Logo
Imprimir esta página

Micoplasmose aviária – causas e consequências

Entenda por que o problema não pode ser negligenciado nas granjas

Um problema recorrente nos aviários e que vem crescendo de forma acelerada atualmente são as micoplasmoses. Descrita pela primeira vez pelo professor Sydney Dodd, do Royal Veterinary College, de Londres, em 1905, a doença foi denominada à época de pneumoenterite enzoótica, após diagnóstico em perus acometidos de problemas respiratórios.

Sinusite infecciosa dos perus, doença respiratória crônica (DRC) das galinhas e sinovite infecciosa são outras denominações conhecidas atualmente para caracterizar quadros infecciosos em aves acometidas por micoplasmas.

“Esses quadros infecciosos diagnosticados em galinhas e perus causam perdas econômicas importantes devido à queda na produção e na qualidade dos ovos, e, também pelo impacto na taxa de eclosão de ovos férteis, condenações ao abate e mortalidade na granja”, explica o médico-veterinário Antonio Neto, Assistente Técnico em Aves da Zoetis.

Dentre as 27 espécies de micoplasmas conhecidas até o momento com capacidade de infectar aves, as de maior importância para a avicultura industrial são Mycoplasma gallisepticum (MG), Mycoplasma synoviae (MS), Mycoplasma meleagridis (MM) e Mycoplasma iowae (MI). “O Mycoplasma gallisepticum e o Mycoplasma synoviae são os de maior relevância pelos significativos impactos econômicos”, diz Neto.

A transmissão da doença pode acontecer de forma horizontal e vertical. Aves saudáveis em contato direto com indivíduos doentes podem se contaminar por meio de secreções oronasais, ou até mesmo de pessoas e equipamentos carreando o microrganismo.

A transmissão vertical se dá pela contaminação do ovo no trato reprodutivo das aves e constitui o principal meio de disseminação para o MG. “Geralmente, observa-se que pintinhos infectados verticalmente pelo ovo desenvolvem infecção em torno de 6 a 10 dias de idade. Já pela transmissão horizontal percebe-se que são necessários de 15 a 21 dias para a observação dos primeiros sintomas”, informa o especialista.

De caráter crônico, as micoplasmoses normalmente acometem trato respiratório, articular, reprodutivo e uro-genitário das aves. As principais lesões observadas quando há infecções secundárias ao micoplasma são aerossaculite, pericardite, perihepatite e salpingite. “Todos esses quadros aumentam as condenações ao abate”, alerta o médico-veterinário.

Tratamento

À base de antibiótico, o tratamento não é suficiente para eliminar a infecção e erradicar o problema nas granjas.

Independentemente da droga escolhida, o tratamento deve estar sempre associado a uma série de medidas para controle do problema como monitoramento dos lotes, programa de vacinação assertivo, normas de biosseguridade, eliminação de aves portadoras e aquisição de aves livres da bactéria. “Esse controle integrado da doença diminui os sintomas clínicos nas aves e a transmissão vertical. Esse é um problema que não pode ser negligenciado nos planteis porque a resposta vacinal contra outros agentes é prejudicada em aves infectadas pelo micoplasma”, pontua Neto.

Vacina

Para a prevenção da micoplasmose aviária, a Zoetis conta em seu portfólio com a MG-BAC, única vacina inativada contra Mycoplasma gallisepticum do mercado.

Emulsionada em adjuvante oleoso, contendo a cepa R-980, esta vacina tem como indicações o uso em galinhas e perus a partir das 10 semanas de idade. “Esse diferencial competitivo possibilita um melhor desempenho zootécnico das aves, evidenciado sobretudo no aumento do número de ovos por ave alojada”, finaliza o especialista.

Sobre a Zoetis

Como empresa líder mundial em saúde animal, a Zoetis é movida por um propósito singular: fortalecer o mundo e a humanidade por meio da promoção do cuidado com os animais. Depois de quase 70 anos trazendo inovações na maneira de prever, prevenir, detectar e tratar doenças em animais, a Zoetis continua a apoiar aqueles que criam e cuidam de animais em todo o mundo – de pecuaristas a veterinários e tutores de animais de estimação. Todo o seu portfólio de medicamentos, vacinas, diagnósticos e tecnologias terapêuticas, e aproximadamente 11.300 funcionários fazem a diferença em mais de 100 países.

Em 2020, a Zoetis obteve um faturamento de US$ 6,7 bilhões.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto