Brasil, 17 de Novembro de 2018

+ F O N T E -

JLT reúne especialistas em evento sobre cibersegurança

Pela primeira vez, Cyber Security View foi realizado no Rio de Janeiro

Crimes cibernéticos, Lei de Proteção Geral de Dados (LGPD) e falhas em sistemas de segurança foram alguns dos temas debatidos por especialistas durante o Cyber Security View, promovido pela JLT, em parceria com a Oracle, a Zurich e a Câmara Britânica, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (7).

A advogada Priscila Couto, uma das responsáveis pela estruturação da LGPD, falou sobre os principais tópicos da lei, que ainda gera muitas dúvidas para empresas brasileiras. Priscila explicou que todas as companhias, sejam elas públicas ou privadas, terão que se adequar à lei, e que o escopo da LGPD engloba não apenas dados online, mas qualquer informação de clientes e funcionários que tenha sido obtida pelas empresas.

Para a advogada, a ausência da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) pode gerar impactos negativos. “Ainda não sabemos quando a Autoridade será criada, o que nos preocupa bastante, pois a ANPD trará segurança jurídica para a lei. Por enquanto, as obrigações das empresas ainda estão indefinidas”, explica Priscila.

Fabiano Assis, responsável pela segurança digital da Oracle, falou sobre os cuidados que as empresas precisam ter para evitar ataques cibernéticos. De acordo com ele, os mais comuns acontecem por falha de atualização de sistemas. “Dados globais apontam que 74% das empresas não atualizam seus sistemas, o que torna as atividades vulneráveis aos ciberataques. Aqui no Brasil esse número é certamente bem maior, o que torna imprescindível a conscientizações dos gestores do quanto investir em segurança é fundamental”, comenta.

A especialista em risco cibernético da JLT, Marta Schuh, alertou que as empresas precisam entender os riscos e as perdas que uma falha na segurança da tecnologia da informação pode causar. Os riscos cibernéticos não são atribuição apenas da TI, mas de toda a empresa. De acordo com Marta, investir em segurança é um benefício, não um custo. “Um ataque cibernético pode destruir a reputação de uma empresa e nenhum sistema pode garantir 100% de segurança, por isso, é muito importante que as companhias contratem o seguro”, explica.

A executiva de riscos cibernéticos da Zurich para a América Latina, Belén Navarro Rull, ressaltou que apenas 10% das empresas brasileiras estão preparadas para possíveis ataques cibernéticos e que a gestão do risco é essencial para a companhia sobreviver. “Os executivos precisam proteger suas empresas e exigir que os prestadores de serviços também tenham um bom nível de segurança. Informações pessoais e dados de cartão de crédito são hackeados constantemente. Isso traz consequências financeiras e operacionais que podem ser irreparáveis”, comentou.

SOBRE A JLT BRASIL

A JLT - Jardine Lloyd Thompson – companhia inglesa integrante do Grupo Jardine Matheson – é uma das maiores empresas especializadas em gestão de riscos, corretagem de seguros e resseguros e consultoria em benefícios em todo o mundo. Com cerca de 11 mil funcionários e atuação em mais de 135 países, está entre as quatro maiores corretoras de seguros e resseguros do mundo, sendo a maior não-americana com seu capital aberto na bolsa de valores em Londres. O faturamento mundial no ano passado foi de US$ 1,9 bilhão.

No Brasil, o grupo atua desde 1989 e está presente nas mais importantes cidades de todas as regiões do país. São mais de 450 colaboradores e escritórios localizados em Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Macaé, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Uberlândia capazes de atender a toda demanda nacional. Em 2017, administrou R$ 2,3 bilhões em prêmios, com um atendimento multidisciplinar capaz de oferecer soluções inovadoras e diferenciadas para os clientes pelo nosso time de especialistas.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo