Logo
Imprimir esta página

O fertilizante dentro do contexto da inflação

Valter Casarin

Coordenador Científico da NPV

Nos últimos anos, o crescimento da população se tornou mais rápido do que o aumento da área de produção de alimentos. Isso foi possível graças à revolução agrícola, a qual teve como base o uso de fertilizantes. Foi com o uso de fertilizantes que a segurança alimentar e a preservação de florestas se tornaram uma realidade possível.

O momento é de superposição de crises, pois ainda não saímos da crise sanitária do Covid-19 e já estamos vivenciando a problemática dos fertilizantes, devido ao conflito Rússia e Ucrânia. Essas crises revelam a urgência de reorganizar nossa produção de alimentos e desnudam as dificuldades de abastecimento.

As consequências econômicas da guerra se espalharam rápida e amplamente em grande parte dos países, atingindo mais duramente as pessoas mais vulneráveis. Centenas de milhões de famílias já estavam lutando bravamente, em decorrência da queda da renda e do aumento dos preços da energia e dos alimentos. A guerra só piorou a situação e ameaça agravar ainda mais as desigualdades.

E, pela primeira vez em muitos anos, a inflação parece ser um perigo real que ameaça atualmente muitos países ao redor do mundo. Trata-se de um golpe considerável para a recuperação global. Economicamente, o crescimento está baixo e os preços estão em alta.

Diante desse cenário, a projeção futura é de um modelo agrícola dependente dos combustíveis fósseis e muito vulnerável à globalização do mercado. Será que estamos no momento de repensar o modelo agrícola para garantir nossa capacidade de produzir alimentos saudáveis e de qualidade? Como podemos ser menos dependentes das importações de fertilizantes?

No formato que o sistema agrícola está seguindo, os produtores rurais estão buscando o aumento da produtividade, em detrimento da qualidade do alimento produzido. Com os preços dos insumos agrícolas subindo, inflacionando o custo de produção há um reflexo nos valores encontrados nas feiras e mercados. Assim, parece inevitável a criação de novas práticas ou modelos.

Fato é que a necessidade de nutrir as plantas para gerar a produção de alimentos não pode parar. Por isso, em face de todo esse cenário, devemos estar preparados para mudanças que possam acarretar até mesmo no reajuste de custos. Nesse sentido, as cadeias de suprimentos, estruturas de pesquisa e desenvolvimento e redes de produção poderão passar por adequações.

Diante da incerteza da guerra e de possíveis sanções, aliada a novas variantes do covid-19 que possam surgir, o mundo pode estar caminhando para um panorama de redução de safras, gerando menor disponibilidade de alimentos. Anteriormente à guerra entre Rússia e Ucrânia, esses países eram responsáveis por 28% das exportações mundiais de trigo. Rússia e Bielorrússia representavam 40% das exportações de potássio, fertilizante essencial para muitas culturas.

A insegurança alimentar torna-se a grande preocupação do momento, e o Brasil se torna a grande potência para abastecer muitos países. Assim, nosso país desponta como protagonista para fortalecer a segurança alimentar no planeta. Sem o Brasil, o mundo pode ter um futuro com mais pessoas famintas, mais pobreza e com maiores conflitos sociais, principalmente em países com fragilidade econômica.

É nesse contexto que a importância do abastecimento e dos preços dos fertilizantes está inserido. A necessidade desse insumo é de grande importância para a produção de alimentos, mas que os preços estejam em níveis acessíveis, para que a população de menor poder aquisitivo não sofra tantos impactos.

Sobre a NPV

A NPV - Nutrientes para a Vida - nasceu com objetivo de melhorar a percepção da população urbana em relação às funções e os benefícios dos fertilizantes para a saúde humana. Braço da fundação norte-americana NFL – Nutrients For Life - no Brasil, a NPV trabalha baseada em informações científicas. O uso de fertilizantes de forma responsável e correta é o caminho para oferecer à sociedade oportunidade para maior segurança alimentar e qualidade nutricional dos alimentos e, sobretudo, produzindo de forma sustentável e com total respeito ao ambiente. Nutrir o solo, através dos fertilizantes, é a forma mais sensata de produzir alimentos em quantidade e qualidade para as pessoas, além de valorizar a preservação de nossas florestas.

A missão da NPV é esclarecer e informar a sociedade brasileira, com base em estudos científicos, sobre a importância e os benefícios dos fertilizantes na produção e qualidade dos alimentos, bem como sobre sua utilização adequada.

A NPV tem sua sede no Brasil, é mantida pela ANDA (Associação Nacional para Difusão de Adubos) e operada pela Biomarketing. A iniciativa conta ainda com parceiros como: Esalq/USP, IAC, UFMT, UFLA e UFPR.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto