Brasil, 18 de Janeiro de 2020

TOKIO MARINE SEGURADORA

Conheça quais serão as Ameaças online mais comuns em 2020 (Destaque)

pixaby pixaby

Numa altura em que cada vez mais pessoas no mundo têm acesso ilimitado online, tendo, por consequência, uma presença online forte, torna-se crucial entender quais são e serão as principais ameaças cibernéticas que irão permanecer para o ano de 2020.

Caso tenha acesso diário ao seu e-mail, use regularmente redes sociais ou consulte notícias no seu telemóvel, a sua “pegada digital” estará bem evidente e visível para potenciais ameaças, cibercrimes, sistemas de phishing, extorsão, entre muitas outras ameaças, que aumentam à medida que nos expomos a nossa vida pessoal e os nossos dados online.

A tendência das ameaças online e cibercrimes vai aumentar

Segundo relatórios e estudos recentes, realizados por uma das principais empresas de segurança online McAfee, a complexidade e as tentativas de cibercrime, mesmo com as pessoas a estarem cada vez mais instruídas, vão aumentar em 2020, sendo necessário obter a informação que previna tais potenciais ameaças online.

É de aguardar, segundo esse mesmo relatório, que cibercrimes a envolverem extorsões, sistemas de malware, phishing, roubo de identidade e de documentos pessoais, bem como de vishing, roubo de criptomoedas, como a Bitcoin, entre muitos outros, continuem a aumentar no próximo ano. Uma boa alternativa para estar mais seguro online é de utilizar uma VPN, como é o caso do VPNpro.

Entenda melhor quais são as principais ameaças cibernéticas em 2020?

Mais do que estar preocupado em poder ser vítima de um ataque ou ameaça cibernética, é crucial entender quais são os potenciais perigos, obtendo assim uma navegação e utilização da sua web o mais segura e tranquila possíveis. Fique a conhecer quais são as principais ameaças que poderá encontrar durante a sua navegação online:

  • Risco de Extorsão

Infelizmente, nunca foi tão fácil uma pessoa ser vítima de extorsão online como neste momento. Tal como refere o relatório da empresa McAfee existe uma enorme demanda na penetração de cibercrimonosos em redes corporativas, com o objetivo principal de extorquir todas as pessoas envolvidas, em troca de devolveram os seus arquivos e a sua informação.

Dessa forma, torna-se crucial que os sistemas de comunicação e de partilha usados pelas empresas, como acontece nas nuvens (Clouts), estejam protegidas destes ataques que normalmente surgem através de um ataque chamado de “ransomware”.

  • Phishing

Sem dúvida alguma que este continua a ser um dos maiores riscos para as pessoas comuns, aquando a sua utilização e navegação online. Resumidamente, o sistema de phising é normalmente conduzido por mensagens de spam ou de estratégias de e-mail marketing que fazem com que o utilizador, quer esteja no seu e-mail ou nas redes sociais, carregue num link malicioso.

Geralmente, neste sistema de Phishing o principalmente risco é que esses cibercriminosos possam ter acesso aos seus documentos e dados pessoais, tirando partido disso para conseguir roubar a sua identidade ou até mesmo ter acesso às suas contas bancárias ou aos seus cartões de crédito.

  • Vishing

Esta é a versão mais recente e muito mais perigosa do sistema de Phishing. Isto porque, ao invés das mensagens irem para o Spam, você pode estar a receber correio de voz com o intuito de poder cair na tentação de fornecer alguns dados pessoais ou bancários para que possa ser roubado.

A estratégia é mais perigosa pois, como se trata de um correio de voz, as pessoas pensam automaticamente que essa mensagem é muito mais credível. Geralmente, nesses sistemas de vishing esses cibercriminosos fazem-se passar por empresas conceituadas do mercado nacional ou internacional, depois de terem acesso à informação que você é um cliente verdadeiro dessa empresa.

  • Ataques Ransonware para o roubo de passwords

Muitas vezes é nos aconselhado a utilizar passwords complexas e que fujam às já tradicionais, como é o caso da “12345”. No entanto, estes ataques “paralisantes” ransomware estão a conseguir aproveitar-se de brechas em sistemas operativos, como é o caso do Windows, e até a cadeias de suprimentos, para que tenham acesso às suas senhas ou passwords dos serviços onde tem mensalidades.

De facto, com o aumento das subscrições em serviços de streaming, como é o caso da Netflix, Amazon Prime, HBO, entre muitos outros, a sua conta passa a ser valiosa para os cibercrimosos. A partir do momento que tem acesso à sua conta da Netflix, por exemplo, vão conseguir vendê-la no mercado negro.

O que fazer para evitar sermos vítimas de ataques cibernéticos em 2020?

Primeiramente, a melhor medida que poderá tomar é de se informar ao máximo quais são as principais ameaças à sua segurança online. Infelizmente, existem sistemas cada vez mais complexos para conseguir enganar as pessoas e roubar-lhes o que tem de mais valioso, a começar pela sua identidade.

No entanto, para as pessoas que usem home banking regularmente ou tenham informações, como o pagamento da luz ou da água no seu e-mail, o ideal é que sempre que tiver alguma dúvida, em relação a um e-mail ou até correio de voz, tente-se informar se de facto a informação presente é fidedigna.

Atualmente, existem muitas pessoas que rapidamente expõe as suas situações online, para que mais ninguém seja vítima de um ataque cibernético. O segredo é manter-se sempre informado e alerta.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS