Brasil,

Associação Keralty Brasil agrega mais de 250 voluntários de diferentes áreas no auxílio com cuidados paliativos

- Voluntários realizam ações de apoio aos pacientes durante o período de combate ao Covid- 19

- Foi lançado o projeto “Corrente do Bem: Escreva Para Um Idoso”, em que os voluntários vão escrever cartas para as pessoas que estão em isolamento

Com o intuito de garantir o compromisso do grupo Keralty com um país mais solidário, compassivo e sustentável, em outubro de 2019 a Associação Keralty Brasil foi fundada para oferecer suporte a pacientes em situação de vulnerabilidade social e àqueles que tenham o desejo de fazer o bem. E nesse momento, mais do que nunca, os voluntários da associação mostram que essa missão a que se propuseram está sendo cumprida com todo cuidado e empenho.

A ideia da associação surge como uma evolução natural dos trabalhos da Keralty, que já possui, há anos, uma fundação na Colômbia, país-sede. No Brasil, o presidente da Associação, Joaquim Pereira, explica que no país vizinho a fundação já está mais avançada. “Adaptamos a proposta já existente ao contexto brasileiro”, conta.

E essa adaptação deu resultados ainda maiores do que os esperados. São mais de 250 voluntários, que prestam apoio principalmente aos pacientes em situação de cuidados paliativos, mas também a outros grupos que possuam alguma vulnerabilidade social. Com um corpo de voluntariado composto em sua maioria por profissionais da saúde, como enfermeiros, psicólogos e cuidadores profissionais, eles ajudam os pacientes com cuidados como dar banho, prestando apoio psicológico tanto pro paciente quanto para a família ou, até mesmo fazendo companhia ou contando uma história.

Se trata, portanto, de uma plataforma de apoio tanto àqueles que precisam de cuidados, quanto para as pessoas que têm o desejo de ajudar. A ideia, segundo Joaquim, é organizar esses voluntários, de modo que tenham, primeiro, instrução, ordenamento e segurança nessas atividades. “Ir pra casa de alguém, mesmo pra praticar o bem, demanda cuidados, e colocar alguém dentro da casa de outra pessoa, também. A nossa associação está fazendo exatamente esse link, mas de uma forma ordenada, com metodologia, treinamento, respeito, cuidados e estrutura de amparo buscando atividades e propostas para que as pessoas que tenham essa identidade compassiva, possam agir”, conclui.

E mesmo que no momento as atividades se concentrem em ajudar pacientes que necessitem de cuidados especiais de saúde, a coordenadora de Projetos Sociais e Voluntariado do Grupo Keralty, Erika Nunes, explica que mesmo quem não trabalha na área de saúde pode participar do programa. “O que precisa para ser voluntário é ter boa vontade, mais de 21 anos e estar pronto para vivenciar experiências incríveis que vão transformar a vida deles”, diz Erika.

A adesão à ideia e a vontade de ajudar foram tão fortes que, mesmo com divulgação somente em redes sociais, os voluntários já não estão somente em Minas Gerais. Por iniciativa e divulgação dos próprios membros da associação, pessoas do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, mesmo distantes, doam seu tempo para beneficiar o próximo. Até o momento, esses voluntários dão apoio de maneira remota a pacientes mineiros, mas Erika explica que a Associação está buscando maneiras de atender, também, às comunidades de onde os participantes vêm. “A associação é isso, ela possibilita a ampliação de importantes projetos de cuidado com a saúde”, conta a coordenadora.

Cada voluntário desempenha um papel importante no cumprimento dos objetivos da fundação de se tornar uma referência nacional na formação de Cuidadores Voluntários de Saúde, por meio de um processo contínuo de treinamento, intercâmbio de experiências e valorização de pessoas. E, apesar de estar há pouco tempo em ação, os resultados são, cada dia melhores, graças ao número de pessoas que se interessam em participar do projeto. “Se você der condições, o ser humano faz coisas muito boas”, conclui Joaquim.

Voluntariado na saúde em época de pandemia

A chegada do COVID-19 ao Brasil trouxe aos voluntários novos desafios para os quais estão se preparando. Erika destaca o crescimento do número de voluntários no atual momento e que chegam com mais vontade de ajudar do que nunca.

Os enfermeiros voluntários estão realizando telemonitoramento, por meio do recém-inaugurado projeto de atendimento à distância da Vitallis, operadora de planos de saúde mantida pelo grupo Keralty.

Além disso, foi lançado o projeto “Corrente do Bem: Escreva Para Um Idoso”, em que os voluntários vão escrever cartas para pessoas que estão em isolamento, principalmente os idosos.

A coordenadora aponta, ainda, que a corrente do bem segue se fortalecendo. “Estamos trabalhando em tempo integral para tentar responder a expectativa porque, se a gente deixar, o voluntário vai para hospital trabalhar. As pessoas querem ajudar o tempo inteiro. Por isso, nós estamos buscando criar projetos para que eles continuem em contato com nossos pacientes, mas de uma forma mais segura”, comemora Erika.

Planos para 2020

A associação está, ainda, buscando instalar novos projetos nas comunidades em que está presente. De acordo com Erika, são esses projetos de maior integração com a população local que estão sendo pensados para serem realizados ao longo de 2020. “Nós temos muitos voluntários onde temos unidades hospitalares. Por exemplo, cerca 20% dos voluntários são do Bairro Barreiro, é uma via de mão dupla”, ela explica, completando que a associação busca o apoio da comunidade para continuar criando novos projetos, seja fazendo veículos da saúde, conseguindo parcerias com escolas ou descontos. Sempre evidenciando, primeiro, a necessidade da comunidade local e como a associação pode ajudá-los.

E, à longo prazo, a associação promete ir além dos cuidados com a saúde. Joaquim explica que este é o viés inicial, já que a Keralty é uma organização focada na saúde no cuidado integral à saúde. “À medida que conseguirmos fazer uma estruturação, ajudando as pessoas a trabalharem juntas, tendo compaixão com o outro e com a cidade, mais se cria um movimento que pode ser da saúde e depois pode se transformar em outras vertentes. E, realmente, criar um ambiente de compaixão entre as pessoas para se apoiarem e apoiarem causas comuns para a construção de melhorias de uma comunidade, um bairro, um quarteirão e uma cidade”, ressalta Joaquim.

Quer ser um voluntário?

As inscrições para se tornar um voluntário da Associação ainda estão abertas. Os requisitos para participar são: ter mais de 21 anos; gostar de ajudar pessoas; e estar aberto para vivenciar experiências transformadoras. Interessados devem se cadastrar no link: https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=YUanikKJGEWirq4edQm7fCQY3kUqJDNEvwCnR6AhWQJUMFA4SkkwVVhUS1JJNEw4U1kyUVIxQTRYRC4u e aguardar contato da equipe para agendamento de entrevista.

A Associação Keralty Brasil

A Associação Keralty Brasil foi criada em outubro de 2019, com o intuito de garantir o compromisso do grupo Keralty, com um país mais solidário, compassivo e sustentável. A Associação possibilitará a ampliação de importantes projetos e a abertura de novas oportunidades para oferecer a pessoas enfermas e em situação de vulnerabilidade social.

As ações, em sua maioria, acontecem na casa dos pacientes e os voluntários não medem esforços para atender as mais diversas necessidades, desde dar um banho no leito, até apoio psicológico e espiritual aos pacientes e familiares. Também realizam ações no Hospital Keralty Barreiro. Musicoterapia, lúdico e apoio espiritual fazem parte das ações já executadas.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS