Brasil, 14 de Outubro de 2019

Censo das edtechs mostra evolução no mercado de educação alinhada à tecnologia em Brasília

O levantamento analisou 60 edtechs que estão atuando na capital

A 4ª edição do Censo Edtech Meetup, realizado pelo Edtech Meetup, mostra que as edtechs estão crescendo no mercado brasiliense e ganhando maturidade como segmento de startups. O levantamento é realizado desde 2017 e, neste ano, analisou 60 edtechs atuantes na capital. Elas oferecem diversos serviços ligados à inovação e à tecnologia de ensino, como plataformas que estreitam a relação entre alunos e professores e sites que oferecem cursos online.

“O censo do Edtech Meetup é importante para nortear as próprias edtechs, de modo que se situem no ecossistema e formem parcerias. Também contribui para que os investidores e as aceleradoras passem a acompanhar as edtechs que julgam promissoras. E as instituições de ensino têm um cardápio à disposição para resolverem problemas”, explica a gerente de comunicação do Edtech Meetup, Nathalia Kelday. Além disso, o Censo também é essencial para ajudar o governo a planejar políticas públicas que envolvam as startups na educação.

Ao atualizar as informações, o Censo chama a atenção para o crescimento das startups brasilienses a partir de 2015: 80% das edtechs abriram nesse período. “Ao passo que o boom de startups ocorreu nos anos 2000 e no início da década de 2010, nos Estados Unidos e em outros países mais avançados no empreendedorismo tecnológico, no Brasil, houve um intervalo de tempo até que a tendência se popularizasse. O momento de Brasília se deu a partir de 2015”, ressalta Nathalia.

Um dado positivo do Censo é que entre as 60 edtechs analisadas, 85% possuem CNPJ, o que demonstra alto grau de profissionalização do setor na capital. No contexto desta profissionalização, de 2017 a 2019, houve aumento de 200% no número de edtechs que faturam acima de R$ 1 milhão por ano.

Outra boa notícia é a evolução da maturidade das startups de educação ao longo dos últimos anos. O Censo revela que houve um crescimento de 475% de edtechs que já estão em fase de tração (mercado consolidado, foco em crescimento).

Com esse aumento, as startups de educação já alcançam diversos públicos e parcelas do ensino, entre jovens, idosos, educação infantil, fundamental e média. Mas, apesar do significativo alcance, o Censo também evidencia o baixo investimento que as edtechs recebem no mercado, o que prejudica o financiamento e aceleração do segmento, como elucida Nathalia Kelday. “É bastante difícil a conexão das edtechs com as provedoras de educação tradicional. Existe muito desconhecimento do outro lado e é nesse momento que o desconhecimento joga contra o desenvolvimento da educação”, ressalta.

Edtech Meetup - Com o objetivo de aumentar a visibilidade das edtechs e de modernizar as instituições de ensino, surgiu o evento Edtech Meetup, que une empreendedores e entusiastas pela inovação na educação. O movimento realiza eventos desde 2017 e busca estreitar a relação entre as edtechs e as instituições de ensino de Brasília, gerando networking e negócios. Neste ano, ocorre a 5ª edição no dia 17 de outubro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

A ocasião vai contar com palestras e exposições das principais edtechs de Brasília e do Brasil. O tema deste ano é o Bug do Milênio: como a educação parece ter passado despercebida pela transformação digital.

“A 5ª edição será muito maior e melhor que a 4ª. Teremos mais palestrantes e atrações, como os professores José Pacheco e Rodolfo Bertolini, autoridades inquestionáveis em educação e em inovação no ensino. Teremos, ainda, campeonato de pitches, feira com 30 edtechs brasilienses e de outros estados. Estamos muito animados” explica Nathalia, também organizadora do evento.

O que é edtech?

O termo “edtech” surgiu da junção das palavras education e tecnology. Tratam-se de startups que utilizam a tecnologia para desenvolver soluções para a educação. Para efeitos de comparação, as edtechs estão para o setor educacional como as fintechs estão para o setor financeiro.

Sobre o Edtech Meetup – O primeiro encontro das edtechs aconteceu em maio de 2017, quando foi dado o primeiro passo para a organização e a profissionalização do ecossistema brasiliense. O evento discutiu O Futuro das Tecnologias de Educação e teve aprovação de 4.7 de 5.0. Ainda em 2017, as edtechs se reuniram mais uma vez para firmar um compromisso com o futuro da educação, traçando os rumos do ecossistema. Um ano após o primeiro encontro, o 3º Edtech Meetup serviu para o ecossistema olhar para dentro e perceber suas mudanças e evoluções. O evento teve 4.8 de aprovação perante ao público. A 4ª edição do Edtech Meetup foi o primeiro encontro das edtechs de Brasília com o mercado educacional e debateu o Guia de Sobrevivência ao Futuro da Educação.

SERVIÇO:
O que: Evento Edtech Meetup
Quando: 17 de outubro
Onde: Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Quanto:
Pessoa física: R$ 190,00
Instituições de ensino: Os valores dos ingressos + benefícios variam de acordo com o número de participantes
Quem promove: Rede Edtech Meetup
Informações: (61) 9 9833-3028/www.edtechmeetup.com.br/


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS