Logo
Imprimir esta página

Estudante empreendedora vence o preconceito e sonha em abrir uma doceria

Gerente Nacional de Operações do Educa, Viviane Torres - Foto divulgação Gerente Nacional de Operações do Educa, Viviane Torres - Foto divulgação

Jeane Baptista todos os dias sai de porta em porta vendendo seus doces

O brasileiro tem uma característica comum, a perseverança. Desde pequenos, somos ensinados que é preciso batalhar para conquistar um sonho, seja ele qual for. O sonho da estudante Jeane Baptista, de 28 anos, é abrir uma doceria e esse desejo a acompanha desde a infância. Cursando a graduação em Administração de empresas, ela vê o curso como oportunidade para gerir o seu próprio negócio. “Sou encantada por lojas de doces, acho bonitas e eu gosto de fazer e vender doces, seja na rua, dentro de loja... não tem tempo ruim pra mim”, explica a jovem empreendedora.

Apesar dos obstáculos encontrados na sua jornada, Jeane sai de porta em porta vendendo seus doces para bancar o seu futuro e já comemora a conquista da formatura prevista para esse ano. Para realizar seu sonho, ela aprendeu a administrar uma situação que não deveria existir: o preconceito.

O caminho não está sendo fácil e ela conta que já sofreu preconceito por vender seus doces na rua, mas não deixa a situação lhe desanimar, pois realizar seu sonho é seu maior objetivo. “Muita gente acha que quem está ali vendendo doce na rua está passando fome e já viraram a cara para mim. Mas enquanto muitos pensam e agem assim, eu tenho consciência de que sou uma mulher de visão e estou correndo atrás do meu sonho”, relata.

Morando com as irmãs e a mãe, Jeane acredita que através dos estudos poderá mudar a sua realidade de vida. “O estudo é muito importante para mim, com certeza! Sem o estudo a gente não chega a lugar nenhum. Tem que ter teoria e prática”, avalia.

Alívio no orçamento

Prestes a se formar, Jeane, que está no 8º semestre do curso de Administração na Unopar, acredita que essa bênção foi possível graças à conquista de uma bolsa de estudo, que cobre 60%da mensalidade, lhe permitindo uma economia de R$ 15.375 durante todo o curso.

A sua história sensibilizou a supervisora de atendimento do Educa Mais Brasil, Ludimilla Santos, que conheceu a vendedora de uma maneira inesperada. “Conheci Jeane durante o horário de almoço do meu trabalho. Ela estava vendendo docinhos. Comprei um brigadeiro e dias depois ela retornou para me devolver um valor que havia sido cobrado a mais. Achei muito honesto da sua parte. Conversando com ela, fiquei bastante encantada porque ela disse que vendia os doces pra ajudar pagar a faculdade. Perguntei se ela tinha ajuda de alguma bolsa de estudo. Quando ela me respondeu que tinha a bolsa do Educa Mais Brasil eu fiquei tão feliz e emocionada por saber que a empresa na qual eu trabalho faz grande diferença na vida das pessoas. Só posso dizer que fiquei totalmente satisfeita e realizada por fazer parte da vida e sonhos de tantas pessoas”, relembra Ludimilla.

O empenho diário na venda dos doces atualmente ajuda Jeane com os custos da faculdade. Tanto esforço vai ser celebrado nesse ano, com a família, quando ocorrer a tão esperada formatura. “Eu soube da bolsa de estudo através da minha irmã, que me falou do Educa Mais Brasil e da facilidade de conseguir estudar pagando menos. Escolhi meu curso no site, e dei entrada pra ganhar a bolsa que está me ajudando muito”, comemora Jeane.

“São histórias inspiradoras como essa da Jeane que fazem nosso dia a dia mais feliz e gratificante. Saber que estamos no caminho certo, proporcionando o acesso à educação a milhares de pessoas, ajudando-as a realizarem seus sonhos e construírem um futuro melhor!”, declara a gerente nacional de operações do Educa Mais Brasil, Viviane Torres.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto