Brasil,

Descomplica e Nguzu Project firmam parceria educacional com foco nos estudantes brasileiros de graduação em Portugal

Projeto visa fomentar a gestão e a iniciativa empreendedora entre os jovens

Ano a ano, a busca de brasileiros por faculdades fora do país cresce de forma acelerada: 37% de aumento de 2017 para 2018. E, entre os países preferidos dos estudantes brasileiros, Portugal se destaca por não ter as barreiras do idioma e da cultura e por aceitar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingresso em universidades. É mirando nesta parcela da população que o Descomplica e o Nguzu Project anunciam uma parceria educacional com foco nos estudantes brasileiros que iniciarão sua graduação em Portugal em 2020.

Com o objetivo de potencializar o conteúdo acadêmico dos alunos que estão em fase de transição entre os países e que ficam mais de nove meses (dezembro a setembro) aguardando o início do ano letivo, o Descomplica - maior plataforma de educação digital do Brasil -, e o Nguzu Project - iniciativa que atua em Portugal desde 2013 com foco em melhorar a experiência da mobilidade acadêmica entre países lusófonos - passarão a fornecer um pacote de atividades extracurriculares de suporte aos estudantes.

O chamado “Semestre de Integração” será focado nos alunos que têm afinidade com a temática de inovação e buscam uma graduação internacional visando desenvolver seu lado empreendedor ou atuar como gestores em empresas globais ou startups que têm a inovação em seu DNA.

“Somente em 2018, mais de 50.000 brasileiros iniciaram uma graduação internacional e muitos deles não sabem muito bem como se adaptar ao ritmo e à rotina de uma faculdade longe do seu país. Além disso, existe um tempo de espera enorme - que chega, em média, a nove meses - para o início da graduação e é nesse momento em que vamos oferecer conteúdos de alta relevância para os estudantes. Vamos propor aos alunos que eles se preparem para a vida acadêmica aprendendo gestão do tempo, inovação e capacitando-os com princípios básicos de empreendedorismo, junto a outras atividades extracurriculares que o Nguzu oferece”, afirma Rafael Cunha, VP de Educação do Descomplica. “Queremos estar presente em todos os momentos da vida dos nossos alunos, dando todo o suporte necessário para eles”, completa o executivo.

“Em 2019, recebemos em Portugal quase 60.000 alunos internacionais e temos como objetivo duplicar este número até 2023. Uma grande parte desses estudantes - mais de 50% - é proveniente de países do Hemisfério Sul, onde o ano letivo acaba em Dezembro, principalmente do Brasil e de Angola. E estes alunos têm como objetivo realizar graduação ou mestrado integrado em uma Instituição de Ensino Superior (IES) portuguesa. Aproveitando a ausência de uma oferta estruturada pelo ecossistema português para responder a esta demanda, criamos, em conjunto com parceiros locais e internacionais (com um know-how complementar), vários produtos educacionais. Estes produtos possuem a inovação como uma das temáticas comuns e têm como objetivo melhorar o processo de integração e preparação do aluno internacional. Em uma de nossas ações, por exemplo, apoiaremos os estudantes a criarem e implementarem negócios de impacto social aqui em Portugal, mas com foco nos Países de Língua Portuguesa”, afirma Tiago Cardoso, Diretor Executivo do Nguzu Project.

“Para nós, a parte mais importante do processo de criação de um novo produto é a escolha das pessoas e dos parceiros certos para o time. Como tal, convidar o Descomplica – maior plataforma de educação digital dos países de língua portuguesa – para ser nosso parceiro neste objetivo comum de apoiar o aluno brasileiro foi uma escolha natural. E a possibilidade de podermos criar um produto em conjunto com o Descomplica - o primeiro de muitos, na nossa perspectiva - tem sido uma honra para o time do Nguzu Project”, completa o executivo.

O curso preparatório “Empreendedorismo e Negócios Digitais” terá duração de 90 horas e estará disponível a partir deste mês, enquanto as atividades propostas pelo Nguzu englobarão o período de março a junho, que antecede a atividade de estágio/monitoria. Composto por disciplinas do MBA de Empreendedorismo e Negócios Digitais, o curso será oferecido 100% online, permitindo que os alunos escolham a melhor forma de fazê-lo. As informações completas sobre o curso estão disponíveis no site do Descomplica.

Ingressando em universidades portuguesas pelo Enem

Desde 2014, quando passou a utilizar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a aceitação de alunos brasileiros em suas instituições de ensino superior, Portugal se tornou um dos destinos mais procurados pelos estudantes que buscam uma graduação fora do país. Atualmente, mais de 40 universidades portuguesas aceitam o Enem em seus processos seletivos e até o final de 2020 estima-se que ultrapasse o número de 50 instituições. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), mais de 30.000 jovens brasileiros já ingressaram em universidades de Portugal por meio do Enem.

As notas de corte são definidas por cada instituição e variam de acordo com o curso. No entanto, a nota mínima para estar apto a estudar em Portugal varia de 500 a 600 pontos no Enem. A participação é válida para todos os cursos, exceto medicina, que devido a uma lei local só pode admitir estudantes de nacionalidade portuguesa ou que morem há pelo menos dois anos no país e que tenham sido selecionados em provas específicas. A média de duração dos cursos de graduação lusitanos varia de 3 a 5 anos. A lista completa de universidades portuguesas que aceitam o Enem pode ser acessada aqui.

Sobre o Descomplica

Primeira grande empresa de educação digital do país, o Descomplica nasceu em 2011 com o propósito de democratizar o acesso a uma educação de qualidade. Para isso, leva conteúdos preparados pelos melhores professores do mercado a uma ampla gama de estudantes com preços acessíveis e em um formato de alto engajamento.

Com uma base atual de mais de 250 mil alunos, o Descomplica já atendeu a 5,5 milhões de estudantes em todo o território nacional com projetos de reforço escolar, reforço universitário, preparatório para concursos e com os cursos carro-chefe de preparação para o Enem e vestibulares. Para saber mais, acesse www.descomplica.com.br.

Sobre o Nguzu Project

Considerado um dos principais articuladores de Educação, Inovação, Ciência e Tecnologia dos Países de Língua Portuguesa, o Nguzu Project nasceu em 2013 com o objetivo de melhorar o processo de Captação e Mobilidade de Talento nos Países de Língua Portuguesa. Após ser desafiado pela União Europeia, em 2015, para apoiar na criação de um Programa de Mobilidade nos Países de Língua Portuguesa, o Nguzu Project já conectou responsáveis de mais de 500 Universidades, mais de 100 Incubadoras e mais de 2.000 Startups e Empresas de Base Tecnológica nos Países de Língua Portuguesa.

Um dos exemplos práticos, foi a criação e implementação do Projeto “WebSummit on the Road” que desde 2017 já conectou mais de 1.000 Empreendedores de Língua Portuguesa no maior evento de tecnologia europeu (www.websummit.com), gerando centenas de negócios e milhares de empregos.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS