Logo
Imprimir esta página

Como proteger sua granja da pneumovirose aviária

Cada vez mais frequente, a doença deve ser prevenida com ações que envolvem imunização e manejo dos galpões

Não só os humanos sofrem com problemas respiratórios na época mais fria do ano. Nas aves, essa também é uma realidade.

Pelo conforto térmico dos animais, há a tendência em manter aviários mais fechados no inverno. No entanto isso diminui a renovação de ar e também prejudica a remoção de amônia, pó e de partículas em suspensão no interior dos galpões. Esses fatores, que pioram a qualidade do ar, podem predispor as aves à ação de agentes infecciosos, dentre eles o metaPneumovírus aviário (mPVA), causador da pneumovirose aviária (PVA).

Relatada em todo o mundo e conhecida por sua grande importância devido aos prejuízos que causa às criações avícolas, a PVA está também associada aos casos de síndrome da cabeça inchada (SCI) em galinhas e perus.

Aqui no Brasil, a PVA é uma enfermidade de ocorrência relativamente recente. “Até bem pouco tempo a pneumovirose não era considerada um risco, mas a doença vem adquirindo importância crescente na indústria avícola nacional pelos prejuízos que causa em frangos de corte, poedeiras comerciais e reprodutoras pesadas”, conta o médico-veterinário Eduardo Muniz, Gerente Técnico em Aves da Zoetis.

Diagnóstico

Além da cabeça inchada (SCI), outro sinal clínico a que o produtor deve ficar atento é o que popularmente chamamos de “ronqueira”, um ruído verificado pela ausculta do estertor pulmonar e dos sacos aéreos das aves. “Geralmente, é um sintoma identificado durante a inspeção dos lotes pelo produtor. À noite, é mais fácil escutá-lo, quando todas as luzes estão apagadas e os equipamentos de ventilação estão desligados”, explica Muniz.

O especialista ressalta, contudo, que, para um correto diagnóstico do agente causador da doença respiratória em aves é imprescindível a realização de exames laboratoriais. “Somente com os testes podemos direcionar as ações mais eficazes a cada problema e fazer o diagnóstico diferencial. O que temos percebido é que o mPVA é um agente relativamente comum e, em algumas regiões do País, é subestimado”, observa o especialista.

Prevenção

Além da questão da qualidade do ar, com a adequada ventilação dos galpões, uma ferramenta bastante efetiva no controle dessa doença é a vacina. “Hoje, praticamente todas as matrizes (aves reprodutoras) são vacinadas. Há regiões em que a imunização em frangos de corte, mediante o diagnóstico, também tem sido feita, e com bons resultados”, relata Muniz.

A solução da Zoetis é a vacina Poulvac TRT. Apresentada na forma liofilizada, é produzida a partir de amostras selecionadas do vírus vivo atenuado.

Deve ser administrada por spray ou por via óculo-nasal a perus e pintos, a partir do 1° dia de vida ou de acordo com a prescrição do médico-veterinário responsável.

Para mais informações a respeito da pneumovirose aviária, acesse https://www.zoetis.com.br/paineldaavicultura/.

Sobre a Zoetis

Zoetis é uma companhia global líder em saúde animal, dedicada aos clientes e seus respectivos negócios. Com um legado de mais de 60 anos de história, a Zoetis descobre, desenvolve, fabrica e comercializa vacinas e medicamentos

veterinários, complementados por linhas de produtos para diagnósticos, testes genéticos e diversos serviços. A Zoetis trabalha continuamente com veterinários, produtores e pessoas que criam e cuidam de animais de produção e de companhia em mais de 100 países, com mais de 10 mil funcionários. Em 2019, obteve faturamento de US$ 6,3 bilhões.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2020 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto