Brasil, 20 de Janeiro de 2020

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pequenos estabelecimentos lideram geração de emprego celetista no Estado de São Paulo, aponta FecomercioSP

Pequenos estabelecimentos lideram geração de emprego celetista no Estado de São Paulo, aponta FecomercioSP

De acordo com a Entidade, empresas com até quatro funcionários apontaram saldo positivo de mais de 254 mil vagas com carteira assinada

Os pequenos estabelecimentos, formados por um a quatro funcionários, lideraram as contratações com carteira assinada em 2018 no Estado de São Paulo, segundo levantamento feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). A análise foi feita com base nos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho.

Em 2018 o mercado de trabalho formal estadual voltou a crescer: quase 150 mil novas vagas geradas, após retrações seguidas em 2015, 2016 e 2017, quando cerca de 870 mil postos de trabalho foram fechados. As empresas com quadro funcional de um a quatro trabalhadores registraram saldo positivo de 254.444 vagas formais. No caso dos estabelecimentos com mais de cinco empregos ativos, o saldo foi negativo em 107.848 vagas.

Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, em apenas três estratos de estabelecimentos houve criação de vagas: os que empregam até quatro vínculos, os que têm de 250 a 499 vínculos e os com mais de mil vínculos.

Ainda de acordo com a Entidade, em momentos em que há menos admissões que desligamentos, as pequenas empresas amenizam um saldo que poderia ser pior, e em momentos com saldo positivo de vagas, como agora, esses estabelecimentos potencializam a geração de vínculos. Assim, mesmo em um período de retração do emprego, os pequenos estabelecimentos, por características intrínsecas ao seu tamanho, têm menos flexibilidade de reduzir sua força de trabalho, portanto os que mantêm portas abertas oferecem, ao menos, mais estabilidade de vagas. Da mesma forma, quando há avanço da demanda, há maior necessidade de se empregar mais.

Outra importante realidade é o aumento de pequenos empregadores, muitos formados por antigos trabalhadores celetistas que foram desligados anteriormente. São os novos empreendedores, conhecidos como “microempreendedores individuais” (MEIs), os quais têm permissão de contratar até um funcionário.

Capital

Na cidade de São Paulo, o cenário não foi diferente. Em 2018, houve crescimento de 58.357 empregos com carteira assinada. De acordo com a Federação, caso consideremos apenas estabelecimentos com até quatro vínculos ativos, o saldo é positivo em mais de 83 mil empregos. Ainda que haja bons números nos estratos empresariais de 250 a 499 vínculos e acima dos mil, como no Estado de São Paulo, o saldo total das empresas com mais de cinco empregados é negativo em 24.680 vagas.

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 137 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista - e quase 10% do PIB brasileiro -, gerando em torno de 10 milhões de empregos.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS