -, trazendo maior transparência. O crédito consignado aos funcionários também faz parte do pacote e é bem-vindo.

Além da economia nos TEDs e DOCs dentro da sua rede - que passam a ser zerados -, as grandes franquias estão de olho também em seus consumidores e no potencial de geração de margens financeiras. Cartões de crédito corporativos, pré-pagos, CDC e até crédito clean são ofertados no banco digital ao consumidor final através de seu banco parceiro. Os modelos de receitas são variados e possíveis na legislação atual, mais favorável à abertura de mercado e às fintechs. Por fim, um plano de fidelidade com CRM turbinado com AI (Inteligência Artificial) fecha o pacote.

Redes de franquias que adotarem com sucesso o digital banking próprio experimentarão profundas mudanças estratégicas e de fortalecimento de seu modelo de negócios. E aí, quem quer ser banqueiro?

*Fernando Oliveira graduou-se em engenharia de produção pela USP (Universidade de São Paulo), após estudos em engenharia mecânica no ITA (Instituto Tecnológico Aeronáutico). Possui extensão em empreendedorismo em mercados emergentes na conceituada universidade americana Harvard. Tornou-se CEO da B2B Capital Partners LLC em 2004. Desde então, vem atuando em venture capital envolvendo negociações de grande expressão como, por exemplo, a fusão das empresas Brazil Best Food S.A e Premium Fast Food Brasil, tendo sido responsável pelos investimentos latam nas áreas de food service, logística aérea (táxi aéreo), exportação de açúcar e soja, entre outros. Atualmente, Fernando é co-CEO da BTX Digital.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo