Logo
Imprimir esta página

ClubHouse x Gestão Pública: como a nova rede social pode nos ajudar a melhorar as cidades brasileiras?

*Por Flavio dos Santos

Chegou ao Brasil a nova moda do momento: o aplicativo ClubHouse. Voltado para o envio de áudios e com salas de bate-papo ao vivo, a ferramenta é o assunto mais falado neste começo de 2021. De acordo com dados do Google, entre os dias 1 e 9 de fevereiro, as buscas pelo aplicativo aumentaram 4.900% se comparado com todo o mês de janeiro. Já são mais de 6 milhões de usuários, segundo informações da Backlinko, reunidos para debater, opinar e ouvir sobre assuntos diversos com pessoas de todo o mundo.

Como toda nova tecnologia que é apresentada para a sociedade, a novidade pode e deve ser adaptada pelos usuários para aproveitar da melhor forma possível a ferramenta. E isso vale também para os gestores públicos, que devem estar cada vez mais atentos ao que surge de novo no mercado. Nesse caso, o ClubHouse dá uma lição sobre a importância e relevância da participação cidadã em uma gestão.

O envolvimento de pessoas relevantes para o mercado, como o CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, e a CEO da Beauty'in, Cristiana Arcangeli, além de influenciadores digitais e personalidades como Drake, Pyong Lee e Luciano Huck, gera curiosidade e interesse por parte da população para ouvir o que essas pessoas têm a dizer e também poder compartilhar experiências relevantes para o tema. Isso nada mais é do que o princípio da participação cidadã: aproximar a população das pessoas que são referência na gestão, seja ela pública ou privada.

Talvez, em um primeiro momento, pareça que os usuários não terão muito interesse em conversas ou um bate-papo com o prefeito de sua cidade, por exemplo. Porém, o pilar da participação cidadã defende o diálogo entre as duas partes e não somente que o cidadão ouça o que é dito pelos gestores, como acontece nos modelos atuais de entrevistas coletivas ou pronunciamentos.

Já imaginou um grande chat no ClubHouse em que todos os moradores possam expor suas ideias e opiniões? Parece uma grande bagunça, mas é em oportunidades como essa que surgem as demandas de quem realmente vive na cidade. A nova rede social não será a solução para aproximar a sociedade de seus gestores, mas é um exemplo de como a população valoriza a participação e a oportunidade de expor suas ideias. Além de sentir o prestígio de estarem próximos de quem é referência ou líder em cada setor.

A exclusividade de receber um convite para fazer parte da rede social desperta no indivíduo a mesma sensação de privilégio quanto ser convidado pelo prefeito para passar um dia acompanhando o trabalho no poder público e dando sua colaboração para o crescimento da cidade. E a tecnologia é o melhor caminho para possibilitar essa mudança de forma gradativa e organizada dentro de cada município.

Falar com o povo, mas também saber ouvir o que todos têm a dizer, dentro dos ambientes que eles estão inseridos, inclusive os online, é uma das maiores virtudes que se espera do gestor que assume o compromisso de levar uma cidade, estado ou país para frente. E abrir portas para a voz do cidadão pode transformar uma gestão participativa na nova moda do Brasil.

*Flavio dos Santos é coordenador de Atendimento ao Cidadão no Instituto das Cidades Inteligentes (ICI)


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Copyright ©2002-2021 Clipping - Segs - Portal Nacional de Seguros, Saúde, Veículos, Informática, Info, Ti, Educação, Eventos, Agronegócio, Economia, Turismo, Viagens, Vagas, Agro e Entretenimento. - Todos os direitos reservados.- www.SEGS.com.br - IMPORTANTE:: Antes de Usar o Segs, Leia Todos os Termos de Uso.
SEGS é compatível com Browsers Google Chrome, Firefox, Opera, Psafe, Safari, Edge, Internet Explorer 11 - (At: Não use Internet Explorer 10 ou anteriores, além de não ter segurança em seu PC, o SEGS é incompatível)
Por Maior Velocidade e Mais Segurança, ABRA - AQUI E ATUALIZE o seu NAVEGADOR(Browser) é Gratuíto