Brasil,

Coronavírus no transporte: dados da Cargo X apontam um aumento de 5% nos fretes da indústria e uma queda de 20% nos fretes do agronegócio

•Levantamento da Cargo X mostra que o impacto do coronavírus causou um aumento de 5% nos fretes da indústria, principalmente por causa de bens de consumo;

•Por outro lado, o setor do agronegócio sofreu queda de 20%;
•Dados recentes sugerem que atividade vai se recuperar rapidamente, dado que transporte de cargas rodoviário é uma necessidade primária para a economia do País.

Segundo levantamento de dados da Cargo X, logtech brasileira fundada em 2013 com o objetivo de tornar as transportadoras brasileiras mais eficientes, o surto de coronavírus ocasionou um aumento de 5% com relação aos fretes especificamente da indústria, devido ao aumento da demanda de alguns bens de consumo primário (comida, bebida, produtos de higiene etc). Por outro lado, foi vista uma queda de 20% dos fretes do agronegócio e 25% nos transportes do porto. A despeito destes dois lados do impacto do coronavírus no transporte, é importante salientar que o transporte de cargas rodoviário é uma necessidade primária para a economia do País.

A chegada de uma pandemia desse porte na economia real afeta de diferentes formas as fábricas, o transporte e seus desdobramentos. Se por um lado, com a suspensão de chegada de insumos e outros elementos, as transportadoras tornam-se mais criteriosas com relação aos caminhões; por outro, a alta demanda de alguns bens de consumo exige maior rotatividade deles.

Já com relação aos setores, a parada inesperada da atividade econômica desenrolou uma queda relevante nos preços de fretes de algumas empresas do setor do agronegócio, enquanto outras se depararam com um aumento de preços causado por escassez de elementos relacionada à crise; além disso, observamos um aumento da quantidade de fretes de produtos de bens de consumo, como se tem noticiado globalmente, com a alta procura de itens de higiene pessoal e de alimentação para estocagem caseira.

“O impacto de uma pandemia no transporte tem diferentes desdobramentos. Com o surto mundial do coronavírus, houve uma grande demanda de produtos de bens de consumo, fazendo com que a economia se aqueça nestes segmentos; porém, as mercadorias que foram vendidas antes da crise estão sendo embarcadas mais lentamente, o que acarretou em uma queda relevante nos fretes do agronegócio, o que afeta significativamente o setor de transporte”, diz CEO da Cargo X, Federico Vega.

O início do surto

80% dos casos foram registrados na China e na Ásia, que continuam sendo o centro da pandemia. Apesar de a doença estar se alastrando rapidamente pelo mundo (mais de 100 países foram atingidos), a tendência é de queda. Aqui, na América Latina, a primeira morte na América Latina foi na Argentina. Até o dia 13 de março, foram registrados ao menos 151 casos confirmados no Brasil, de acordo com as secretarias estaduais de Saúde e pelo Hospital Albert Einstein.

Com relação à economia, a globalização faz com que todos os países sejam afetados de alguma maneira; importações, exportações e negócios internacionais estão à mercê de pandemias como esta. O PIB brasileiro, por exemplo, está sofrendo revisões - segundo o Goldman Sachs, a taxa de crescimento do País foi reduzida de 2,2% a 1,5% - porém, é possível que o PIB chegue a menos de 1% no caso de uma epidemia no Brasil.

Sobre a Cargo X

Logtech brasileira fundada em 2013, com o objetivo de tornar as transportadoras brasileiras mais eficientes. A startup é um marketplace com soluções de tecnologia e capital de giro desenvolvidas para transportadoras e pequenos empreendedores frotistas. Com cerca de 400 profissionais, a companhia cresce 20% ao mês (http://cargox.com.br/).


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS