Brasil, 27 de Maio de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Furnas teve lucro de mais de R$ 1 bilhão em 2018

Desempenho da companhia foi puxado pela receita da RBSE, redução de custos e do endividamento

FURNAS registrou lucro líquido de R$ 1,071 bilhão em 2018. O resultado foi influenciado pela receita da Rede Básica de Sistemas Existentes (RBSE) – indenização pelos ativos de transmissão de energia cujas concessões foram renovadas – e pela implantação de ações estratégicas que garantiram uma melhora no fluxo de caixa. A diminuição do endividamento da empresa em R$ 1,5 bilhão e sua tendência de queda nos próximos anos também é um ponto positivo, pois propicia mais margem para investimentos. Veja os destaques no final desta página.

De acordo com o presidente Ricardo Medeiros, os números reforçam o compromisso de FURNAS com a austeridade financeira. "As demonstrações revelam o impacto positivo de medidas que reduzem custos", disse. "O programa Orçamento Base Zero (OBZ), por exemplo, possibilitou economia de R$ 132 milhões."

A Receita Operacional Bruta de FURNAS no ano passado foi de R$ 9,2 bi. Devido à adoção de um novo padrão internacional de contabilidade, a empresa deixou de contabilizar R$ 832 milhões da receita proveniente de seus ativos de transmissão. Este fato contribuiu para a redução da receita e do lucro líquido apurados no exercício fiscal de 2018 em comparação ao ano anterior, quando registrou lucro de R$ 1,4 bilhão. O montante associado ao ingresso da RBSE no caixa da companhia foi de aproximadamente R$ 3 bilhões.

"A RBSE deve ser usada em investimentos que possam perenizar a receita da companhia. Isso significa fazer boas escolhas, sempre em alinhamento com a Eletrobras, que é a financiadora dos nossos investimentos", afirma o diretor de Finanças, Jenner Guimarães do Rêgo.

Já a receita de geração apurada em 2018 apresentou crescimento de 4,8% em relação ao ano anterior devido à celebração de novos contratos no Ambiente de Contratação Livre (ACL), atualização de contratos de comercialização no Ambiente Regulado e incremento da receita de Operação e Manutenção (O&M) das usinas renovadas pela Lei 12.783/2013, que passou de R$ 845 milhões para pouco mais de R$ 1 bilhão.

Entre as estratégias para alavancar a receita de FURNAS nos próximos anos está o projeto Disciplina de Capital. A iniciativa vai avaliar o atual modelo do sistema elétrico brasileiro, aperfeiçoar a governança dos processos de gestão de recursos e otimizar o controle de orçamento e gestão de portfólio.

O objetivo é tornar o fluxo de receita da companhia mais estável e crescente, seja por meio de investimentos, seja por novas formas de comercialização de energia.

Destaques das Demonstrações Financeiras de 2018:

• O Plano de Demissão Consensual (PDC) reduziu em R$ 70 milhões a folha de pagamento da empresa;

• Aumento da receita Anual de Geração em R$ 120 milhões;

• Redução de R$ 132 milhões das despesas de Pessoal, Material, Serviços e Outros (PMSO), com a continuidade do programa de Orçamento Base Zero (OBZ);

• Diminuição da dívida em R$ 1,5 bilhão, sendo R$ 182 milhões resultantes de transferência de sociedades de propósito específico (SPEs) em pagamento a dívidas com a Eletrobras;

• Termo de Adesão ao Acordo de Leniência entre Eletrobras, Ministério da Transparência, CGU e Odebrecht beneficiou FURNAS em R$ 118 milhões;

• Reversão das provisões de impairment de FURNAS de R$ 69 milhões e das SPEs em R$ 254 milhões.

• Dividendos propostos para os acionistas no montante de R$ 440 milhões.

• Implementação de nova metodologia internacional de cálculo da receita para os ativos de transmissão, chamada IFRS 15, impactou a receita da RBSE em R$ 832 milhões;

• Redução de R$ 932 milhões na Receita Operacional Líquida devido ao aumento na base de apuração de impostos e encargos setoriais;

• Provisões Operacionais no montante de R$ 434 milhões para provisão relativa a ações judiciais nas esferas fiscal, trabalhista e cível.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::