Brasil,

Bertelsmann conclui aquisição completa da Penguin Random House

• Bertelsmann é única proprietária do maior grupo de publicações comerciais do mundo

• Thomas Rabe, CEO da Bertelsmann: Penguin Random House continuará com crescimento orgânico e por meio de aquisições

A Bertelsmann agora possui 100% das ações do maior grupo editorial do mundo, a Penguin Random House, com sede em Nova York. A empresa internacional de mídia, serviços e educação concluiu a aquisição da participação remanescente de 25% da co-acionista Pearson após receber todas as aprovações regulatórias necessárias. A Penguin Random House compreende cerca de 320 editoras em seis continentes, com mais de 15 mil novas publicações e mais de 600 milhões de livros vendidos por ano. Para a Bertelsmann, a transação, avaliada em aproximadamente US$ 675 milhões, é economicamente atrativa, já que a participação dos acionistas da Bertelsmann no lucro do grupo aumentará em mais de € 70 milhões por ano.

"A conclusão desta transação tem uma dimensão histórica para a Bertelsmann. 185 anos após a fundação da C. Bertelsmann Verlag pelo gráfico e encadernador Carl Bertelsmann, nossa empresa se tornará a única proprietária da incontestável líder global de mercado na publicação de livros", disse Thomas Rabe, presidente e CEO da Bertelsmann e presidente do Conselho de Administração da Penguin Random House. "Temos orgulho da diversidade criativa, qualidade editorial e força comercial e empreendedora de nosso negócio de editorial, ao qual muitos dos mais populares autores de todo o mundo confiam seu trabalho literário".

Thomas Rabe afirmou que a Bertelsmann pretende desenvolver a Penguin Random House a longo prazo e com continuidade. "Garantiremos que os nossos negócios em livros possam continuar a se expandir através de crescimento orgânico e aquisições no futuro, e continuar a ser um lar para os melhores talentos criativos do mundo. Livros em todos os formatos têm um futuro brilhante. Seu alto grau de relevância é particularmente evidente no presente momento em que estamos, durante a crise do coronavírus, quando muitas pessoas buscam conhecimento e entretenimento - e o encontram nos livros".

A aquisição completa da Penguin Random House anunciada em dezembro de 2019 foi aprovada pela União Europeia por meio de um procedimento simplificado em meados de março, e posteriormente, também pelas autoridades de concorrência austríacas.

Com a conclusão da aquisição das ações, a Verlagsgruppe Random House, em alemão, também está sendo integrada à Penguin Random House. As 45 editoras do grupo de Munique já pertencem à Bertelsmann, reportando-se a Markus Dohle, CEO da Penguin Random House; agora eles fazem parte da família Penguin Random House. Sua independência de publicação permanece inalterada.

A renomada lista de autores da Penguin Random House inclui John Grisham, Dan Brown, Barack e Michelle Obama e Toni Morrison. No ano passado, 496 dos títulos do grupo editorial entraram nas listas de best-sellers do New York Times; mais de 80 autores da Penguin Random House receberam o Nobel.

História

1835
O tipógrafo e encadernador Carl Bertelsmann funda a editora C. Bertelsmann em Gütersloh. A tradição cristã protestante predomina no catálogo dos primeiros 100 anos da história da editora. Pouco a pouco a editora acrescenta filologia, história, literatura infantojuvenil e escritos missionários ao seu programa.

1928
A Bertelsmann dá início à sua atividade na literatura ficcional publicando "narrativa literária" em revistas protestantes.

1933--1945
A tradição cristã conservadora da casa vincula-se nitidamente, tanto no programa quanto na cultura corporativa, à ideologia nazista. Após a irrupção da Segunda Guerra Mundial, a editora -- como maior fornecedora de livros das Forças Armadas Alemãs -- lucra, sobretudo, com a venda de livros para soldados. Em decorrência do processo pela aquisição ilegal de estoques de papel e da mobilização de toda a economia alemã, a editora C. Bertelsmann é fechada em 1944. A partir de 1999, um comitê histórico independente conduzido pelo historiador Saul Friedländer pesquisa a história da editora Bertelsmann durante o nazismo. O relatório final Bertelsmann im Dritten Reich (A Bertelsmann no Terceiro Reich) é publicado em 2002 pela editora C. Bertelsmann.

a partir de 1950
A Bertelsmann funda seu clube de leitura. O sucesso marca o início de uma nova era na história da empresa e firma a base para a ascensão da editora como a empresa global de mídia, serviços e educação que é hoje.

1968
Onze editoras da Bertelsmann são organizacionalmente reunidas no grupo editorial Bertelsmann (a partir de 2001: grupo editorial Random House).

1977
A Bertelsmann expande consideravelmente seus negócios no ramo de livros com a aquisição da editora Goldmann bem como participações nas editoras Plaza y Janes (Espanha) e Bantam Books (EUA).

1986
A Bertelsmann compra a editora americana Doubleday e agrupa suas editoras americanas um ano depois no Bantam Doubleday Dell Publishing Group.

1998
A Bertelsmann adquire a editora americana Random House. Seus autores incluem, entre outros, Truman Capote, John Irving, Philip Roth, John Le Carré, Michael Crichton, Salman Rushdie, Anne Rice e Margaret Atwood. O grupo se funde com a Bantam Doubleday Dell. A partir de 2001, a Random House torna-se o nome mundial que engloba todas as atividades editoriais da Bertelsmann no ramo de livros.

2013
Em 1º de julho, a Bertelsmann e a Pearson fundem seus negócios editoriais de livros -- Random House e Penguin Group -- e assim se tornam o maior grupo editorial do mundo. Com 53%, a Bertelsmann detém maioria de participação na empresa resultante da fusão, a Penguin Random House, enquanto a Pearson detém 47%. Por meio de aquisições, a Penguin Random House torna-se então a número um no mercado literário em língua espanhola, entre outros. Os diversos campeões de vendas do grupo incluem, entre outros, as edições em inglês de 50 tons de cinza, A garota no trem e a série Game of Thrones. A autora Alice Munro, publicada pela Penguin Random House, ganha em 2013 o Prêmio Nobel de Literatura e se torna um dos mais de 70 autores do Grupo homenageados com um Prêmio Nobel.

2017
A Bertelsmann adquire outros 22% de participação na Penguin Random House do co-acionista Pearson e assim atinge sua meta estratégica de participação no grupo editorial global unificado.

2020
A Bertelsmann aumenta suas participações na Penguin Random House para 100% e torna-se proprietária única do maior grupo editorial do mundo.

Sobre a Bertelsmann

A Bertelsmann é uma empresa de mídia, serviços e educação que atua em cerca de 50 países no mundo todo. O conglomerado empresarial compreende o grupo televisivo RTL Group, o grupo de editoras de livros Penguin Random House, a editora de revistas Gruner + Jahr, a empresa de música BMG, a prestadora de serviços Arvato, o Bertelsmann Printing Group, o Bertelsmann Education Group e a rede internacional de fundos Bertelsmann Investments. Com 126 mil funcionários, a empresa registrou no exercício de 2019 um faturamento de 18 bilhões de euros. A Bertelsmann é sinônimo de espírito empreendedor e criatividade. Tal combinação viabiliza conteúdos de mídia da mais alta qualidade e soluções inovadoras em serviços que fascinam clientes em todo o mundo. A Bertelsmann tem como objetivo atingir a neutralidade climática até 2030.

Consultoria de Comunicação do Ano na América Latina (Latin American Excellence Awards e International Business Awards 2018)

No Top 15 das empresas de comunicação mais influentes do mundo (Ranking Richtopia)

Entre as 50 empresas de comunicação mais importantes do mundo (PRWeek e The Holmes Report 2019)


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS