Brasil,

A segurança e a saúde do trabalhador no âmbito da promoção da sustentabilidade da cultura do tabaco no Brasil

Por Luiz Carlos Castanheira, engenheiro agrônomo, engenheiro de segurança do trabalho e membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS)

A OMS – Organização Mundial de Saúde define saúde como: “estado de completo bem estar físico, mental e social”.

Dentro dessa linha de raciocínio, as empresas brasileiras produtoras de tabaco têm como um de seus principais objetivos desenvolver uma série de atividades no sentido de promover a sustentabilidade da cultura do tabaco no Brasil, tais como o uso de produtos fitossanitários registrados e aprovados, proibição do trabalho de menores de idade, uso de lenha de origem legal, recolhimento de embalagens vazias de produtos químicos, e a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos com a atividade.

Com respeito ao aspecto – Segurança e Saúde dos Trabalhadores – tivemos a oportunidade de realizar um amplo estudo com a preocupação de rever todas as práticas que envolvem a atividade de produção e colheita do tabaco, visando proporcionar aos agricultores condições de realizar um trabalho mais seguro, sadio e eficiente.

Desse modo, durante um ano inteiro foram estudadas as rotinas de trabalho dos agricultores, ocasião em que foram efetuadas visitas às propriedades rurais, e acompanhou o trabalho em si para se conhecer as possíveis situações de risco; foram realizadas entrevistas com os trabalhadores, para saber de suas reivindicações, que foram registradas e levadas em consideração; reuniões com empresas fabricantes de equipamentos de proteção individual, tendo sido realizados testes com tecidos, luvas, respiradores, alterações na modelagem das roupas, etc.

A partir desse amplo estudo, foi possível aperfeiçoar e desenvolver vestimentas de proteção para a aplicação dos produtos fitossanitários (kits de EPIs), de maneira que esses equipamentos pudessem assegurar melhor eficiência nos aspectos de proteção a agentes químicos (defensivos agrícolas) e também proteção aos agentes físicos (principalmente temperatura). Foram também levados em consideração a durabilidade dos EPIs, o custo acessível e conforto para o trabalhador, sempre com a preocupação de atender a legislação vigente, em particular a NR 31 (Norma Regulamentadora nº 31, estabelecida pela Portaria nº 86, de 03/03/2005).

Ainda dentro desse estudo, a operação de colheita do tabaco foi acompanhada em diversas regiões produtoras para a realização do estudo. Foi proposto soluções para evitar a exposição do trabalhador aos alcalóides e a temperaturas elevadas. Foram desenvolvidas vestimentas de colheita e estabelecidas rotinas de trabalho que incluíam horários de colheita mais seguros, informações aos trabalhadores a respeito do problema, e a maneira correta de utilizar as vestimentas de proteção.

Assim, pode-se dizer que os trabalhadores envolvidos com a produção e colheita de tabaco possuem, nos dias atuais, equipamentos de proteção para aplicação de agrotóxicos e para a colheita desenvolvidos especificamente para atender às necessidades e às características da cultura.

Isso vem demonstrar a preocupação e a seriedade com que as empresas fumageiras encaram o problema e assegura aos agricultores produtores de tabaco a certeza de que, desde que usadas corretamente às vestimentas de proteção, terão a sua saúde e bem estar garantidos.

Sobre o CCAS

O Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo