Logo
Imprimir esta página

Continuação do Boost Mobile Margaret River Pro É Adiada Para Esta Quarta-Feira, na Austrália

Ítalo Ferreira, que disputará as oitavas de final com Caio Ibelli (Crédito: Matt Dunbar/ World Surf League via Getty Images) Ítalo Ferreira, que disputará as oitavas de final com Caio Ibelli (Crédito: Matt Dunbar/ World Surf League via Getty Images)

- A quarta-feira amanheceu com ondas pequenas em Main Break

- Seleção brasileira tem seis surfistas nas oitavas de final masculinas

- Tatiana Weston-Webb já passou para as quartas de final na terça-feira

- Próxima chamada quinta-feira às 7h15, 20h15 de hoje (5) no Brasil

A quarta-feira amanheceu com ondas muito pequenas em Main Break e a continuação do Boost Mobile Margaret River Pro apresentado pela Corona na Austrália foi adiada. Esta quarta etapa do World Surf League Championship Tour 2021 ainda tem prazo até quarta-feira da semana que vem, 12, para ser encerrada e as previsões indicam boas ondas até lá. A próxima chamada para as oitavas de final com seis brasileiros na disputa e para as quartas de final femininas com Tatiana Weston-Webb na segunda bateria, será as 7h15 da quinta-feira na Austrália, 20h15 desta quarta-feira no Brasil.

"O swell (ondulação) pequeno de ontem à tarde permaneceu esta manhã e o vento deve piorar ao longo do dia, então não teremos competição hoje (quarta-feira)", disse a vice-presidente de Circuitos da World Surf League, Jessi Miley-Dyer. "A previsão indica que teremos bastante swell a caminho com ventos fracos na maior parte do restante da janela do evento, então vamos esperar por um dia com condições mais favoráveis para recomeçar a competição."

A quarta-feira foi o segundo dia consecutivo que os homens não competem em Margaret River. As mulheres ainda disputaram as oitavas de final na terça-feira de ondas com 3-4 pés em Main Break. A brasileira Tatiana Weston-Webb derrotou a norte-americana Sage Erickson e vai enfrentar a australiana bicampeã mundial Tyler Wright na briga, pela segunda vaga para as semifinais. A primeira será disputada pela francesa Johanne Defay e a surfista local de Margaret River, Bronte Macaulay.

Na chave de baixo, que vai apontar a segunda finalista do Boost Mobile Margaret River Pro, a tetracampeã mundial e líder do ranking 2021, Carissa Moore, vai reeditar na terceira quarta de final, a decisão da etapa que abriu a "perna australiana" do World Surf League Championship Tour 2021 em Newcastle, com a jovem australiana Isabella Nichols. Já, a batalha pela última vaga nas semifinais será um clássico do surfe mundial, entre a heptacampeã mundial Stephanie Gilmore e a também australiana Sally Fitzgibbons.

Perna australiana – Na categoria masculina, o Brasil vem dominando a "perna australiana" do CT 2021. A primeira etapa terminou com uma decisão verde-amarela e Ítalo Ferreira ganhou o Rip Curl Newcastle Cup derrotando Gabriel Medina na bateria que valia a liderança no ranking. Na segunda, Medina chegou na final de novo e conquistou o título do Rip Curl Narrabeen Classic sem dar qualquer chance para o norte-americano Conner Coffin, que tinha barrado Ítalo Ferreira nas oitavas de final.

Com a derrota prematura em Sidney, o atual campeão mundial perdeu a lycra amarela de número 1 da World Surf League para Gabriel Medina e os dois podem ter um novo confronto direto no Boost Mobile Margaret River Pro. Só que, dessa vez, o encontro seria nas semifinais, pois ambos estão na chave de baixo do evento, que vai apontar o segundo finalista. Aliás, serão seis brasileiros brigando por esta segunda vaga na grande final.

Oitavas de final – O único que ficou na chave de cima foi o paranaense Peterson Crisanto, que vai disputar a primeira bateria com o bicampeão desta etapa de Margaret River em 2017 e 2019, John John Florence. Gabriel Medina está na quinta oitava de final com outro havaiano, Seth Moniz. Depois, há dois duelos brasileiros decidindo os últimos classificados para uma quarta de final igualmente verde-amarela. Ítalo Ferreira está na penúltima bateria das oitavas com Caio Ibelli e Filipe Toledo, na última, com Jadson André.

O Boost Mobile Margaret River Pro apresentado pela Corona está sendo transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo Facebook, Youtube e APP da World Surf League e pelos canais da ESPN Brasil. A próxima chamada para as oitavas de final masculinas e para as quartas de final femininas será as 7h15 da quinta-feira em Margaret River, 20h15 desta quarta-feira no Brasil.

PRÓXIMAS BATERIAS DO BOOST MOBILE MARGARET RIVER PRO:

OITAVAS DE FINAL (masculino) – Derrota=9.o lugar com 3.320 pontos:
1ª: John John Florence (EUA) x Peterson Crisanto (BRA)
2ª: Griffin Colapinto (EUA) x Jeremy Flores (FRA)
3ª: Jordy Smith (AFR) x Julian Wilson (AUS)
4ª: Ryan Callinan (AUS) x Frederico Morais (PRT)
5ª: Gabriel Medina (BRA) x Seth Moniz (EUA)
6ª: Kanoa Igarashi (JPN) x Matthew McGillivray (AFR)
7ª: Ítalo Ferreira (BRA) x Caio Ibelli (BRA)
8ª: Filipe Toledo (BRA) x Jadson André (BRA)

QUARTAS DE FINAL (feminino) – 5.o lugar com 4.745 pontos:
1ª: Johanne Defay (FRA) x Bronte Macaulay (AUS)
2ª: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Tyler Wright (AUS)
3ª: Carissa Moore (EUA) x Isabella Nichols (AUS)
4ª: Stephanie Gilmore (AUS) x Sally Fitzgibbons (AUS)

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo. Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave. Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System. A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo. Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2021 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto