Logo
Imprimir esta página

ESG: como criar projetos de infraestrutura e de construção civil sustentáveis?

por Filipe Monteiro*

No contexto do ano de 2021, a sociedade irá se reconstruir por meio da vacina contra a Covid-19 e da recuperação econômica global. Para tanto, é inevitável pensarmos em infraestrutura, setor atrelado à retomada econômica e com muita conexão aos novos bordões ESG (Ambiental, Social e Governança, em português).

Essa sigla deverá ditar o ritmo da economia nesta década e os termos sustentabilidade e infraestrutura estão intimamente interligados de duas formas: o impacto que a infraestrutura causa ou pode deixar de causar no meio ambiente e na sociedade e o impacto que o meio ambiente e a sociedade causam ou vão causar neste setor ao longo dos próximos anos. Seja em qual dos dois cenários desejamos analisar primeiro, os resultados são alarmantes.

Podemos começar pela análise do impacto que a infraestrutura causa no meio ambiente e na sociedade. Quando pensamos na cadeia de valor do setor de construção, temos:

- Emissões de gases do efeito estufa: o cimento é o principal responsável por emissões significativas de CO2. Apesar do ganho de eficiência nos últimos anos, reduzindo as emissões por tonelada de material produzido, o provável aumento na demanda do cimento volta a acender o alerta nesta questão.

- Gestão de resíduos: as taxas de reciclagem na produção dos materiais de construção são relativamente altas, entretanto os resíduos na cadeia de produção, a poluição atmosférica e a produção de resíduos perigosos, como a poeira de cimento, continuam sendo um alerta.

- Impactos na biodiversidade: a produção dos materiais de construção normalmente é atrelada a atividades de mineração que requerem remoção do solo e da vegetação, além de detonações de rochas, impactando, inevitavelmente, a biodiversidade no local onde operam.

- Saúde e segurança dos trabalhadores: acidentes, doenças e fatalidades são a consequência dessa atividade, que lida com maquinário pesado, explosões e exposição a resíduos perigosos, como a sílica.

- Integridade e transparência: esse setor tem enfrentado alguns episódios de comportamento anticompetitivo (como cartel), além de corrupção e suborno.

Esses são alguns exemplos, fora o impacto de uma grande construção no dia a dia da comunidade durante e após a construção, além de questões como as condições adequadas de trabalho em quarteirizações.

Na outra ponta, é possível ilustrar diversos exemplos de como a sociedade e o meio ambiente podem impactar diretamente neste setor, como as greves e manifestações populares contra algum empreendimento que, se não tratados de forma adequada, podem embargar a obra e inviabilizá-la. Ainda temos as questões de licenças ambientais e impactos de cunho climático, que podem embargar uma obra ou terem uma "debandada" de investidores cada vez mais atentos às questões ESG.

Uma saída pode ser a infraestrutura sustentável, que pode aliar as inovações tecnológicas com menor impacto ao meio ambiente e, consequentemente, ter um custo e oferta de capital maiores no mercado. A infraestrutura é um dos setores que mais contribuem para questões relacionadas às mudanças climáticas e, desta forma, pensar fora da caixa e trazer soluções sustentáveis pode ser um grande chamariz para investidores. Neste contexto, para a obtenção de uma infraestrutura sustentável, é necessário o alcance das seis qualidades, tais como:

• Benefícios compartilhados: aumentar o acesso a serviços essenciais (água, esgoto, transporte e, energia) e endereçar a desigualdade e injustiça.

• Resiliência ambiental: desenvolver responsabilidade ambiental e resiliência a mudanças climáticas, como projetos circulares, corte de gases de efeito estufa, resiliência a desastres ambientais etc

• Aceitabilidade social: engajar todos os stakeholders para respeitar a acessibilidade e sensibilidades locais, garantindo a integração de todos os envolvidos.

• Efetividade econômica e institucional: garantir a efetividade econômica, a transparência e a capacidade construtiva com projetos que possuam bom custo-benefício, sustentabilidade fiscal e transparência.

• Garantia de futuro: realizar o planejamento para a manutenção do ciclo e fim de vida dos ativos, considerando riscos disruptivos, oportunidades tecnológicas e inovação no modelo de negócios.

• Potencial de massa crítica: promover o planejamento estratégico, a replicabilidade de projetos e a escalabilidade financeira para garantir a elegibilidade a financiamentos.

Na prática, quando essas seis qualidades forem adotadas em todas as obras de infraestrutura, começaremos a ver um mundo remodelado e preparado para toda mudança que ainda teremos pela frente. Sem dúvidas, o setor de infraestrutura e, em especial, o da construção civil tem um importante papel a desempenhar para mitigarmos os impactos de uma alteração climática severa. O mercado de capitais está em busca de oportunidades relacionadas a temática de infraestrutura sustentável, seja pela demanda represada e futura, seja pelo potencial de geração de valor. Então "mãos à obra"!

* Filipe Monteiro é gerente na ICTS Protiviti, empresa especializada em soluções para gestão de riscos, compliance, ESG, auditoria interna, investigação, proteção e privacidade de dados.

Sobre a ICTS Protiviti

A ICTS Protiviti é uma empresa brasileira que combina a segurança, eficiência e independência da plataforma tecnológica de serviços especializados da ICTS (canal de denúncias, diligência de terceiros, background e monitoramento de funcionários, e treinamentos on-line), com o alcance global e o conhecimento e inovação em gestão de riscos, compliance, auditoria, investigação e proteção de dados da Protiviti.

A união de deep expertise, com capacidade de transformação e excelência operacional, proporciona aos seus clientes um portfólio abrangente de soluções que endereçam os principais riscos, problemas e desafios de negócio, protegendo e maximizando o valor das organizações, e ajudando seus líderes a encararem o futuro com confiança e alcançarem resultados extraordinários num mundo dinâmico.

Reconhecida como Empresa Pró-Ética desde 2015, no Brasil conta com cerca de 400 profissionais em 5 escritórios localizados em São Paulo, Barueri, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, que atendem a mais de 600 empresas de diferentes portes e segmentos. No mundo, são mais de 4.500 profissionais atuando por meio de uma rede de subsidiárias e firmas-membro independentes. Empresa reconhecida como Great Place To Work e com faturamento anual superior a USD 1 bilhão, opera 85 escritórios em 27 países, que atendem a 60% das empresas da FORTUNE 1000®️.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2021 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto