Brasil, 21 de Julho de 2018

+ F O N T E -

Idea em Concerto recebe “George Arrunateghi em Flor de Maio”

No dia 12 de maio às 21h, o cantor George Arrunateghi sobe ao palco do IDEA Casa de Cultura acompanhado do pianista Roberto Avelar, um show em homenagem ao Dia das Mães, trazendo músicas do cancioneiro francês que marcaram várias gerações.

George cantará músicas de Edith Piaf, Jacques Brel, Alain Delorme, Zaz, entre outros. Apresentará também canções dos CDs “Let’s Fall in Love” e inéditas do “Moonglow”.

SOBRE GEORGE ARRUNATEGHI

A história de George Arrunateghi com a música vem de berço: começa junto com as primeiras palavras. “Minha mãe diz que eu cantei antes mesmo de falar”, comenta o artista. Muito a propósito, porque a casa dos Arrunateghi sempre foi um ambiente musical: a mãe, Maria Teresa, estudou piano clássico, e o pai, César Augusto, era um aficcionado do jazz. Os filhos cresceram ouvindo peças de Chopin, Beethoven e Liszt, assim como o jazz instrumental de Benny Goodman e as sofisticadas canções de George Gerschwin e Cole Porter. Do pai peruano, George herdou ainda o idioma espanhol e o interesse pelo cancioneiro sulamericano.

Os estudos musicais começaram aos nove anos de idade, na Fundação de Educação Artística (FEA), prestigiada escola de Belo Horizonte dirigida por Berenice Menegale. George iniciou aprendendo flauta doce, passando em seguida para o piano, com as professoras Maria Rita Bizotto e Márcia Guerra.

O interesse pelo canto, surgido na infância, aflorou na adolescência, incitando George a considerar uma carreira profissional. Sua estreia como intérprete aconteceu em 1989, em Istambul, Turquia, ocasião em que entendeu que sua vocação para o canto era urgente e decisiva. Assim, regressando dessa temporada na Europa, buscou aprimorar-se neste ofício, atuando, a princípio, nos corais Julia Pardini e Madrigale, ainda em Belo Horizonte, a cidade onde foi criado (o artista nasceu em Trujillo, Peru). Simultaneamente, seguiu com seu estudos de piano, sob a atenção do professor João Paulo Suzano, quando chegou a interpretar peças de nível avançado, como “Die Florelle”, de Stephen Heller, rapsódia construída sobre tema de Schubert.

Em 2002, George mudou-se para Los Angeles, EUA, onde aprofundou informalmente seus conhecimentos sobre jazz, interpretação dramática, espetáculos musicais e cinema, tendo, inclusive, atuado em alguns filmes. Na esfera musical, George estudou a trajetória do jazz – desde os pioneiros, como Louis Armstrong, as orquestras de Benny Goodman e Glenn Miller, entre outros, os clássicos, como Frank Sinatra, os contemporâneos, como Carmen McRae, até a atual tendência do ‘crossover’, que tem na polonesa Basia (Barbara Trzetrzelewska) uma de suas principais representantes. Na seara pop, George acompanhou desde sempre o trabalho de artistas como o trio australiano The Bee Gees, o casal Gloria e Emilio Estefan (cantora e produtor, ambos de origem cubana) e a banda britânica Supertramp (que tem no trabalho vocal de Roger Hodgson e Rick Davies um de seus pontos mais atrativos).

De volta ao Brasil, em 2009, passou a estudar canto profissionalmente na Babaya Casa de Canto, primeiramente com Marcia Maria, depois com Babaya, dando continuidade ao aprimoramento de sua técnica vocal. Época em que retomou os estudos de piano, desta vez com ênfase no repertório popular, sendo aluno do professor Felipe Moreira.

Durante esta temporada de estudos, ampliou sua carreira profissional, apresentando-se regularmente ao lado de expoentes da música mineira, como Caxi Rajão e Ozéas Hipólito (que participam do CD “Let’s Fall in Love”), Marcelo Drumond, Cecilia Barreto e Nova Dixie Band, entre outros.

A necessidade de experimentar novas trilhas levou George Arrunateghi de volta a Los Angeles, onde, em 2014, atuou junto ao Metropolitan Master Chorale, sob a regência do maestro Glenn Carlos. Ainda na cidade californiana, conheceu Pat Whiteman, respeitada professora de técnica vocal e dramática, com quem segue trabalhando até o presente momento.

Atualmente, por conta de sua especial extensão vocal de ‘baritenor’, de sua afinidade com os idiomas italiano, francês e espanhol, além do português e do inglês que estuda desde a infância, e do trânsito entre os gêneros brasileiros, europeus e norte-americanos, George Arrunateghi é qualificado internacionalmente como artista “cross cultural”, e também como cantor de pop jazz.

Em “Moonglow”, seu próximo CD, George vai mostrar um trabalho mais arrojado em termos de arranjos e interpretação. Entre as novas proposições está a gravação de “Countdown to Love” em quatro vozes, um momento especial para conhecer e apreciar a sua singular extensão vocal e seu apurado estilo de expressão.

Assista: www.youtube.com/watch?v=5vuNrL5uR0I&list=UUr1r3HZzPpO4xHibWlgQZew&index=2

Idea em Concerto recebe “George Arrunateghi em Flor de Maio”
12 de maio – 21 horas
Idea Casa de Cultura
Rua Bernardo Guimarães, 1200 - Funcionários
Classificação Livre
Ingressos: R$ 50,00 (inteira) – R$ 25,00 (meia)
Venda antecipada: www.sympla.com.br
Informações: (31) 3309-1524

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo