Logo
Imprimir esta página

Medidas de biosseguridade contribuem para redução do uso de antibióticos em aves de corte no Reino Unido

Medidas de biosseguridade contribuem para redução do uso de antibióticos em aves de corte no Reino Unido

Convidado pela Biomin, o médico veterinário Daniel Parker destaca que a iniciativa objetiva frear o avanço da resistência microbiana

A série “Antibiotic Reduction”, da Biomin, continua proporcionando conhecimento e avaliação de especialistas sobre o uso de antibióticos na produção animal. Para falar sobre a situação do Reino Unido e explicar a abordagem usada para reduzir o uso de antimicrobianos na avicultura, a empresa convidou Daniel Parker, médico veterinário do Slate Hall Veterinary Practice. Em sua apresentação, o especialista inglês compartilhou sua visão sobre os sucessos recentes da substituição de antibióticos por soluções naturais e apresentou conceitos práticos usados na indústria avícola, responsáveis pela redução de 80% do uso total de antimicrobianos, comparando o período entre de 2012 a 2018, no Reino Unido.

“Durante esses seis anos, a indústria avícola conseguiu reduzir em 80% o uso de antibióticos críticos e importantes. Em 2017, usamos 7,1% do total de antibióticos licenciados para produção animal; em 2012 essa parcela representava 21%”, aponta Daniel Parker.

Para o especialista, entre os desafios para a redução do uso de antimicrobianos está o investimento em infraestrutura. A aplicação correta dos protocolos de biosseguridade, o monitoramento da umidade, a temperatura e a qualidade da cama resultam em um ambiente menos propício ao aparecimento de doenças.

Muitos patógenos infectam os animais através do trato gastrointestinal. Então, a saúde e boa integridade dos intestinos é uma “barreira de proteção”, disse Parker. “As células epiteliais ficam juntas, impedindo a translocação destes microrganismos nocivos do intestino para a corrente sanguínea. Foi comentado que o estresse térmico por calor e a presença de micotoxinas podem levar a alterações no epitélio intestinal. O aumento do calor e micotoxinas como as Fumonisinas podem separar as células do tecido intestinal, deixando o caminho livre para a infecção”, alerta o médico veterinário. Para ele, a chave está em melhorar a saúde intestinal das aves com a aplicação de soluções naturais na nutrição, como probióticos, prebióticos, óleos essenciais e ácidos orgânicos.

“O esforço para promover a correta administração das soluções naturais em substituição aos antibióticos vai além do objetivo intermediário de reduzir o uso de antimicrobianos. É sobre a necessidade de ter medicamentos disponíveis que garantam saúde e bem-estar para humanos e animais. Acima de tudo, os esforços visam reduzir a ocorrência de resistência microbiana, que ameaça o arsenal limitado de antibióticos que temos disponíveis para tratar doenças”, analisa o especialista inglês.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2020 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto