Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Estados querem penalizar quem produz e gera receita, diz presidente da Ocesp sobre taxações ao agronegócio

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Jornalistas: Marco Berringer,
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Agro
  • Imprimir

A movimentação de alguns Estados em taxar tanto a produção quanto as exportações do agronegócio coloca em risco, principalmente, a sobrevivência dos pequenos agricultores. “Os governos parecem não enxergar que eles serão os mais afetados por essa medida, que pode inviabilizar o pequeno negócio, torná-lo insustentável”, defende Edivaldo Del Grande, presidente da Ocesp - Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo.

Para o presidente, a elevação de tributos diminuirá a rentabilidade dos pequenos produtores, tirará a capacidade de investimento no negócio e acabará com o seu poder de competitividade. “Os Estados deveriam ter outra visão do setor, e não querer penalizar quem está produzindo e gerando receita. Isso é preocupante não só para o produtor rural, mas também para toda a população, que vai acabar arcando com aumento dos preços de alimentos”, reclama Del Grande, para quem os governos sempre estão atrás de novas arrecadações, mas nunca dispostos a diminuir as despesas públicas.

A cobiça dos governos sobre o agronegócio se dá pelo tanto que o setor movimenta, responsável por boa parte do crescimento do país. Nos últimos 12 meses, até janeiro de 2019, as exportações somaram US$ 102,1 bilhões. Isso corresponde a 42,3% de tudo que o Brasil exportou no período. Em 2018, de acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, os números registrados pelo setor equivalem a aproximadamente 23% do PIB.

Porém, o presidente da Ocesp alerta que, embora o setor movimente muito, as margens são muito pequenas para os produtores. “É preciso avaliar essa decisão com cautela, analisar os seus impactos a médio e longo prazo. Não deveriam mexer no que está dando certo, mas se preocupar com o que está errado, o que deve ser melhorado. Ao desestimular o agronegócio, darão um tiro no pé”, diz Del Grande

Na sua visão, o país deveria incentivar ainda mais as exportações agrícolas. “Hoje, com política de isenção para exportações do complexo agro, conseguimos acessar os mercados internacionais, cujas agriculturas são altamente subsidiadas. Nossas exportações geram divisas que aquecem a economia interna e resultam em mais empregos e mais arrecadação para os governos”, explica Del Grande.

O presidente da Ocesp acredita que, com o aumento dos tributos para o agronegócio, uma das consequências seria a forte migração de pessoas do campo para as cidades. “Os pequenos produtores procurariam socorro nas grandes metrópoles, gerando ainda mais problemas sociais e econômicos".


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo