Brasil, 22 de Novembro de 2018

+ F O N T E -

Com tecnologia e estratégia, empresa paranaense se torna uma gigante do parque exibidor em apenas 15 anos

Expansão da Rede Cinesystem Cinemas só foi possível ao observar com atenção as cidades que não eram alvo das grandes empresas nacionais

Com 160 salas de cinema distribuídas em 26 complexos espalhados por 10 estados do Brasil, a Rede Cinesystem Cinemas é a quinta maior exibidora do País em número de salas, conta com multiplex nas cidades brasileiras de maior importância econômica e hoje é considerada uma das mais importantes empresas nacionais do setor. Mas, o caminho para chegar a este patamar demandou muito estudo de mercado e vontade de inovar. Só com a soma desses fatores a empresa paranaense, fundada pelo empresário Marcos Barros, foi capaz de galgar espaço no parque exibidor.

A estratégia inicial de crescimento da Cinesystem, que nasceu em Maringá e se tornou de fato uma Rede em 2003, seguiu a filosofia de levar complexos inovadores, com alta tecnologia e conforto ímpar para cidades em que muitas vezes o público não contava com nenhuma sala de exibição. "Hoje batemos de frente com as grandes exibidoras e sabemos que somos pioneiros em diversos aspectos, seja com nosso modelo de autoatendimento ou mesmo por termos inaugurado o primeiro complexo com 100% de projeção digital do País e, posteriormente, o primeiro 100% a laser da América Latina. Mas, nosso início foi percorrendo o Brasil com o objetivo de levar telas para todas as regiões, inclusive para cidades que antes nem sonhavam em ter uma sala de exibição e que não eram alvo de investimento das demais empresas", explica Barros.

A tática empregada pela exibidora vai ao encontro do estudo publicado esta semana no Anuário Estatístico do Cinema Brasileiro, elaborado pela Coordenação do Observatório do Cinema e do Audiovisual (COB) da Superintendência de Análise de Mercado (SAM). A publicação, da Agência Nacional do Cinema (ANCINE), mostrou que 2017 seguiu a tendência de aumento do número de salas nos municípios com mais de 100 mil habitantes. O destaque do ano foi o aumento da quantidade em cidades entre 20 mil e 100 mil, fato que não ocorria desde 2014. Ao término de 2017, 55,9% da população brasileira residia em municípios com salas de exibição. Entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, 78,1% contavam com salas. Com esses dados é possível concluir que, hoje, mais empresas seguem o método que foi bem sucedido com a Cinesystem e buscam cidades menores como alternativa de crescimento.

Outro ponto destacado pelo anuário foi a presença de apenas um município com mais de 500 mil habitantes na lista dos que não contavam com complexos de exibição. Ananindeua, no Pará, que até 2017 era considerada a maior cidade do Brasil sem cinema, hoje conta com um complexo grandioso da Rede Cinesystem. "O multiplex é o maior e mais moderno do Estado. Levamos para a região metropolitana do Pará um empreendimento com 10 salas e o exclusivo sistema de autoatendimento. Na Cinépic o sistema de som Dolby Atmos® proporciona a sensação de estar dentro do filme, e tela gigante de 145m² tem o dobro do tamanho das convencionais", conta Barros.

Chegar a Ananindeua com um complexo tão tecnológico só foi possível graças à característica vanguardista da Rede. Em 2011 a Cinesystem lançou o primeiro multiplex totalmente digital do Brasil. No ano seguinte, trouxe com ineditismo para o mercado exibidor nacional o conceito de autoatendimento e vem implantando este modelo em todas as novas unidades desde então.

Mais autonomia

A proposta da Rede é acabar com as filas e facilitar a vida do cliente, como destaca Barros: "Com o autoatendimento garantimos ainda mais liberdade, flexibilidade e independência. O consumidor escolhe os produtos no seu próprio tempo, de forma mais ágil e intuitiva".

A Cinesystem aplica o modelo tanto para a bilheteria quanto bomboniere. Na bilheteria, ele é realizado por meio de monitores touchscreen, para que o cliente possa realizar as compras sozinho: o consumidor visualiza a programação, escolhe o filme, o horário da sessão, marca as poltronas de preferência, escolhe os produtos da bomboniere e realiza o pagamento via cartão de débito ou crédito. Os ingressos são impressos na hora e os produtos de bombo retirados na sequência, tudo sem precisar da ajuda dos colaboradores do cinema.

Outra opção é utilizar apenas o autoatendimento de bombonieres da Cinesystem. Ele permite que o cliente se sirva sozinho do variado mix de produtos que ficam ao alcance das mãos. Após a escolha dos produtos preferidos, ele se dirige ao caixa para o pagamento. Nesse caso, um atendente do cinema faz o recebimento, portanto também é possível pagar em dinheiro, além dos cartões de crédito e débito. Nesses caixas é possível também adquirir ingressos. No caso de dúvidas em qualquer parte do processo de compra pelo autoatendimento, há sempre um colaborador para auxiliar.

Inovações Tecnológicas

A exibidora foi também a primeira do mercado exibidor latino a inserir em seus complexos o Dolby Atmos®, o mais potente som do mercado. "O sistema permite que a indústria cinematográfica explore ainda mais as possibilidades sonoras. Porém, quem mais ganha com este avanço da tecnologia é o público. Em salas com Dolby Atmos®, independentemente da poltrona em que estiver sentado, a sensação de envolvimento com o filme será a mesma - é muito maior no comparativo com salas dotadas de outros sistemas de som", comenta Barros.

Isso acontece graças ao posicionamento mais apurado das caixas acústicas, de forma que elementos sonoros independentes possam se sobrepor aos canais de áudio tradicionais. Distribuídas por toda a sala, inclusive em meio à plateia, as caixas tornam mais fácil a simulação dos efeitos sonoros. "O som vem de todas as direções, parece preencher a sala de cinema por completo, com uma surpreendente clareza, riqueza, detalhe e profundidade. Não é exagero dizer que o resultado aguça os nossos sentidos e as emoções, impactando diretamente na experiência do cliente", frisa Barros.

Novas formas de consumo

Se as inovações tecnológicas foram determinantes para o crescimento das exibidoras no passado, hoje o cenário – em que os meios on demand têm se tornado concorrentes vorazes – mostra que é preciso também ter criatividade para suprir as novas necessidades de consumo.

Uma das estratégias possíveis, e que vem sendo adotada pela Cinesystem, é ampliar as opções de entretenimento, com os equipamentos necessários para palestras, aulões pré-vestibular, peças de teatro, shows e muitos outros eventos.

"Nos últimos anos vimos centenas de pessoas irem aos nossos complexos para assistir a finais de campeonatos internacionais de futebol, transmissões ao vivo de campeonatos de League of Legends, um programa de rádio na unidade em Florianópolis, além de um evento para a comemoração dos 15 anos do Penta da B r a s i l de Futebol e um show exclusivo do trio KLB, em São Paulo. Mais do que números, hoje temos como meta fazer o cinema mais prazeroso para o consumidor", finaliza Barros.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo