Logo
Imprimir esta página

Prática da dessecação em pré-colheita eleva participação de herbicidas no mercado de agroquímicos para a cultura

Categoria figura como a líder em comercialização ao superar adesão aos fungicidas; movimentação total subiu 19%, para US$ 268 milhões

Defensivos agrícolas empregados na cultura do trigo somaram vendas de US$ 268 milhões na safra 2021 do cereal, um crescimento de 19% frente ao ciclo anterior (US$ 224 milhões). Os dados são do levantamento BIP – Business Intelligence Panel, da consultoria Spark Inteligência Estratégica. Pela primeira vez na série histórica da empresa, os herbicidas foram os produtos mais demandados pelo produtor. Os insumos avançaram 37%, para US$ 104 milhões, contra US$ 76 milhões de 2020.

Segundo a especialista em pesquisas da Spark, Victória Barbalho, a escalada dos herbicidas se explica, sobretudo, pelo aumento na adoção do triticultor à dessecação na etapa pré-colheita. Esta prática pressupõe aplicações de produtos quando grãos de trigo atingem a chamada ‘maturação fisiológica’ (ponto de melhor qualidade). “A medida confere uniformidade à lavoura, mesmo quando o clima é desfavorável, facilita a colheita e reduz custos.”

Conforme a Spark, na safra 2021 a dessecação respondeu por US$ 28 milhões das vendas de herbicidas do cereal. Dados indicam ainda que a prática ocorreu em 1,4 milhão de hectares. “55% da área plantada contaram com pelo menos uma aplicação na dessecação. O indicador mais do que dobrou frente a 2017”, analisa Victória. Comparada ao ciclo 2020, quando os cultivos preencheram 2,2 milhões de hectares, a dessecação subiu 14%, segundo o BIP Spark Trigo.

“O BIP Spark Trigo 2021 revela forte tendência de a dessecação voltar a surpreender nas próximas safras. Triticultores veem vantagem na adesão a esse manejo, principalmente nas regiões onde o clima torna possível antecipar a colheita, para antecipar também o plantio da soja”, afirma Victória Barbalho.

Cenário e outros produtos

Para a Spark, o crescimento geral do mercado de agroquímicos do trigo na safra 2021 veio atrelado a dois fatores: aumento da área plantada, de 2,2 milhões de hectares para 2,5 milhões de hectares (+10%), e elevação dos custos de insumos. De acordo com a consultoria, a valorização do trigo no mercado internacional também impulsionou a cultura, frente ao clima desfavorável do Sul para o milho. “O cereal pode substituir o grão na fabricação de ração animal”, exemplifica Victória Barbalho.

Entre os demais agroquímicos, os fungicidas, segunda categoria em importância, equivaleram a 34% das vendas e cresceram 13%, para US$ 92 milhões, ante US$ 81 milhões de 2020. Os inseticidas, em terceiro, cravaram 10% do montante (US$ 27 milhões) e avançaram 11% (US$ 25 milhões). Produtos para tratamentos de sementes, com US$ 26 milhões transacionados, também ficaram na faixa de 10% em participação, seguidos de adjuvantes, 3% ou US$ 15 milhões e reguladores de crescimento: 1% ou US$ 4 milhões.

De acordo com a pesquisa da Spark, os estados do Paraná e do Rio Grande do Sul permanecem os maiores produtores de trigo do País: semearam 1,2 milhão de hectares ou 47% do cereal e 1,1 milhão de hectares ou 45%, respectivamente. SP, SC e MG, somados, totalizaram 8%.

Sobre a Spark Inteligência Estratégica

A credibilidade e os diferenciais competitivos conquistados pela Spark Inteligência Estratégica resultam de um intenso trabalho em nível de campo, realizado nas últimas seis safras, envolvendo milhares de produtores-chave dos principais cultivos do País. A Spark reúne hoje um amplo e diversificado acervo de informações quantitativas e qualitativas sobre os mercados de defensivos agrícolas e sementes. Em seis anos de atividades, a Spark concluiu mais de 160 estudos especiais e 300 cotas de estudos painel. Nesse período, os profissionais da empresa aplicaram mais de 130 mil entrevistas e percorreram em torno de 4,5 milhões de quilômetros no território nacional.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto