Brasil, 23 de Junho de 2018

+ F O N T E -

Varejo paulista cresce 2,5% em 2017 e crise no setor chega ao fim, afirma Associação Comercial de SP

O volume de vendas do comércio paulista subiu 2,5% em 2017 em comparação com o ano anterior. O número é do varejo ampliado, que inclui concessionárias de veículos e lojas de material de construção. Já no restrito ― que não computa esses dois ramos ―, o crescimento foi de 1,8% no Estado. Os dados são da pesquisa ACVarejo da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

“Sem dúvida alguma, os resultados de 2017 marcam o fim da crise do varejo no estado e a retomada deverá ser cada vez mais intensa nos próximos meses, em linha com a continuidade dos crescimentos da renda, do emprego e do crédito”, declara Alencar Burti, presidente da ACSP. “Ou seja, neste ano teremos um crescimento muito mais expressivo”, afirma ele, que também é presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Atividades

Quase todas as atividades econômicas analisadas pela pesquisa apresentaram crescimento do volume comercializado em 2017 sobre 2016, com destaque para lojas de departamento, eletrodomésticos e eletrônicos (14%), lojas de móveis e decorações (10,3%), concessionárias de veículos (8,3%), autopeças e acessórios (7,2%), supermercados (3,8%), farmácias e perfumarias (0,7%) e lojas de material de construção (0,7%).

Por outro lado, os segmentos outros tipos de comércio varejista e lojas de vestuário, tecidos e calçados registraram contrações de 5% e 1,3%, respectivamente no ano passado. O primeiro foi fortemente impactado pelas retrações de vendas de combustíveis, que sofreram reajustes de preços.

Regiões

Em 2017, o comércio cresceu em quase a totalidade das regiões paulistas. As maiores taxas de expansão foram observadas nas seguintes regiões: Jundiaí (7,1%); Ribeirão Preto, Baixa Mogiana e Franca (6,1%), Sorocaba e Vale do Paranapanema (6%) e Vale do Paraíba (5,9%).

As únicas regiões que caíram foram Presidente Prudente (-0,5%) e Metropolitana Oeste/Osasco (-1%).

A pesquisa ACVarejo é elaborada mensalmente pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP, com informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. São avaliadas nove atividades econômicas e 20 regiões paulistas.

Veja abaixo a pesquisa na íntegra:
ACVarejo - Boletim n.44: http://cl.trck109.mpstc.net.br/ESi4/Oz_XnzmBAnCCTYetgqAEOzWXbvKqzblA_vjZGS-eLwI,

Tabela_Atividades_Economicas_Dez2017.xlsx: http://cl.trck109.mpstc.net.br/ESi5/Oz_XnzmBAnCCTYetgqAEOzWXbvKqzblA_vjZGS-eLwI,

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::