Brasil, 20 de Julho de 2018

+ F O N T E -

Dia do Vinho 2018 chega com mais de 300 atrações simultâneas espalhadas por três regiões do Brasil

Dia do Vinho 2018 chega com mais de 300 atrações simultâneas espalhadas por três regiões do Brasil Créditos da Imagem: Crédito Michel Marchetti

De 18 de maio a 3 de junho, evento que celebra o enoturismo e a gastronomia do país oferece programação e descontos especiais em mais de 200 empreendimentos de cinco polos produtores de vinho e uma capital estadual

Vem chegando o inverno. E com ele, um dos períodos do ano mais propícios para se degustar o mapa dos vinhos do Brasil. Tão extenso e rico em diversidade natural, que vai do calor tropical à geada. De 18 de maio a 3 de junho, o Vale do São Francisco, no nordeste brasileiro, o Roteiro de São Roque, a 60 quilômetros de São Paulo, Porto Alegre, o Vale Central Gaúcho, a Campanha Gaúcha e a região Uva e Vinho da Serra Gaúcha se unem para celebrar, com mais de 300 atrações simultâneas, o Dia do Vinho 2018.

Para lançar o evento e apresentar a programação deste ano (que está disponível no site oficial diadovinho.com.br), a cidade escolhida foi Santa Maria, referência no Vale Central Gaúcho. Território a ser descoberto pelos desbravadores de novidades entre os rótulos verde-amarelos e participante do Dia do Vinho desde 2017. O lançamento será no Hotel Don Rafael Cerrito, dia 9 de maio, às 17h.

“O Dia do Vinho, desde a origem, celebra a cultura, a história e a produção vitivinícola de maneira integrada por todo o Brasil. As mais diversas regiões do país se unem e oferecem durante o mesmo período uma série de atividades especiais, eventos, jantares e almoços harmonizados, cursos de degustação, promoções e, principalmente, descontos. O Dia do Vinho foge da ideia de evento realizado em único local. Pelo contrário: são duas semanas de programação voltada ao enoturismo e à gastronomia, para se aproveitar em dezenas de municípios com as mais variadas características e atrações, todos os dias. É só escolher e ir”, explica o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló.

Em 2018, as duas semanas de Dia do Vinho terão atrações espalhadas pelo Vale do São Francisco (BA), São Roque (SP), Itaara, Santa Maria, Silveira Martins e São João do Polêsine (Vale Central Gaúcho), Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Itaqui e Santana do Livramento (Campanha Gaúcha), Antônio Prado, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Veranópolis e Vila Flores (Serra Gaúcha - Região Uva e Vinho) e a capital gaúcha, Porto Alegre (RS).

“A expectativa é de um incremento de 10% na geração de negócios ligados ao enoturismo e à gastronomia nos mais de 200 empreendimentos integrados à programação do Dia do Vinho, em todas estas regiões. Ainda assim, trata-se de um impacto difícil de se mensurar, justamente em função do alcance nacional do evento, que envolve características muito particulares de cada território e comunidade. Em nível local, sabemos que será possível contar com o atrativo extra de dois feriados muito fortes, que são Corpus Christi e Nossa Senhora de Caravaggio”, avalia o presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) da Região Uva e Vinho, Vicente Perini.

Para saber o quê, onde e quando fazer, basta utilizar o mecanismo de busca do site oficial diadovinho.com.br. A gama de atrações vai da degustação de um espumante às margens do chamado Velho Chico até o saboreio do menarosto, um assado típico de aves e carne de coelho, que desde a chegada dos imigrantes italianos à região Uva e Vinho da Serra Gaúcha se prepara sobre brasas e se acompanha com massa, polenta e folhas rústicas. Ou aproveitar desde a infraestrutura dos complexos turísticos vizinhos ao maior centro urbano do continente, em São Roque, no interior paulista, até a experiência de um concerto na imensidão do pampa gaúcho, onde há cerca de 200 anos o Brasil ainda desenhava os contornos de suas fronteiras. Pode-se conhecer a novidade dos vinhos do Vale Central Gaúcho em uma festa anos 80. Fazer ioga e degustar sucos e vinhos em um cultivo de produtos orgânicos na – literalmente – cinematográfica Antônio Prado. Ou, simplesmente, curtir as conveniências e a fartura de opções de uma capital próxima de grandes polos produtores de vinho, em Porto Alegre.

“É um período estratégico para se abastecer as adegas de casa com excelente custo-benefício. Saímos do início do ano, quando estão em alta os espumantes, mas ainda não chegamos no inverno, quando o mercado pede mais vinhos tranquilos. É uma meia estação. Então, as vinícolas estão cheias de descontos que, dependendo das linhas e produtos, podem passar dos 30% e chegar a 50%. Ou oferecem promoções em que, levando maior quantidade de garrafas, se chega a pagar metade do valor inicial da bebida. O Dia do Vinho é uma festa de duas semanas, nós somos os anfitriões e o consumidor é nosso grande convidado. Queremos que aproveite”, enfatiza o presidente do Ibravin, Oscar Ló.

A ação promocional não fica restrita às garrafas e taças. Hotéis e restaurantes integrados à programação também oferecerão tarifas com desconto e cardápios com pratos e preços especiais ao longo do Dia do Vinho.

“O objetivo é que o visitante possa aproveitar tudo o que cada região tem para oferecer. A hospedagem, a gastronomia e as visitas e atividades em vinícolas podem ser combinadas de maneira única durante este período do ano e com grande vantagem para o bolso. Além dos descontos e preços promocionais, há os almoços e jantares harmonizados, cursos de degustação e oferta de atrativos combinados entre os empreendimentos que só estão disponíveis nestas duas semanas de evento. E para se organizar da melhor maneira, a grande ferramenta é o site oficial diadovinho.com.br", conclui o presidente do Segh, Vicente Perini.

Sobre o Dia do Vinho

O Dia do Vinho é realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil e Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi-RS), e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) - Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.

A edição 2018 tem o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Veranópolis e Vila Flores, além de Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra), Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação de Produtores de Vinhos Finos da Campanha Gaúcha, Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Associação dos Vitivinicultores do Vale Central Gaúcho (Vinhos do Coração do Rio Grande), Roteiro do Vinho de São Roque (SP), Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho São Roque) e Vinho VASF – Instituto do Vinho Vale do São Francisco. O patrocínio é de Oxford, Strauss e Sebrae.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo