Brasil, 19 de Setembro de 2019

Escola Superior de Redes lança a ESR 3.0 e assina acordos de cooperação para potencializar as oportunidades de capacitação à distância

  • Escrito ou enviado por  Jamile Rodrigues
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Educação
  • Imprimir

A Escola Superior de Redes (ESR) aproveitou a 8ª edição do Fórum RNP (Rede Nacional de Educação e Pesquisa), realizada em Brasília no final de agosto, para divulgar a nova estratégia ESR 3.0; assinar acordos de cooperação com as empresas ASCEND, RUCKUS e LEO Learning; apresentar o novo ambiente educacional de EaD e divulgar a nova formação de PDPO (Public Data Protection Officer), capacitação focada no desenvolvimento de profissionais para adequação das instituições à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que passa a valer a partir de agosto de 2020.

Os acordos de cooperação têm como objetivo ampliar o portfólio de cursos da ESR, com início neste mês de setembro, sem que haja investimento para desenvolvimento de novos conteúdos.

A Ascend Education desenvolve opções de treinamento on-line para instrutores e, de acordo com Roydon Olsen, CEO da empresa, todo material é digital, baseado em nuvem.

“Livros na área de tecnologia ficam desatualizados quase no dia em que são publicados. Nos cursos online, é possível atualizar as informações sempre. Nossa plataforma de ensino não é direcionada apenas para ensino à distância, mas também para o ensino presencial. Nela, há laboratórios, apresentações em vídeo, textos técnicos, exames”, explicou Olsen, ressaltando: “Hoje em dia, nos Estados Unidos, há uma grande diferença entre o número de vagas para técnicos de TI e os técnicos disponíveis. Nosso desafio é diminuir essa diferença. Fui professor universitário por 10 anos. Acredito num tipo de ensino que leva o aluno diretamente a um emprego”.

A plataforma da Practice Labs, utilizada pela Ascend Education, possui escalabilidade de acordo com a demanda. Nela é possível trabalhar com diferentes turmas e com quantidades diferentes de pessoas ESR.

“Temos a capacidade de construir um ambiente para o aluno que muda de forma dinâmica. Todos têm acesso dedicado a um determinado grupo de infraestrutura. Eles não precisam armazenar nem manter um software localmente. Tudo que precisam é de uma conexão à internet. Do ponto de vista do estudante, economiza-se tempo ao darmos acesso a um ambiente adequado para que ele possa desenvolver competências práticas para a carreira que ele escolheu. Já a virtualização do laboratório visa garantir que eles tenham a experiência de experimentar essas habilidades no mercado de trabalho. Quando se tem um laboratório virtual, economiza-se investimentos em laboratórios físicos em escolas”, declarou Ricky Doyle, um dos fundadores da empresa.

Marcos Teixeira, Diretor Regional de Vendas da Ruckus, ressaltou a importância da parceria com a RNP: “Esta parceria é importantíssima, na medida que a RNP já é uma instituição que atua no mercado de Educação, e a Ruckus atua como fabricante de referência dentro deste seguimento. A grande maioria das instituições federais e privadas já utilizam nossa tecnologia, ou seja, a demanda existe. Por que, então, não ter uma atuação da RNP na capacitação de professores, alunos, e definitivamente poder escolher o tipo de treinamento que uma localidade está demandando?”, ressaltou.

Com a LEO Learning, empresa de soluções e aprendizagens, a parceria com a RNP é voltada para capacitação de reitores, pró-reitores e gestores de universidades públicas, principalmente na área de liderança. “Desenvolvemos séries com metodologia inovadora para temas comportamentais. Além disso, atuamos com a RNP na área de desenvolvimento de ensino a distância", ressaltou o CEO da empresa, Richard Vasconcelos.

Além desta parceria, a LEO Learning e a ESR já estavam trabalhando na customização do Ambiente Virtual de Aprendizagem da ESR, lançado também durante o Fórum RNP. O desenvolvimento da plataforma foi feito a partir do protótipo desenvolvido em um Design Sprint, em maio de 2018, com os principais clientes da ESR. Com o protótipo aprovado, a ESR foi em busca de parceiros preparados para o desafio de entender, de forma ágil, o que os seus alunos estavam buscando.

“Fizemos uma espécie de Shark Tank com alguns fornecedores especializados em Moodle, onde eles teriam que fazer uma apresentação da implementação de uma unidade de EaD, e a Leo Learning foi a mais bem avaliada pelo comitê”, explica Renato Duarte, coordenador de TI da ESR, complementando: “A LEO Learning tem a mesma visão da ESR, atuam utilizando abordagem ágil, o que vem nos possibilitando ver o EaD da ESR nascer de maneira confiável”.

As três parcerias se unem às parcerias com a CompTIA e a EXIN. “Estas parcerias fazem parte da nova visão estratégica da ESR, que conta com grandes parceiros de mercado, trazendo conteúdos relevantes e atuais", comenta Leandro Guimarães, diretor-adjunto da Escola Superior de Redes. “A ideia é que a ESR se posicione como um dos principais fornecedores de capacitação no Brasil, unindo desenvolvimento de competências técnicas e soft skills através da metodologia de ensino da ESR, parceiros de mercado e plataformas educacionais inovadoras, trazendo uma experiência incrível para os nossos alunos”, ressalta Guimarães.

Sobre a ESR : A Escola Superior de Redes (ESR) é a unidade de serviço da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), criada para promover a capacitação, o desenvolvimento profissional e a disseminação de conhecimento em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), em prol da evolução e da permanente ampliação da rede de alta velocidade do país. Com uma experiência de mais de 10 anos no mercado, a ESR já treinou mais de 20 mil profissionais em todo o Brasil, em suas 10 unidades localizadas em diferentes capitais brasileiras. Em sua programação, constam mais de 50 cursos especializados em nove áreas temáticas: Administração e Projeto de Redes, Governança de TI, Segurança, Mídias de Suporte à Colaboração Digital, Administração de Sistemas, Gestão de Identidade, Desenvolvimento de Sistemas, Computação em Nuvem e Métodos Ágeis e Inovação.

Os cursos são ministrados nas modalidades à distância, semipresencial e presencial. Na modalidade presencial são ministrados em laboratórios conectados à rede de alta velocidade da RNP e privilegiam uma abordagem prática de ensino. As salas de aula oferecem as mesmas ferramentas encontradas nos setores de suporte e gestão de TI, de órgãos públicos e da iniciativa privada, o que proporciona, a técnicos e gestores, um aprendizado direcionado e focado nos desafios de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

Sobre a RNP: qualificada como uma Organização Social (OS), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) e mantida por esse, em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Cidadania, Saúde (MS) e Defesa (MD), que participam do Programa Interministerial RNP (PI-RNP). Pioneira no acesso à internet no Brasil, a RNP planeja, opera e mantém a rede Ipê, infraestrutura óptica nacional acadêmica de alto desempenho. Com Pontos de Presença em 27 unidades da federação, a rede conecta 1.174 campi e unidades nas capitais e no interior. São mais de quatro milhões de usuários, usufruindo de uma infraestrutura de redes avançadas para comunicação, computação e experimentação, que contribui para a integração dos sistemas de Ciência e Tecnologia, Educação Superior, Saúde, Cultura e Defesa.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS