Brasil, 6 de Dezembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

FAE Business School promove curso sobre proteção de dados

Privacidade, segurança da informação, políticas corporativas para o tratamento dos dados pessoais e as legislações brasileira e europeia estão entre os assuntos que serão trabalhados no conteúdo

A FAE Business School promove, no dia 25 de julho, um curso executivo de curta duração sobre Proteção de Dados e Privacidade. O objetivo é disseminar o conhecimento sobre as demandas envolvendo a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entra em vigor no Brasil dentro de pouco mais de um ano (agosto de 2020), e as estratégias corporativas para proteger os dados sensíveis e confidenciais.

O curso será ministrado pelo professor Mario Toews, instrutor de cursos na área de Segurança da Informação e profissional com mais de 25 anos de experiência como gestor de TI de grandes empresas, nacionais e multinacionais.

Toews destaca a necessidade de o profissional de TI buscar aprimoramento constante nessa área, que se tornou prioritária e estratégica em qualquer empresa e segmento. O professor lembra que o Brasil ocupa os primeiros lugares nos mais variados rankings de cibercrimes. “O objetivo principal desses ataques hackers é um só: informação, seja ela de cidadãos comuns, entidades, governos ou grandes corporações”, afirma.

Pesquisas

O Relatório de Ameaças à Segurança na Internet (ISTR, na sigla em inglês), divulgado no final do ano passado, mostrou que o Brasil está entre os sete países que mais geraram ciberataques no mundo em 2018.

Além de produzir ataques, Toews salienta que o país também lidera o número de invasões. Segundo pesquisa da empresa de segurança da informação Symantec, o Brasil é o terceiro país que mais recebe ataques cibernéticos em dispositivos conectados à internet.

“Com a LGPD, o impacto financeiro às empresas que não estiverem estruturadas e investindo nessa área pode colocar em risco a vida da corporação no mercado. Isso porque as multas podem chegar a R$ 50 milhões por infração”, pontua o professor

GDPR E LGPD

Na Europa, onde o Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR) está em vigor há mais de um ano, diversas empresas já foram obrigadas a desembolsar cifras significativas. A Google, por exemplo, recebeu uma multa de 50 milhões de euros (cerca de US$ 56,8 milhões) por violar dados pessoais em seu sistema de publicidade.

“A GDPR e os diversos episódios de vazamentos de dados em todo o mundo trouxeram à pauta a importância e a necessidade de efetivar os serviços e programas de privacidade e proteção de dados para evitar prejuízos milionários”, comenta.

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), legislação brasileira que regulamenta a coleta e o tratamento de dados pessoais, entra em vigor em agosto de 2020. “É uma legislação que impactará todos os tipos e portes de empresas estabelecidos no país, instituições, organizações não governamentais, órgãos públicos e privados.

Curso executivo de curta duração FAE

Como instituição de ensino superior e especialista em business, a FAE sempre teve ciência da importância e da necessidade da capacitação contínua e para a vida toda ou, acompanhando os termos da era 4.0, da lifelong learning. A educação é viva e dinâmica, assim como os negócios, por isso, é muito importante manter-se atualizado e, mais do que isso, permanecer atento às mudanças e às evoluções que envolvem esse mundo.

Pensando nisso e nos desafios que o cenário proporciona, a FAE segue inovando constantemente a fim de acompanhar a velocidade das transformações e atender também às prioridades de aquisição de informação, conhecimento e troca, das pessoas, dos negócios e do mercado. Sendo assim, a FAE Business School, focada em pós-graduação e educação executiva, oferece cursos de curta duração. Porque, hoje em dia, é necessário aplicar novos conhecimentos em um tempo cada vez mais reduzido para as tomadas de decisão.

“Quanto mais degraus subimos na nossa carreira, mais curto fica nosso tempo. Quando chegamos às posições de gestão, precisamos desenvolver habilidades, em nós mesmos e na equipe de líderes, e precisamos conhecer o mundo que nos cerca, que hoje é volátil, complexo, incerto e ambíguo. É muito trabalho, pouco tempo e muitas lacunas a serem preenchidas. O ideal seria uma imersão, algo que nos levasse ao ponto que precisamos e nos passasse tudo o que queremos e temos de fazer. É assim o ‘curso executivo de curta duração’ da FAE. Cursos rápidos, um expert de mercado, situações reais e pares com as mesmas dores a serem remediadas”, explica Patricia Piana Presas, coordenadora e idealizadora do novo produto da Instituição.

Os cursos de curta duração são dedicados exclusivamente ao tema, de maneira clara, prática e direta, sem divagações. O formato foi desenvolvido para que seja 100% aproveitado. “No dia seguinte, o executivo começa a aplicar os conhecimentos adquiridos”, explica Patricia. A coordenadora ainda complementa: “Sempre há espaço para poucas horas de dedicação ao aprendizado de qualidade e focado na resolução do problema. Nesses cursos rápidos, sanamos diversas lacunas e aos poucos os executivos estarão plenamente atualizados”, completa.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS