Logo
Imprimir esta página

Brasil precisa de estratégia consistente para crescimento sustentado, diz presidente da CNI

Na abertura dos seminários em celebração ao bicentenário da Independência, Robson Braga de Andrade, reforçou que a prosperidade só virá com a redução do Custo Brasil

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, afirmou que é necessário aproveitar o simbolismo do bicentenário de Independência para definir uma estratégia consistente de prosperidade, para o Brasil voltar a crescer de forma sustentada. Andrade abriu o ciclo de cinco seminários sobre 200 anos de Independência: A indústria e o futuro do Brasil, realizada em parceria com o jornal eletrônico Poder 360, nesta quarta-feira (6).

“As comemorações dos 200 anos de Independência do Brasil ocorrem em um momento de muita instabilidade em todo o mundo. Esse cenário de incertezas deve servir de estímulo para o país reduzir o Custo Brasil e buscar a convergência em torno de ideias e das medidas necessárias para a retomada de um ciclo de desenvolvimento”, afirmou Robson Andrade, na abertura do evento, que teve como tema Evolução Política do Brasil.

Segundo ele, os resultados positivos e as transformações trazidas pela atividade industrial em todo o mundo são conhecidos, entre os quais se destacam a urbanização e a evolução da tecnologia, das relações de trabalho e dos padrões de consumo. A indústria brasileira, lembra Andrade, sempre esteve engajada nas discussões das grandes questões nacionais e é fundamental na construção de um futuro mais próspero e justo para todos.

O seminário tem como debatedores a historiadora e escritora Mary Del Priore e os cientistas políticos Jairo Nicolau, José Álvaro Moisés e Bolivar Lamounier e curadoria do ex-senador Cristovam Buarque. Em sua palestra magna, na abertura do seminário, o ex-presidente da República Michel Temer traçou um cenário do país desde a Independência, ressaltou a importância da atual Constituição Federal de 1988 para a consolidação de princípios liberais e sociais, e falou da importância do papel da indústria brasileira para o desenvolvimento do país.

“A indústria cumpre papel fundamental. Temos as atividades educacionais da CNI e das federações dos estados. Tudo isso fruto dessa conscientização de que a iniciativa privada é fundamental para gerar o desenvolvimento do país”, disse. “Vamos precisar no pós-pandemia de investimentos internacionais. O poder público não tem tanto dinheiro para investir. Lá fora há trilhões de dólares para serem investidos no Brasil, mas eles estão preocupados com aquilo que o presidente Robson falou: a segurança jurídica.”

- Acesse as imagens do evento no Flickr da CNI.

- Acompanhe a cobertura do evento na Agência de Notícias da Indústria.

Custo Brasil inibe investimentos e compromete a qualidade de vida da população

Apesar de todos os avanços ao longo da história, a indústria brasileira encontra dificuldades para competir em igualdade de condições no mercado global e tem perdido espaço. “Nos últimos 10 anos, a indústria de transformação encolheu, em média, 1,4% ao ano, o que afetou o desempenho da economia como um todo. Na última década, o PIB do país cresceu, em média, apenas 0,2% ao ano”, explica Robson Andrade.

Segundo o presidente da CNI, o fato de a indústria operar abaixo da sua capacidade, se deve ao Custo Brasil, um antigo conjunto de ineficiências estruturais que inibem os investimentos, diminuem a competividade das empresas e comprometem a qualidade de vida da população.

A medida mais importante para reduzir o Custo Brasil é a aprovação de uma reforma ampla da tributação sobre o consumo que elimine as distorções, simplifique o sistema, e desonere as exportações e os investimentos. Além disso, o Brasil necessita de ações que estimulem a inserção internacional das empresas e de uma política industrial que promova a inovação e o desenvolvimento tecnológico.

“É indispensável, ainda, melhorar a qualidade da educação formal e ampliar a oferta do ensino profissional para que nossos jovens se preparem adequadamente para atender às novas exigências do mercado de trabalho e possam enfrentar os crescentes desafios da era do conhecimento”, afirma o Robson Andrade.

Robson Andrade lembra ainda que o Brasil necessita aumentar a segurança jurídica e aperfeiçoar os marcos regulatórios da infraestrutura para estimular os investimentos e modernizar o país. Em paralelo, explica Robson, deve-se dar atenção especial ao meio ambiente e às ações de combate às mudanças do clima. Isso é fundamental para que o Brasil, dono de um patrimônio natural invejável, seja um dos líderes da transição para a economia de baixo carbono.

Temas e as datas dos próximos seminários

27 de abril - Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade. Horário: 10h às 12h

04 de maio – Desenvolvimento Social. Horário: 10h às 12h

11 de maio – Desenvolvimento Industrial, Científico e Tecnológico. Horário: 10h às 12h

1º de junho – Educação e Cidadania. Horário: 10 às 12h


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2022 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto