Brasil,

Subnotificação compromete estratégia de combate ao coronavírus no Brasil

Alexas - Fotos por Pixabay Alexas - Fotos por Pixabay

“Muito se fala sobre os efeitos do confinamento sobre a economia, mas quase nada está sendo feito para repetirmos aqui o exemplo da Coreia do Sul, que não entrou em quarentena porque testou milhões de pessoas e, com isso, conseguiu controlar o contágio”, destaca Maria Beatriz Gonçalves, estrategista da Purpose, responsável pela campanha nacional por mais testes de coronavírus.

Na Coreia do Sul, as autoridades públicas agiram rápido para conter o surto. Em duas semanas após a primeira confirmação, o país criou uma estrutura de guerra para aumentar a testagem dos sul-coreanos. O país, que tem cerca de 50 milhões de habitantes, passou a produzir 100 mil kits por dia e a controlar cada passo de pacientes com caso positivo. O país testou 9.310 pacientes por milhão. A Alemanha, outra nação com baixo índice de contaminação, testou 15.730 pacientes por milhão. “Apesar de todos os esforços do governo, se o Brasil não elevar drasticamente a testagem para o coronavírus, veremos o pico da pandemia ser sucessivamente postergado pois nos manteremos em trajetória ascendente de contaminação por mais tempo que o necessário”, alerta.

A testagem é especialmente importante nos casos assintomáticos. De 25% a 50% dos infectados não desenvolvem sintomas, segundo a Universidade de Columbia, mas podem ser responsáveis por até dois terços da contaminação. É por isso que a campanha virtual por mais testes permanecerá no ar. Depois de duas semanas de projeções em prédios de grandes capitais brasileiras, ela manterá a petição aberta no site www.janeladapressao.com.br, onde é possível enviar e-mail a representantes políticos cobrando por mais testes, bem como perfis no twitter.com/janeladapressao, instagram/janeladapressao e facebook/janeladapressao.

Apesar de defasados, os dados indicam que a desigualdade social influencia na taxa de mortalidade: de todas as hospitalizações pela Covid-19, 18,9% são de pessoas pardas e 4,2% de pessoas pretas, mas as porcentagens sobem quando se trata de óbitos, ficando em 28,5% e 4,3%, respectivamente. Do outro lado, as hospitalizações de pessoas brancas representam 73,9%, mas em óbitos elas caem, sendo de 64,5%. O que significa que, proporcionalmente, a doença é mais letal em negros e negras, revela o relatório do Ministério da Saúde. “Esses números mostram que é muito importante saber quantos testes foram feitos nas periferias e favelas e qual é o percentual de pessoas negras e brancas testadas para avaliar se o tratamento está adequado”, aponta Beatriz.

Atualmente, as principais causas da falta de diagnósticos em massa são econômicas e logísticas: a falta de centros produtores causa escassez no mercado e inflação dos preços e a falta de laboratórios habilitados a analisar as amostras provoca atrasos na divulgação dos resultados. Até poucas semanas eram apenas três os laboratórios habilitados para testes: Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo e Instituto Evandro Chagas, no Pará. Agora todos da rede Lacens (26 Estados + Distrito Federal) integram a lista, que também passou a contar com laboratórios de instituições públicas, como da Universidade Federal de Minas Gerais e do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas.

“Esta parece ser uma situação sobre a qual o governo pouco pode fazer, mas não é verdade: como o exemplo dos Estados Unidos comprova, é possível redirecionar a produção. Além disso, é possível agilizar convênios com universidades e laboratórios de instituições públicas e privadas. É por isso que a sociedade precisa cobrar respostas mais efetivas”, sintetiza Beatriz.

Sobre a Purpose

A Purpose constrói e apoia movimentos que lutam por um mundo mais justo e habitável para todos. Mobilização pública e storytelling são nossas ferramentas para apoiar organizações, ativistas, empresas e entidades filantrópicas envolvidas nessa luta. Em nossos laboratórios criamos campanhas e iniciativas capazes de transformar políticas e mudar narrativas em momentos-chave.

Promovemos Impacto Social – Como agência, colaboramos com empresas progressistas e organizações, ajudando-as a colocar o propósito no centro daquilo que fazem. Impulsionamos inovação em campanhas. Nos Laboratórios testamos ideias para descobrir e amplificar as melhores abordagens.

Criamos produtos - Desenvolvemos novas tecnologias e plataformas digitais que dão poder de ação para as pessoas. Identificamos necessidades no ecossistema de impacto social e para transformar ideias em realidade.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS