AgBiTech e mato-grossense Dipagro selam parceria comercial para levar baculovírus ao manejo de lagartas do produtor

Empresa australo-americana, maior produtora mundial de baculovírus, fortalece distribuição para chegar a dois milhões de hectares tratados com lagarticidas; biológicos movimentaram US$ 100 milhões na soja em 2018, aponta estudo

Com quatro unidades no Estado de Mato Grosso, a distribuidora de insumos Dipagro é a mais nova parceira de negócios da empresa australo-americana AgBiTech. Especialista no controle de lagartas e maior produtora do mundo de defensivos agrícolas à base de baculovírus, a AgBiTech terá seu portfólio distribuído pela Dipagro nas regiões de Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, São José do Rio Claro e Sinop.

De acordo com a AgBiTech, a Dipagro será um parceiro importante para recomendar a produtores de áreas estratégicas do Mato Grosso a utilização dos baculovírus, ou defensivos biológicos, nos programas de manejo de lagartas de alta complexidade, como as Spodopteras no algodão e Helicoverpa e Chrysodeixis na soja, entre outras.

“Baculovírus levam eficiência e sustentabilidade às lavouras e reduzem a propagação de lagartas. Entramos na parceria em busca de um modelo de agricultura que beneficie mais o meio ambiente e em face da sólida estrutura a campo da AgBiTech”, resume Francisco Corrêa Neto, engenheiro agrônomo e Diretor da Dipagro. Segundo ele, a Dipagro conta com 15 anos de atividades, registra crescimento contínuo e investe permanentemente em inovação e expansão.

“O modelo de negócio da AgBiTech se encaixa na missão, visão e nos valores da Dipagro, uma empresa comprometida com políticas comerciais ancoradas em seriedade, sustentabilidade e ética”, continua Corrêa.

Dois anos depois de chegar ao Brasil, a AgBiTech acelera no fortalecimento da distribuição. O acordo com a Dipagro é o quarto do gênero celebrado em dois meses, segundo informa o diretor comercial da empresa, engenheiro agrônomo Marcelo Giuliano. Conforme o executivo, a ampliação da rede é uma estratégia central para a AgBiTech atingir a meta de 2 milhões de hectares tratados com seu portfólio na safra 2019-20. Na safra anterior, baculovírus como Cartugen® e Chrysogen® trataram área equivalente a 500 mil hectares de algodão e soja.

Para Giuliano, o acordo celebrado com a Dipagro permitirá às duas empresas expandir a adesão aos baculovírus no Mato Grosso, e com isso reduzir a presença de lagartas-problema, como as Spodopteras, nessa fronteira agrícola. “Baculovírus estão entre as melhores ferramentas para o produtor fazer com sucesso o manejo de resistência de lagartas às moléculas químicas hoje comercializadas no País”, complementa Giuliano.

Uma pesquisa recente da consultoria Spark Inteligência Estratégica aponta que somente na sojicultura os produtos biológicos movimentaram US$ 100 milhões na safra 2018-19, com alta de 45%. Já a área tratada com insumos do gênero na soja subiu para 7,8 milhões de hectares, uma elevação de 152% ante o ciclo anterior, segundo a Spark.

A AgBiTech nasceu na Austrália, no ano 2000. A companhia atuou exclusivamente naquele país até atrair investimentos do fundo americano de Private Equity Paine Schwartz Partners (PAS), em 2015, quando transferiu sua sede para os Estados Unidos e lá ergueu a principal unidade produtiva de baculovírus do mundo. O PAS conta hoje com quase US$ 2 bilhões aplicados em 42 empreendimentos, a maior parte destes ligada ao agronegócio global.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo