Mondelēz Brasil divulga relatório do ‘Renova Cacau’ e anuncia continuidade do projeto

Iniciativa, apoiada pelo programa Cocoa Life, atua no desenvolvimento socioeconômico em 32 comunidades agrícolas na Bahia

No ano em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta para a recuperação da Bahia como o principal estado brasileiro produtor de cacau, com 122,5 mil toneladas em 2018, a Mondelēz Brasil divulga os resultados atualizados do projeto Renova Cacau, que atua no estado por meio do programa global de sustentabilidade do cacau, o Cocoa Life. No Brasil desde 2014, a iniciativa já investiu cerca de R$ 2,4 milhões e tem como objetivo contribuir para a retomada do estado como um dos principais centros produtores do cacau no mundo.

O projeto fornece pesquisa sobre as mais recentes técnicas de renovação da lavoura cacaueira e boas práticas agrícolas para aperfeiçoar a produtividade e a qualidade do cacau produzido, além de reduzir o impacto ambiental e futuramente capacitar produtores. Por meio de uma parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), 32 áreas de cultivo do fruto na região já estão sendo remodeladas a partir de um projeto inédito de pesquisa e extensão rural. Além desse, outros projetos inovadores que utilizam técnicas aprimoradas de cultivo em prol da melhoria das práticas agrícolas e do rendimento da mão de obra no campo estão em andamento.

Cada uma dessas áreas integrantes do projeto conta com 300 plantas e nelas três métodos de renovação de cacaueiros velhos e decadentes estão sendo testados. Até o momento, já foi identificado que boa parte dos pés estão em bom estado vegetativo e com altos níveis de produção. Com a renovação do projeto, a estimativa é de que cerca de três mil famílias de produtores de cacau devem ser impactadas nos próximos três anos.

Cocoa Life Brasil

Em 2018, o Cocoa Life anunciou sua expansão no país. O programa global foi criado para garantir a sustentabilidade de ponta a ponta da cadeia de produção do cacau utilizado nos chocolates de todas as marcas da companhia. O último Relatório Anual de Impacto, que acaba de ser divulgado pela companhia, revela que 43% do cacau utilizado no ano passado foram provenientes de fontes sustentáveis, apontando fortes avanços da empresa rumo ao objetivo de obter 100% da matéria-prima proveniente do Cocoa Life até 2025.

Além da Bahia, outro estado brasileiro que faz parte do Cocoa Life é o Pará, por meio do projeto “Cacau Floresta”, realizado em parceria com a The Nature Conservacy (TNC), que receberá um aporte de cerca a R$ 2 milhões até 2022 para capacitação dos produtores e criação de comunidades de cacau prósperas e independentes. “Nosso objetivo é incentivar a agricultura familiar, gerar benefícios sociais e econômicos, melhorar a qualidade do cacau e engajar agricultores com práticas sustentáveis, de zero desmatamento. Nos dá muita satisfação saber que estamos no caminho certo e impactando positivamente centenas de famílias. Não desviaremos nossa atenção até atingirmos todas as metas estabelecidas para 2022”, avalia Jens Hammer, líder do Cocoa Life no Brasil.

Metas Cocoa Life Brasil para 2022:

Para 2022, a Mondelēz Brasil elencou algumas metas para acelerar a inclusão de escolhas sustentáveis em toda a cadeia de produção de seus snacks. Abaixo, seguem os desafios específicos para o Brasil:

• Impactar positivamente ao menos 1.500 agricultores e familiares;

• Implementar seis unidades de demonstração para compartilhar boas práticas agrícolas, bem como promover o manejo ecológico do solo e boas práticas pós-colheita;

• Transformar 1.000 hectares de áreas de pastagem em agrofloresta de cacau;

• Reestruturar 750 hectares de fazendas de cacau existentes com novo manejo agroecológico do solo;

• Restaurar 500 hectares de mata ciliar e proteger bacias hidrográficas.

“Nós acreditamos que os consumidores não devem ter que escolher ou se preocupar se o snack que estão consumindo terá impacto no mundo ou em suas comunidades”, avaliou Dirk Van de Put, presidente e CEO da Mondelēz International, durante a apresentação do Relatório Anual de Impacto 2018. “Estamos atuando de forma significativa para produzir snacks sustentáveis e conscientes para nossos consumidores, criando um futuro próspero para as pessoas e para o planeta”, concluiu.

Sobre a Mondelēz International no Brasil

A Mondelēz International, Inc. (NASDAQ: MDLZ) “empower people to snack right”, ou seja, empodera os consumidores a escolher snacks do jeito certo, em aproximadamente 150 países ao redor do mundo. Com receita líquida de cerca de US$ 26 bilhões em 2018, a empresa está liderando o futuro de snacks com marcas globais e locais icônicas, como Oreo, belVita, Cadbury Dairy Milk, Milka e Toblerone; Sour Patch Kids. No Brasil, a empresa tem em seu portfólio marcas amadas, como Trident, Chiclets e Halls, os chocolates Lacta, Bis e Sonho de Valsa, os biscoitos Club Social, Oreo e Trakinas, os refrescos em pó Tang, Clight e Fresh, as sobremesas e o fermento em pó Royal e o cream cheese Philadelphia. A Mondelēz International se orgulha de ser membro da Standard and Poor’s 500, da Nasdaq 100 e do Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Visite www.mondelezinternational.com/br e siga nosso perfil no Twitter www.twitter.com/MDLZ.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo